10 mais 10 | Gazeta Digital

Domingo, 11 de fevereiro de 2018, 00h00

10 mais 10

Saulo Gouveia


O ser humano é um felizardo, já nasce de férias. E que férias, 15 anos! Isso mesmo, até os 15 anos de idade fica sem grandes compromissos. Apenas brincar, divertir-se e também estudar um pouco.

Após as felizes férias os próximos serão vinte anos de grande imersão em duas etapas fundamentais para quem quer ser feliz. São vinte anos que vão fazer a diferença entre o sucesso e o fracasso na vida.

Os que querem continuar de férias poderão fazê-lo, mas depois o preço a pagar será muito alto. Os que percebem que terão de atravessar uma ponte construída com muito esforço e dedicação terão a colheita de muitos frutos saborosos. Dos 15 aos 35-40 anos todo espírito de renúncia será, depois, muito compensado.

São duas etapas, sendo a primeira dos 15 aos 25-30 anos de idade, quando se realiza o primeiro mergulho: A formação técnica e teórica. Nessa fase deverá abrir mão de alguns lazeres e de algumas coisas para priorizar os Estudos. Estudar para aprender e não somente para passar de ano.

Já a etapa seguinte, até os 35-40 anos, será de dedicação à profissão escolhida. Aqueles que se tornaram hábeis por muito se dedicarem na etapa anterior ao aprendizado terão agora a oportunidade de "mostrar" aos seus clientes as suas competências.

Se você é pai ou mãe pense nisso, comece agora a dizer: "aproveite meu filho, brinque muito. Curta suas férias, não queira assumir um montão de compromissos antes dos 15 anos".

Se seu filho chegou aos 15, 16 anos, comece a consolidar na mente dele a importância dos 10 anos de intenso estudo e de se tornar um dos melhores na profissão escolhida.

Conhecemos pessoas que estão agora, na faixa dos 40 anos de idade colhendo os frutos do plantio responsável. Entregaram-se à realização de um objetivo, superando o cansaço e o comodismo, enquanto muitos estavam nos bares da vida, na piscina ou na frente da televisão.

Quando é o casal que plantou, o fator se multiplica e toda a família poderá realizar muitos sonhos, inclusive os filhos poderão estudar nas melhores universidades.

São 10 anos de investimentos em Estudo, mais 10 anos de Produção e alcança-se a independência Financeira.

Para realizar seus sonhos e ter uma vida saudável, tanto física como emocionalmente, você deve ser especial, não precisa ser melhor que os outros, apenas dê o melhor de si. Evitar ser materialista e sofrer as consequências disso, como diz Dalai Lama que "O homem ocidental passa parte de sua vida gastando a saúde para obter dinheiro e depois gasta o dinheiro para tentar obter a saúde". Pense nisso, mas pense agora!

Saulo Gouveia é consultor financeiro e organizacional, e atua oferecendo novos significados para viver as virtudes em abundância. Articulista de A Gazeta, escreve neste espaço aos domingos. saulogouveia@seubolso.com.br ou www.seubolso.com.br.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Segunda, 18 de junho de 2018

00:00 - Todos contra os canudinhos

00:00 - Organização e burocratização

00:00 - A logística na Copa do Mundo

00:00 - Diversidade não é clichê

00:00 - Pai pobre, filho pobre

Domingo, 17 de junho de 2018

00:00 - Olhar tacanho

00:00 - Carne bovina, um rio de água?

00:00 - Conduções coercitivas

00:00 - O status é inimigo do bem-viver

00:00 - Violência cibernética e real


 ver todas as notícias
Cuiabá, Segunda, 18/06/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 18/06/2018
4e47432e5d7c10f8cc440c97a233c10f anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Canarinho Pistola, mascote da seleção brasileira, foi vetado dos jogos da Copa




Logo_classifacil









Loja Virtual