Dezembro Vermelho | Gazeta Digital

Sábado, 02 de dezembro de 2017, 00h00

Editorial

Dezembro Vermelho

Da Editoria


Tradicional período de festas e confraternizações, dezembro passou a ser também um mês de conscientização sobre a Aids, doença que já matou 35 milhões de pessoas no mundo - só em 2016, 1,8 milhão de pessoas foram infectadas com o vírus, ou seja, uma nova infecção a cada 17 segundos, quase 5 mil por dia.

Nesse ano foi instituída no país a Campanha Nacional de prevenção ao HIV/Aids e outras infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), denominada "Dezembro Vermelho", cujo foco é prevenção, assistência, proteção e promoção aos direitos humanos das pessoas que vivem com HIV/Aids. A escolha do mês foi em função do Dia Mundial contra a AIDS, celebrado no mundo inteiro em 1º de Dezembro.

No Brasil, uma pessoa é infectada a cada 15 minutos. Mesmo com a estabilização da taxa de infecção da doença nos últimos 10 anos, há um avanço da epidemia entre os mais jovens e idosos.

Segundo o Ministério da Saúde, a taxa de infectados explodiu entre 2005 e 2016 na faixa etária de 15 a 19 anos. No caso dos idosos, foi registrado um aumento de 29,4% no número de casos entre 2014 e 2015.

Em Mato Grosso, a cada dia uma pessoa descobre ter Aids. São mais de 12 mil pessoas convivendo com a doença no Estado. Neste ano, até o mês de outubro, foram notificados 306 casos, sendo que mais de 70% em homens.

Se no passado, os casos de Aids estavam diretamente associados aos chamados "grupos de risco" - homossexuais, usuários de drogas e pessoas com múltiplos parceiros - hoje, dados oficiais mostram que 62,2% dos casos surgem das relações heterossexuais e pouco mais 20% por relações homossexuais e bissexuais. O dado comprova que o uso de preservativos nas relações sexuais deixou de ser uma prática, facilitando a proliferação não só da Aids como também de muitas outras doenças sexualmente transmissíveis, sem falar na gravidez indesejada.

Pesquisa aponta que o uso da camisinha ainda é um tabu para muita gente. O "Estudo Olla de Comportamento Sexual" revela que 52% das mulheres e 47% dos homens entrevistados nunca ou raramente usam camisinha.

Para as mulheres, o não uso do preservativo pode estar relacionado ao desconforto em adquiri-lo, já que 42% dizem que é muito desconfortável e 37% se sentem julgadas no momento da compra.

O Brasil tem hoje uma das maiores coberturas de tratamento antirretroviral (TARV) entre os países de baixa e média renda, com mais da metade (64%) das pessoas vivendo com HIV recebendo TARV, segundo os dados do Boletim Epidemiológico 2016 do Ministério da Saúde. Em 2016, a média global para este segundo pilar das metas de tratamento 90-90-90, foi de 53%.

Os avanços são reconhecidos e inegáveis. Políticas públicas como o "Dezembro Vermelho" e o "Dia Mundial de Luta" são muito importantes, mas é fundamental que tenhamos campanhas informativas e de prevenção durante todo o ano, e não apenas em momentos específicos como agora e no Carnaval.

Há muito que avançar também em relação ao atendimento e tratamento das pessoas infectadas, sem falar na necessidade de melhoria no fornecimento dos testes rápidos e medicamentos, e a capacitação dos profissionais da saúde de forma geral.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Terça, 19 de junho de 2018

00:00 - Ecologia do medo e da culpa

00:00 - Retrovisor e luz de ré

00:00 - Voto Universal Cláusula Pétrea

00:00 - Como gerenciar os seus e-mails

00:00 - Analisa aí, Arnaldo!

Segunda, 18 de junho de 2018

00:00 - Todos contra os canudinhos

00:00 - Organização e burocratização

00:00 - A logística na Copa do Mundo

00:00 - Diversidade não é clichê

00:00 - Pai pobre, filho pobre


 ver todas as notícias
Cuiabá, Terça, 19/06/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 19/06/2018
469cf77038290f16bf38d5b8552ee12d anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Reino Unido firma pacto com empresas para reduzir uso de plástico e poluição




Logo_classifacil









Loja Virtual