Indígenas | Gazeta Digital

Sábado, 13 de janeiro de 2018, 00h00

Editorial

Indígenas

Da Editoria


A América Latina tem mais de 650 povos autóctones e estima-se que existam 26,5 milhões de mulheres indígenas na região. Cerca de 200 delas estão participando, desde ontem, do Fórum de Mulheres Indígenas da América Latina e do Caribe, que acontece no México e busca erradicar a fome e a má nutrição dessas populações através do empoderamento das mulheres e defesa de seus direitos.

Elas foram convocadas pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), com o apoio do Governo do México.

O fórum busca gerar consensos e o compromisso dos atores institucionais para elaborar e executar políticas públicas que incluam as necessidades das mulheres indígenas com uma abordagem baseada em direitos.

Entre os temas que estão sendo abordados no fórum, destacam-se o acesso à terra, o papel dos programas de proteção social, a alocação orçamentária com um foco cultural e a geração de políticas públicas a partir da visão de mundo das mulheres indígenas.

A inclusão de uma visão de gênero e indígena no desenho de políticas públicas interculturais para empoderar as mulheres indígenas é fundamental para alcançar os objetivos da Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável.

Os participantes debatem formas de empoderar as mulheres indígenas para a erradicação da má nutrição da América Latina e do Caribe. A intenção é desenvolver estratégias de combate à insegurança alimentar e à pobreza e impulsar a participação das mulheres indígenas na tomada de decisões.

A pobreza extrema entre os povos originários é mais do que o dobro da incidência no resto da população.

Apesar do amplo consenso internacional sobre a importância do papel das mulheres indígenas para erradicar a fome e a desnutrição no mundo, ainda existem limitações no reconhecimento e no exercício de seus direitos.

A situação das mulheres indígenas é bastante complexa em todo o mundo. Não bastasse a enorme responsabilidade de garantir a nutrição e a sobrevivência, elas também são as principais vítimas de violência praticadas contra as comunidades indígenas em todo o mundo.

Relatório da ONU aponta que mais de 1 em cada 3 mulheres indígenas é estuprada ao longo da vida. Uma violência que faz parte de uma estratégia para desmoralizar a comunidade e que é invisível.

No contexto geral de tanta violência, agressões e crueldade contra os povos indígenas, pouco se fala do que acontece especificamente com as mulheres e quase nunca se denuncia.

Em Mato Grosso do Sul, estado com a segunda maior população indígena do País (72 mil), os casos de violência contra a mulher indígena aumentaram aproximadamente 495% nos últimos anos.

Relatório de Violência Contra o Indígena de 2015, do Conselho Indigenista Missionário (Cimi), mostra que, só em 2015, 137 casos de assassinatos de índios foram contabilizados no País. E 2018 começou com o caso do professor Marcondes Namblá, índio da etnia Xokleng, assassinado a pauladas em Penha, no litoral norte de Santa Catarina.

Em Mato Grosso, apesar de assassinatos de indígenas não terem sido contabilizados, ocorreram diversos casos de violência contra os povos originais e o Estado registrou o maior número de casos de racismo contra povos indígenas.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Sábado, 17 de fevereiro de 2018

00:00 - Perdidos no espaço

00:00 - A caça ao jovem negro

00:00 - MT é vital ao Brasil que produz

00:00 - Turismo, violência e carnaval

00:00 - Caminhos do PET

Sexta, 16 de fevereiro de 2018

00:00 - Fim da controvérsia

00:00 - Falência da segurança pública

00:00 - Agente do fomento comercial

00:00 - Deus salve a Quineira

00:00 - Dois casos, um debate


 ver todas as notícias
Cuiabá, Sábado, 17/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sábado, 17/02/2018
F51b4c0e6fa3e96660fec8d8ce079937 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Mais da metade dos eleitores ainda não fez a biometria




Logo_classifacil









Loja Virtual