Mercado brasileiro de smartphones recua 16% | Gazeta Digital

Sexta, 17 de fevereiro de 2017, 11h47

Mercado brasileiro de smartphones recua 16%


Estadao

O mercado brasileiro de smartphones registrou queda de 16% em 2016, segundo dados da consultoria Gartner. No total, 43,4 milhões de unidades foram vendidas - em 2015, o número de smartphones comercializados foi superior a 50 milhões.

A explicação para o desempenho ruim está na crise econômica e na desvalorização do real frente ao dólar. Isso fez as fabricantes apostarem em aparelhos mais avançados, com margens de lucro maiores.

Com isso, o segmento de entrada, que concentra os smartphones de preço mais baixo, foi deixado de lado. A demanda dos consumidores brasileiros, no entanto, se concentrou justamente nesses produtos. Houve também a tendência de postergar a troca do aparelho.
O levantamento da Gartner mostra que a sul-coreana Samsung liderou mais uma vez as vendas de smartphones, mantendo sua fatia de mercado em 38,2%, o equivalente a 16,6 milhões de unidades vendidas.

Bem distante da primeira colocada, a chinesa Lenovo ficou com o segundo lugar. Dona da marca Moto (antiga Motorola), bastante popular no Brasil, a Lenovo ampliou seu espaço no setor, passando de uma fatia de 19%, em 2015, para 19,8%, em 2016. A sul-coreana LG ficou na terceira colocação, com participação bem menor que as rivais (10,4%).

’Premium’. A Apple também cresceu: em quinto lugar, a companhia que fabrica o iPhone viu sua participação saltar de 4,5% para 5,6% de um ano para o outro. Dois fatores colaboraram com a empresa. Além ter um público cativo, que sempre troca de celular com a chegada de novos modelos, houve também o lançamento do iPhone SE, versão ‘mais barata‘ do iPhone 6S, com tela de 4 polegadas.

A Gartner também mediu o número total de celulares simples vendidos no País - os chamados feature phones. O mercado teve queda de 39%, passando de 5,4 milhões de aparelhos para 3,9 milhões de unidades vendidas.  

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Segunda, 11 de dezembro de 2017

09:04 - Mercado financeiro volta a prever inflação abaixo do piso da meta para este ano

Terça, 05 de dezembro de 2017

08:50 - Indústria brasileira cresce 1,9% no ano, segundo IBGE

Domingo, 03 de dezembro de 2017

08:54 - Preço dos alimentos têm maior queda em 40 anos

Segunda, 13 de novembro de 2017

09:57 - Mercado financeiro eleva projeção para a inflação em 2017, aponta Focus

Sexta, 03 de novembro de 2017

08:49 - Investimentos dão primeiros sinais de reação após quatro anos de queda

Sábado, 28 de outubro de 2017

09:07 - Lojas de todo país devem abrir 115 mil vagas temporárias para o final de ano

Quarta, 18 de outubro de 2017

09:06 - Preço dos alimentos sobe e inflação ao consumidor acelera em outubro

08:47 - Atividade econômica do Brasil encolhe 0,38% em agosto, aponta BC

Terça, 12 de setembro de 2017

08:47 - Produtos 'Made in Brazil' voltam a perder espaço

Segunda, 24 de julho de 2017

08:50 - Frigorífico contrata 400 funcionários e reabre nesta terça em Nova Xavantina


// leia também

Segunda, 11 de dezembro de 2017

12:02 - Petrobras anuncia altas de 1,40% no preço da gasolina e de 1,80% no diesel

12:01 - Mais populares, minicontratos de dólar crescem 45% este ano

08:49 - País arrecada mais tributos, mas é ineficaz para reduzir desigualdade

08:45 - Festas de fim de ano são oportunidade de renda extra

Domingo, 10 de dezembro de 2017

18:00 - Ações trabalhistas despencam com indefinições sobre nova legislação

17:30 - 'Encontro de contas' do INSS frustra prefeitos

16:41 - Cuiabá sobe 10 posições em ranking de geração de empreendimentos

09:21 - Trabalhadores questionam contrato na Justiça

09:10 - Varejo começa a contratar pela nova lei trabalhista

Sábado, 09 de dezembro de 2017

09:38 - UE e Japão finalizam termos para acordo de Parceria Econômica


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 11/12/2017
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 11/12/2017
A93eb4c7313af4c52e31e9e52d3bdd37 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Sobre o surgimento dos outsiders, pessoas influentes de fora da política, nas próximas eleições




Logo_classifacil









Loja Virtual