Preço da comida sobe em ritmo menor | Gazeta Digital

Sexta, 09 de setembro de 2016, 09h27

Economia

Preço da comida sobe em ritmo menor


Estadao

Os preços dos alimentos subiram em ritmo menor em agosto na comparação com julho, o que se refletiu positivamente na inflação oficial do mês passado, quando marcou 0,44% — abaixo da alta de 0,52% registrados em julho. Apesar do recuo, a alta dos preços é a maior para um mês de agosto desde 2007.

Com isso, o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) atingiu 8,97% os últimos 12 meses, informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta sexta-feira (9).

A meta estipulada pelo governo é de 4,5%, com tolerância até 6,5% para o ano de 2016. Portanto, apesar de o resultado da inflação de agosto ser boa para o seu bolso, o País ainda está longe de cumprir o plano para o controle dos preços.

Em julho, o aumento médio dos alimentos havia sido de 1,32% e, agora em agosto, essa alta foi de 0,30%.

Também subiram em ritmo mais lento os itens ligados à transportes, comunicação (como telefone fixo e celular, acesso à internet e TV à cabo) e artigos de residência (móveis, eletrodomésticos e roupa de cama, mesa e banho, por exemplo).

Seu bolso

Se ir ao supermercado continua um martírio para o seu bolso, os dados de agosto mostram um leve alívio na compra de itens como a batata-inglesa, a cebola, o feijão-carioca e as hortaliças em geral.

A cebola está 18,46% mais barata na comparação entre julho e agosto, enquanto as hortaliças recuaram 8,81%, a batata-inglesa está 8% mais em conta e a cenoura ficou 5,67% mais barata.

O feijão-carioca é um caso à parte: em agosto, ficou 5,6% mais leve no bolso do brasileiro, mas, no ano de 2016, ainda acumula uma alta de 136,57%. Isso quer dizer que o preço mais que dobrou nesse período.

Inflação por cidade

O IBGE indicou a inflação oficial em 8,97% nos últimos 12 meses, mas os preços subiram acima disso nos últimos 12 meses. Em Fortaleza (CE), a inflação acumulada é de 11,03% até agosto e, em Belém (PA), 9,96%.

No Rio de Janeiro, os preços já aumentaram 9,86% no último ano, comportamento parecido com o de Porto Alegre (RS), onde a inflação acumulada está em 9,5%.

Em São Paulo, que tem maior peso no cálculo da inflação oficial, os preços aumentaram 8,84% nos últimos 12 meses.

 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quarta, 09 de maio de 2018

14:31 - Preço da cesta básica diminui em 16 capitais em abril, diz Diesse

Quinta, 05 de abril de 2018

14:52 - Preço da cesta básica cai em 12 capitais brasileiras, diz Dieese

Terça, 06 de março de 2018

14:00 - Valor da cesta básica cai em 13 de 20 capitais em fevereiro, diz Dieese

Quarta, 01 de novembro de 2017

14:43 - Pesquisa indica que custo da cesta básica caiu em Cuiabá e mais10 cidades

Terça, 13 de junho de 2017

16:04 - Puxada por alimentos, cesta básica tem alta de 0,33% em maio, diz Procon-SP

Sexta, 02 de dezembro de 2016

09:24 - Cesta básica em Cuiabá fica 5% mais barata

Quarta, 30 de novembro de 2016

15:56 - Vendas de supermercados crescem 1,16% no acumulado do ano

Sexta, 07 de outubro de 2016

10:46 - Cesta básica de Cuiabá é a 4ª mais cara do país

Quinta, 06 de outubro de 2016

15:25 - Custo da cesta básica cai em 14 capitais e sobe em 13

Sexta, 09 de setembro de 2016

15:45 - Cesta básica ficou mais cara em 18 capitais em agosto


// leia também

Domingo, 17 de junho de 2018

09:39 - Na era digital, agência bancária 'encolhe'

09:09 - Preço do diesel diminui, mas ainda não chega às bombas R$ 0,46 menor

Sábado, 16 de junho de 2018

15:00 - EUA e China iniciam guerra comercial, assustam mercados e derrubam Bolsas

13:00 - Egito eleva preços dos combustíveis e do gás de cozinha para ajudar economia

09:53 - Ambulantes aproveitam oportunidade de aumentar renda na Copa do Mundo

09:39 - Bares esperam movimento 50% maior nos dias de jogos do Brasil

09:21 - Vinho português supera argentino e já é o 2º mais importado no Brasil

09:14 - Bares contam aumento de 25% a 30% no movimento durante a Copa

Sexta, 15 de junho de 2018

17:30 - Greve dos caminhoneiros afeta consumo de energia elétrica do País, diz ONS

17:29 - Dólar cai 2% e recua para R$ 3,73 com intervenção do BC


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 18/06/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 18/06/2018
4e47432e5d7c10f8cc440c97a233c10f anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Canarinho Pistola, mascote da seleção brasileira, foi vetado dos jogos da Copa




Logo_classifacil









Loja Virtual