Violência custa US$ 75,894 bi ao Brasil | Gazeta Digital

Sexta, 03 de fevereiro de 2017, 14h24

pesquisa

Violência custa US$ 75,894 bi ao Brasil


Agência Brasil

A violência custou US$ 75,894 bilhões ao Brasil em 2014, o equivalente a 3,14% do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e riquezas produzidos pelo país) naquele ano. O dado está em pesquisa divulgada hoje (3) pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O gasto com a violência no país ficou acima da média registrada para países do Cone Sul, de 2,47% do PIB.

O valor despendido no Brasil equivale a 53% do custo total da criminalidade na América Latina e no Caribe. Além disso, entre 17 países analisados na região, o custo da violência no Brasil ficou abaixo apenas de Honduras (5,84%), El Salvador (5,46%), Bahamas (4,16%) e Jamaica (3,64%). A maior parte dos valores gastos pelo Brasil vai para a segurança privada.

Conforme o levantamento do BID, as despesas privadas compuseram a maior parcela dos custos do crime em 2014, ficando em 47,9% do total. O percentual ficou acima da média registrada para a América Latina e o Caribe, de 42,7%, e para os países do Cone Sul, de 43,4%.

“O Brasil se destaca por seu alto gasto com segurança privada, o que pode ser entendido como indício do sentimento da população sobre o serviço de segurança prestado pelo governo”, destaca o organismo na pesquisa.

No caso das despesas com segurança pública, que corresponderam a 36,1% dos gastos com o crime, ocorreu o inverso. O investimento brasileiro ficou abaixo da média registrada para os demais países do Continente americano. O gasto público médio em segurança representou 39,7% do total para a América Latina e o Caribe e 41,4% para os países do Cone Sul.

Regiões e estados

O estudo avaliou ainda o custo da violência de acordo com a região ou o estado do país. Segundo o BID, “o custo entre estados e regiões [no Brasil] é semelhante, em termos de heterogeneidade, ao observado nos países da América Latina e do Caribe”.

Os maiores custos são verificados nas regiões Norte e Nordeste. Em ambas, o custo médio da violência equivale a 4,2% do PIB. No Centro-Oeste, fica em 3,1% e no Sul, em 3%. A região brasileira com o menor gasto com criminalidade em relação ao PIB é o Sudeste, com 2,7%. Entre os estados, o menor gasto ocorre no Tocantins (2%) e o maior em Alagoas (6,2%).

Por outro lado, há diferenças no tipo de gasto que predomina em cada localidade. No Sudeste (49,5%), Sul (47,2%) e Centro-Oeste (43,2%) o gasto privado com segurança supera o verificado no Nordeste (36%) e Norte (35,2%).

Já o gasto público predomina no Norte (44,6%) e Nordeste (44,3%). No Sudeste (33,3%), Sul (32,6%) e Centro-Oeste (32%), no entanto, essa despesa fica atrás do gasto com segurança privada.

Ações

O BID destaca a importância de fazer pesquisas futuras a fim de estudar o custo-benefício de ações de prevenção e controle do crime. O organismo ressalta que algumas localidades analisadas mostraram melhora na segurança pública.

Em São Paulo, Pernambuco e no Rio de Janeiro, por exemplo, as taxas de homicídio caíram 67%, 33% e 32%, respectivamente, no período de 2000 a 2014. “Vale a pena rever essas intervenções para extrair lições aprendidas para aplicações em outros lugares do Brasil e da região”, conclui o banco. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Domingo, 31 de dezembro de 2017

12:30 - Mortos por PMs em serviço têm maior índice em três anos em SP

Terça, 12 de dezembro de 2017

07:42 - Negro tem 2,6 vezes mais chance de ser morto em MT

Quinta, 07 de dezembro de 2017

14:30 - Brasil tem maior número de mortes violentas no mundo, aponta estudo

Sábado, 25 de novembro de 2017

09:09 - Mulheres agredidas por ex ou atuais companheiros levam denúncias à web

Quinta, 24 de agosto de 2017

14:56 - Economia brasileira perde R$ 1 bilhão por causa da violência contra a mulher

Terça, 08 de agosto de 2017

10:22 - Violência contra mulher precisa ser denunciada, alerta defensora

Segunda, 08 de maio de 2017

08:56 - 50 milhões de brasileiros têm algum amigo ou parente que foi assassinado

Quinta, 03 de novembro de 2016

08:25 - Para maioria, 'bandido bom é bandido morto'

Domingo, 03 de julho de 2016

08:15 - MT lidera mortes de crianças e adolescentes no trânsito

Sábado, 30 de abril de 2011

10:54 - Mulher é roubada e estuprada


// leia também

Quinta, 18 de janeiro de 2018

14:34 - Brasil deve ter em 2017 a 1ª alta na demanda por petróleo desde 2014

14:28 - Preço do gás de cozinha cai 5% nas refinarias a partir de sexta-feira

11:22 - Bitcoin cai abaixo de US$ 10 mil e assusta investidor

11:16 - Petrobras revisa política de preços do gás; valor do botijão cairá 5%

11:07 - Petrobras anuncia altas de 0,80% no preço da gasolina e de 0,70% no diesel

09:15 - Reajuste da aposentadoria acima do mínimo é publicado no Diário Oficial

09:10 - Sétimo lote do abono salarial 2016 começa a ser pago hoje

Quarta, 17 de janeiro de 2018

21:30 - Cai percepção de piora da economia entre comerciantes

21:00 - Juros fecham estáveis e não acompanham melhora de humor no câmbio e ações

18:00 - Após 6 anos de queda, financiamentos de veículos novos crescem 3,5% em 2017


 veja mais
Cuiabá, Quinta, 18/01/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Quinta, 18/01/2018
9ee939b5a8a4bad7141e63886c5d344b anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O governador Pedro Taques não vai liberar dinheiro para o Carnaval nos municípios. O que você acha disso?




Logo_classifacil









Loja Virtual