'House of Cards 5' testa a paciência do público | Gazeta Digital

Sexta, 16 de junho de 2017, 11h09

Será que desandou?

'House of Cards 5' testa a paciência do público


Estadao

São poucas as séries que envelhecem bem. Mesmo com altos e baixos, “Sopranos”, “Breaking bad”, “Mad Man”, “West Wing” e “Arquivo X”, todas com pelo menos cinco temporadas no currículo, se tornaram clássicos porque souberam a hora certa de terminar.

Outras, como “Walking Dead”, passam anos andando de lado, mas sobrevivem graças ao fanatismo de fãs que seguem séries como zumbis. Em sua quinta temporada, House of Cards chegou em uma encruzilhada.

Os 13 novos episódios estrearam de uma vez na Netflix no dia 30 de maio, uma terça-feira. Houve uma certa espuma no começo nas redes sociais, mas o assunto submergiu rapidamente. Se fosse dividida em capítulos semanais, como nos velhos tempos, é bem provável que “House of Cards 5” caísse totalmente no esquecimento.

É difícil encontrar alguém verdadeiramente empolgado com os desdobramentos da saga do casal Frank e Claire. Será que desandou?

Na quinta temporada os roteiristas tiveram uma boa ideia: explorar situações extremas previstas na confusa legislação norte-americana. Chegou-se assim aos limites da verossimilhança política. Instigante, mas perigoso. A fórmula deixou a série intrincada demais.

Lá pela metade o impasse sobre a eleição presidencial deixa o público tão cansado quanto os protagonistas. Frank também dá sinais de exaustão. Conversa pouco com a câmara, o que era uma marca registrada das primeiras temporadas, e substitui de vez a ironia pela truculência.

Em alguns momentos, a quinta temporada testa a paciência do público. O pior deles sem dúvida é o momento ‘Nazaré Tedesco’ de Francis Underwood.

 



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 06 de junho de 2017

09:35 - Netflix deixa recadinho maldoso para políticos


// leia também

Domingo, 25 de junho de 2017

13:57 - Turismo e cultura de MT são destaque na Brasil Central Week, em Brasília

Sábado, 24 de junho de 2017

09:00 - Projeto leva show com Flávio Venturini, Orquestra Sinfônica e atrações infantis

Sexta, 23 de junho de 2017

12:35 - Bandido se esconde em carrinho de bebê

11:31 - Cacerense loira dos olhos claros é Miss MT 2017

10:40 - Aprenda como acender fósforo sem a caixinha

10:38 - Tigre escapa de zoo e assusta pessoas nas ruas

Quinta, 22 de junho de 2017

10:17 - Netflix lança 'Glow'

10:05 - Bandidos explodem carro de valores

09:54 - Gambiarra para lavar cabelo na pia

09:34 - Drone mostra estrago feito por incêndio


 ver todas as notícias
Cuiabá, Domingo, 25/06/2017
 

GD Empregos

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 25/06/2017
F4efb389ae02fa6550d2b881ed704c83 anteriores




Indicadores Econômicos

Indicadores Agropecuário

Mais Lidas Enquete

Segundo a ONU a população mundial chegará a 8,6 bilhões até 2030, um aumento de 1 bilhão de pessoas em 13 anos.




waze

Logo_classifacil









Loja Virtual