Generosas e desprendidas | Gazeta Digital

Quinta, 05 de maio de 2011, 04h00

ideias e debates

Generosas e desprendidas

Da Redação


No domingo, 8 de maio, quando estaremos comemorando no Brasil o Dia das Mães, estarei pensando não só nas centenas (Milhares?) de pacientes que já passaram por meu consultório, mas em algumas mulheres que colaboraram para que outras pudessem realizar seus sonhos e ter seus filhos.

Nos muitos anos que atendo casais em busca de concretizar o desejo de serem pais, há um diagnóstico que é sempre o mais difícil para uma mulher compreender e aceitar. A maioria das dificuldades é tratável, seja com cirurgias que recuperam a anatomia do aparelho reprodutor ou a endometriose, com a videolaparoscopia, por exemplo. Porém, falar a uma mulher que seu problema é a ausência de óvulos gera uma decepção e uma sensação de baixa auto-estima muito grande. Isso acontece a mulheres de todas as idades. As jovens sofrem com a chamada menopausa precoce ou tiveram de passar por cirurgias mutiladoras e perderam seus ovários. Há aquelas que postergaram a gravidez e, infelizmente, seus óvulos não formam mais embriões de boa qualidade e também mulheres mais velhas que estão em um novo relacionamento e querem ter filhos com seu atual parceiro.

A solução, nesses casos, é recorrer a uma doadora de óvulos. Quando faço essa sugestão percebo, em um primeiro momento, uma certa revolta e, na maioria esmagadora das vezes, ouço frases como "Mas este filho não será meu. Não me interessa!". Nessas horas, passo todas as informações necessárias para que entendam o processo. Elas costumam ir embora carregando um caminhão de frustrações. Mas o bom é que após refletirem, voltam e aceitam essa opção.

A doação de óvulos é um tratamento muito sigiloso que é do conhecimento exclusivo do médico, do casal, e algumas vezes, dependendo deles, de alguém muito íntimo (mãe ou irmã). As doadoras são anônimas, isto é, não podem ser da própria família nem conhecidas do casal. Devem ter semelhança física, tipo de sangue compatível e saúde física e mental comprovados por exames e até 35 anos.

Aqui, começa outra batalha, encontrar uma mulher que tenha uma generosidade tão grande que aceite doar seus óvulos sem nenhum interesse a não ser o de ajudar uma outra, totalmente desconhecida, que sem este seu gesto, jamais conseguiria realizar seu sonho. E para felicidade de todos, essas mulheres existem. Só que, infelizmente, não em um número suficiente quanto o que necessitamos. Assim, neste Dia das Mães, gostaria de sensibilizar mulheres que se encaixem no perfil de doadora para que se desprendam de qualquer preconceito ou receio e pensem nessa possibilidade. O processo é relativamente simples e o sentimento de gratidão de quem recebe a doação é imenso.

Essas doadoras, ao seu modo, também podem ser consideradas mães, pois, sem elas, nada seria possível. E se a sensação de quem recebe é a de gratidão, a de quem doa é de felicidade e altruísmo. A doação de óvulos não consiste em um simples ato de entrega descontrolada, mas sim em uma atitude pensada e generosa com o objetivo maior de proteger, preservar, eternizar, restaurar e conservar a família e o amor.

Para os casais que, finalmente, concretizaram seu sonho, a incorporação do sentimento de mãe e o espírito de paternidade após a constatação do sucesso da gravidez é tão grande, que, após esse momento, mal se lembram de que a gestação foi conseguida por óvulos doados. O que importa para essas mães é que o bebê veio do seu próprio ventre. Ela dará à luz, e deste momento em diante até o resto da sua vida será seu filho!

Arnaldo Schizzi Cambiaghi é ginecologista-obstetra especialista em medicina reprodutiva

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Sábado, 30 de maio de 2015

13:17 - Exercícios para prevenir dores nas costas

13:13 - Dieta promete eliminar até 10% do peso no primeiro mês

Quinta, 25 de dezembro de 2014

08:15 - Drible as calorias das ceias com saúde e fuja dos quilinhos extras

Terça, 23 de dezembro de 2014

10:44 - Salve a sua dieta após as festas com sucos detox

Quarta, 05 de março de 2014

10:59 - Veja dicas para curar a indesejada ressaca pós-Carnaval

Quarta, 26 de fevereiro de 2014

12:54 - Vinagre de maçã emagrece e previne diabetes

Sábado, 15 de fevereiro de 2014

12:02 - Acabe com a moleza provocada pelos dias quentes

11:20 - Descubra o motivo da queda de cabelo

11:09 - Pipoca proporciona saciedade e tem ação antioxidante

10:47 - Cerveja ajuda a manter a barriga chapada


 veja mais
Cuiabá, Terça, 19/06/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 19/06/2018
469cf77038290f16bf38d5b8552ee12d anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Por que a vacinação de crianças no país atingiu o índice mais baixo em 16 anos?




Logo_classifacil









Loja Virtual