Crescimento nos próximos anos será mais equilibrado entre setores, diz ministro | Gazeta Digital

Quinta, 07 de dezembro de 2017, 15h41

melhoria da economia

Crescimento nos próximos anos será mais equilibrado entre setores, diz ministro


Agência Brasil

O crescimento da economia deverá ser “mais equilibrado nos diversos setores da economia” nos próximos oito a 12 anos, com a melhoria dos fundamentos da economia. A afirmação é do ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, em café da manhã com jornalistas, em Brasília.

O ministro afirmou que a projeção oficial ainda é de crescimento da economia de 2% no próximo ano, mas no Orçamento já foi incorporada a previsão de expansão de 2,5%. “Os fundamentos gerais da economia brasileira são muito saudáveis”, disse o ministro.

Apesar da expectativa, o ministro disse que o crescimento ainda estará abaixo do potencial da economia. Ele lembrou que essa estimativa de crescimento é com inflação abaixo do centro da meta (4,5%). “É um nível de crescimento neutro do ponto de vista inflacionário”, disse.

Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr

Crescimento nos próximos anos será mais equilibrado entre setores, diz ministro

Por estar abaixo do potencial, o ministro disse que é preciso reforçar a necessidade do processo de reformas. “E não é só a reforma da Previdência. É preciso continuar avançando em várias áreas. No próximo ano, aprovada a da Previdência, a pauta será a reforma tributária. Será a base para uma economia com PIB [Produto Interno Bruto, soma de todos os bens e serviços do país] potencial mais alto”, afirmou.

Oliveira também afirmou que o estado ainda é “atrasado e ineficiente”, com recursos mal alocados. Ele citou que a revisão do auxílio-doença, por exemplo, levou ao cancelamento de 80% dos benefícios.

O ministro disse ainda que o governo precisa também avançar na digitalização dos serviços públicos. “Até agora, temos 40% dos serviços digitalizados. A eficiência virá através de tecnologias com custo menor e mais qualidade”, destacou. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sábado, 20 de janeiro de 2018

08:59 - Financiamento mais barato anima consumidor

Quarta, 17 de janeiro de 2018

21:30 - Cai percepção de piora da economia entre comerciantes

18:00 - Após 6 anos de queda, financiamentos de veículos novos crescem 3,5% em 2017

Terça, 16 de janeiro de 2018

20:00 - Valor arrecadado pela Lei Rouanet se manteve estável em 2017

17:05 - Taxas futuras de juros fecham com viés de alta, alinhados ao avanço do dólar

Sexta, 12 de janeiro de 2018

14:51 - S&P rebaixa ratings de bancos, incluindo BB, Bradesco, Itaú e Santander

14:38 - Moeda virtual não pode ser considerada ativo financeiro, diz CVM

Quinta, 11 de janeiro de 2018

18:00 - Orçamento de 2018 não prevê correção da tabela do IR, informa Receita

15:50 - AGU vai recorrer de decisão que suspende MP de privatização da Eletrobras

15:05 - Governo anuncia reajuste do seguro-desemprego


// leia também

Sábado, 20 de janeiro de 2018

16:00 - Investidor nos EUA move ação contra JBS e Batistas

08:43 - Temer assina projeto de lei com regras para privatização da Eletrobras

Sexta, 19 de janeiro de 2018

17:03 - Espera por julgamento de Lula trava negócios e juros fecham perto dos ajustes

16:04 - Petrobras reduz preço de GLP industrial e comercial em 6,3% a partir de sábado

11:51 - Gás para indústria e comércio já acumula alta de 34%

10:08 - Conselho define procedimentos para saque de cotas do PIS/Pasep

10:03 - Confiança do empresário da indústria na economia atinge maior índice desde 2011

Quinta, 18 de janeiro de 2018

21:00 - Anatel decide antecipar debate sobre reversibilidade de bens

14:34 - Brasil deve ter em 2017 a 1ª alta na demanda por petróleo desde 2014

14:28 - Preço do gás de cozinha cai 5% nas refinarias a partir de sexta-feira


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 21/01/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 21/01/2018
82cfd4bb38272f34788fa39cd9df2cd4 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Algum novato, de fora da política, pode surpreender nas eleições para presidente da República?




Logo_classifacil









Loja Virtual