Com indefinição sobre reforma, dólar sobe e contrato de janeiro entra em leilão | Gazeta Digital

Quinta, 07 de dezembro de 2017, 09h32

R$ 3,290

Com indefinição sobre reforma, dólar sobe e contrato de janeiro entra em leilão


Estadao

O dólar avança desde a abertura da sessão desta quinta-feira, 7, com a dúvida persistente sobre a votação da reforma da Previdência neste ano e pressionado pela valorização externa da moeda americana. Mais cedo, a subida abrupta do dólar janeiro de 2018 até R$ 3,290 fez o mercado futuro entrar em leilão.

Isso aconteceu porque a variação entre uma cotação e a taxa anterior ficou acima da oscilação máxima permitida pela Bolsa, explicou um operador de uma corretora de câmbio. Depois disso, o dólar de janeiro voltou a ser negociado e, pouco antes do fechamento deste texto, renovou sua máxima intraday, aos R$ 3,2915 (+1,48%).

Divulgação

Lá fora, a demanda pela moeda norte-americana tem como pano de fundo expectativas de que líderes dos Partidos Republicano e Democrata possam votar nesta quinta-feira um projeto de lei no Congresso que manteria as agências federais dos Estados Unidos funcionando até 22 de dezembro, uma maneira de dar mais tempo para a resolução do impasse em relação ao Orçamento.

A medida tem o apoio da Casa Branca. Estão no radar também as negociações em torno de projeto conjunto de reforma tributária pela Câmara e Senado norte-americano, além do relatório de empregos (payroll), que será divulgado na sexta-feira.

Às 9h55, o dólar à vista subia 1,24%, aos R$ 3,2740. O dólar futuro de janeiro estava em alta de 1,17%, aos R$ 3,2815.

 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quarta, 13 de dezembro de 2017

11:45 - Executiva do PSDB decide fechar questão a favor da reforma da Previdência

08:18 - Aliados de Temer já admitem que reforma da Previdência deve ficar para 2018

Terça, 12 de dezembro de 2017

18:00 - Meirelles reconhece possibilidade de reforma não ser votada na semana que vem

17:00 - Maia marca sessões na Câmara só até dia 20, o que pode atrapalhar Previdência

11:27 - Não há obrigatoriedade de votar reforma semana que vem, diz relator

08:41 - Empresários pressionam deputados a votar pela reforma da Previdência

Segunda, 11 de dezembro de 2017

14:51 - Sem reforma regra do teto entra em colapso, afirma assessora da Casa Civil

14:30 - Discussão da reforma já impacta setor privado, avalia presidente da Brasilprev

Domingo, 10 de dezembro de 2017

08:20 - Alckmin propõe fechar questão pela reforma da Previdência

Sábado, 09 de dezembro de 2017

08:26 - 124 deputados de partidos da base dizem votar contra reforma da Previdência


// leia também

Quarta, 13 de dezembro de 2017

19:00 - Juros fecham em queda, em reação a data de julgamento de Lula, varejo e PSDB

15:30 - Produção de carne de frango e de porco aumenta em 2017, diz ABPA

14:11 - Opep eleva projeção para PIB brasileiro em 2017 de 0,7% para 0,8%

14:01 - Número de imigrantes com contrato de trabalho formal caiu 13% no Brasil em 2016

08:39 - Acordo prevê pagamento à vista para poupadores que receberão até R$ 5 mil

08:31 - Vendas no comércio acumulam alta de 1,4% de janeiro a outubro

Terça, 12 de dezembro de 2017

19:00 - Produção de motos cresce 18,2% em novembro ante igual mês de 2016, diz Abraciclo

17:30 - Tribunal libera 50 salários mínimos mensais a deputado do PP

16:30 - Senado aprova texto principal da MP do Repetro com ajuste em prazo de incentivo

14:03 - Justiça veta R$ 24 milhões da educação de Alagoas para escritórios de advocacia


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 13/12/2017
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 13/12/2017
4d4ff3f31814f4dd069405738f837313 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Vereadores de Cuiabá criaram o 13º salário para si mesmos




Logo_classifacil









Loja Virtual