Não há como retomar reforma da Previdência neste momento, diz Maia | Gazeta Digital

Quarta, 13 de setembro de 2017, 08h22

Pautas na frente

Não há como retomar reforma da Previdência neste momento, diz Maia


Estadao

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta terça-feira que não há como retomar a votação da reforma da Previdência neste momento. Segundo ele, há outras pautas mais urgentes, como a reforma política e a segunda denúncia que deve ser apresentada pela Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer.

"Acho que temos algumas pautas na frente. Não adianta a gente ficar tratando de reforma da previdência hoje. Depois nós vamos reunir os líderes e vamos ver o que tem condição de votar", disse.

Divulgação

No fim de semana, o governo tentou retomar as discussões sobre as mudanças das regras na Previdência. O ministro Henrique Meirelles chegou a afirmar, em sua conta no Twitter, que a expectativa era votar a reforma em outubro no Congresso.

O calendário de Maia, no entanto, parece ser outro. Questionado se era possível votar até o final do ano a matéria no plenário, ele disse que era preciso ter esperança, mas não falou em datas.

Sobre a reforma política, o presidente da Câmara disse que há acordo para votar esta semana tanto a proposta que altera o sistema eleitoral quanto concluir a votação sobre a que trata do fim das coligações. Para que as alterações valham para as eleições de 2018, elas precisam ser aprovadas até a primeira semana de outubro. A previsão é que as votações ocorram nesta terça-feira.

"Até 7 de outubro, tudo é possível. Mas eu acho que vota a reforma política essa semana. Tem que ver se tem voto ou não. Eu quero ver se conseguimos avançar para distrital misto em 2022", disse.

Maia também disse acreditar que consegue colocar em votação ainda esta semana, provavelmente na quarta-feira, a nova medida provisória do Refis (programa de parcelamento de débitos tributários).

 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quarta, 17 de janeiro de 2018

07:55 - Se Previdência não for votada em fevereiro, não será mais, diz Maia

Terça, 16 de janeiro de 2018

17:00 - Marun admite que ainda não tem votos suficientes para a reforma da Previdência

14:58 - Reforma da Previdência é prioridade, mas sem otimismo quanto à aprovação

Segunda, 15 de janeiro de 2018

19:30 - Pela Previdência, Marun tenta buscar apoio da indústria

Sexta, 12 de janeiro de 2018

12:52 - Maia diz que rebaixamento pode ajudar aprovação da reforma da Previdência

Quinta, 04 de janeiro de 2018

19:46 - Ambiente é favorável à aprovação da reforma da Previdência, diz André Moura

Quarta, 03 de janeiro de 2018

08:10 - Carlos Marun é levado à Comissão de Ética Pública por reforma da Previdência

Quinta, 28 de dezembro de 2017

08:26 - Rombo na previdência é invenção, diz entidade de aposentados

Quarta, 27 de dezembro de 2017

13:59 - No Rio, Temer volta a defender a reforma da Previdência

Sexta, 22 de dezembro de 2017

17:30 - Maia quer retomar discussão da Previdência entre Natal e ano-novo


// leia também

Quinta, 18 de janeiro de 2018

21:00 - Anatel decide antecipar debate sobre reversibilidade de bens

14:34 - Brasil deve ter em 2017 a 1ª alta na demanda por petróleo desde 2014

14:28 - Preço do gás de cozinha cai 5% nas refinarias a partir de sexta-feira

11:22 - Bitcoin cai abaixo de US$ 10 mil e assusta investidor

11:16 - Petrobras revisa política de preços do gás; valor do botijão cairá 5%

11:07 - Petrobras anuncia altas de 0,80% no preço da gasolina e de 0,70% no diesel

09:15 - Reajuste da aposentadoria acima do mínimo é publicado no Diário Oficial

09:10 - Sétimo lote do abono salarial 2016 começa a ser pago hoje

Quarta, 17 de janeiro de 2018

21:30 - Cai percepção de piora da economia entre comerciantes

21:00 - Juros fecham estáveis e não acompanham melhora de humor no câmbio e ações


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 19/01/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 19/01/2018
B4342464d885d68375f74fddbcec4a71 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O governador Pedro Taques não vai liberar dinheiro para o Carnaval nos municípios. O que você acha disso?




Logo_classifacil









Loja Virtual