Bom-dia! | Gazeta Digital

Quarta, 07 de março de 2018, 00h00

Bom-dia!

Renato Gomes Nery


Tenho ultimamente pautado os meus artigos em malfeitos, corrupção e os desmandos deste Brasil varonil. Problemas estes que por serem complexos demandam infindáveis investigações e se projetarão por muito tempo ainda.

E por aqui, para não dizer que saímos de moda, a situação não é diferente da que acontece no Brasil inteiro. Os jornais diários estão noticiando os tortuosos caminhos por que passou e passa a administração pública do nosso Estado. Não vejo como virar esta página, pois a situação se transformou em realismo fantástico como afirmou um notável jornalista mato-grossense.

Escrevo regularmente nesta coluna há um ano. E sempre me preocupo em sair da mesmice e escrever coisas interessantes. Sempre que escrevo e encaminho um texto, preocupo se estou sendo útil. Escrever para cumprir tabela não me seduz. Esta dúvida que me acomete hoje é semanal: sobre o que e de forma escrever?

Hoje, meus caros leitores, eu vou lhes dar apenas bom-dia. E lhes afirmar que esta é a terra do bom humor. A maioria das pessoas se cumprimentam de forma acolhedora e amistosa.

Um conhecido me segredou que aqui em Cuiabá as pessoas se cumprimentam mesmo sem se conhecer. Isto é fruto da cordialidade cuiabana que em mãos talentosas daria uma excelente canção.

Um bom-dia expressa a nossa razão de viver e de viver bem em sociedade.

Percebo que algumas pessoas não dão sequer bom-dia.

É triste e lamentável saber que alguém não tenha sequer para dar UM BOM-DIA!

Portanto, para não lhes "encher o saco", ao menos por hoje, com algum assunto repetido, eu lhes dou BOM-DIA. E vocês, por favor, passem este BOM-DIA a todos que encontrar. Quem sabe isto seria o começo para melhorar o astral deste estéril, ingrato, acanhado e maçante cotidiano em que vivemos. Não podemos deixar que os canalhas e suas canalhices nos roubem, também, a nossa paz e alegria de viver.

Depois da assistimos pela televisão diariamente e repetidamente a vida cruel de desempregados, de refugiados por este mundo afora, e de sermos vítimas de todo tipo de mazelas deste Brasil que não se emenda, vale a pena louvar a vida que temos neste Cuiabá de açúcar.

Ficarei feliz se vocês me devolverem e enviarem a todos os seus amigos e conhecidos UM BOM-DIA!

Renato Gomes Nery é advogado em Cuiabá. E-mail rgnery@terra.com.br

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Sábado, 23 de junho de 2018

00:00 - Creio em outubro

00:00 - Trapalhada bilionária

00:00 - Economia inclusiva

00:00 - Dois assuntos

00:00 - Fome e desperdício

Sexta, 22 de junho de 2018

00:00 - Desligue o piloto automático

00:00 - Envelhecimento, um grande desafio

00:00 - Temer está quebrando o Brasil

00:00 - Trajetória histórica dos Irantxe

00:00 - Dias de luta e dias de festa


 ver todas as notícias
Cuiabá, Sábado, 23/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Sábado, 23/06/2018
00cd1afd8757c6b9bf1a877a182fcfcc anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Qual sua opinião sobre o comportamento dos brasileiros fora do Brasil?




Logo_classifacil









Loja Virtual