Temer assina projeto de lei com regras para privatização da Eletrobras | Gazeta Digital

Sábado, 20 de janeiro de 2018, 08h43

ECONOMIA

Temer assina projeto de lei com regras para privatização da Eletrobras


Agência Brasil

O governo vai enviar ao Congresso Nacional o projeto de lei (PL) que propõe a privatização da Eletrobras. O texto foi assinado hoje (19) pelo presidente Michel Temer.

A operação se dará por meio de aumento do capital social da empresa, que o governo considera “democratização do capital da Eletrobras”. Pela proposta, nenhum acionista poderá ter mais de 10% de poder do voto. O objetivo, segundo o Planalto, é evitar que outra companhia tome o controle da estatal.

Wilton Junior/Estadão

O projeto também prevê que a União terá ações especiais na Eletrobras após a privatização, chamadas de “golden share”, que dão a seu detentor direitos como garantia de indicação de um membro do Conselho de Administração.

Itaipu e Eletronuclear

O projeto exclui do processo de desestatização da Eletrobras a Eletronuclear, subsidiária da estatal, e a Usina Hidrelétrica de Itaipu, controlada pelo Brasil em conjunto com o Paraguai. No caso da empresa responsável pelas usinas nucleares brasileiras, o motivo é uma questão de monopólio constitucional. No caso de Itaipu, a manutenção do controle da União atende a um Tratado Internacional firmado com o Paraguai.

Tarifas

Segundo o governo, a privatização da Eletrobras levará à redução das tarifas pagas pelo consumidor. O Planalto também argumenta que a abertura de capital da empresa fortalecerá o setor, com a expansão de investimentos e o aprimoramento da oferta de energia. No entanto, cálculos de simulação de impactos tarifários realizados em novembro pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) apontam um aumento de 2,42% a 3,34% nos preços no pior cenário. Isso ocorreria, segundo a agência, porque os preços passariam a ser suscetíveis às variações do mercado, tal como ocorre hoje com os combustíveis, por exemplo.

Justiça

A privatização da Eletrobras, no entanto, também está na esfera judicial. A Medida Provisória (MP) 814, editada por Temer em 29 dezembro de 2017, retirava de uma das leis do setor elétrico a proibição de privatização da Eletrobras e de suas subsidiárias. Mas, no início de janeiro, o juiz Carlos Kitner, da Justiça Federal em Pernambuco, concedeu uma liminar para suspender o artigo envolvendo a Eletrobras.

A União recorreu da decisão, mas teve seu recurso negado pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) em Pernambuco.

A Eletrobras é a maior holding do setor elétrico da América Latina e a 16ª maior empresa de energia do mundo, detendo 30,7% da capacidade de geração de energia do Brasil. Segundo o Ministério de Minas e Energia, o valor patrimonial da Eletrobras é de R$ 46,2 bilhões, e o total de ativos da empresa soma R$ 170,5 bilhões. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 13 de julho de 2018

08:14 - BNDES suspende leilão de distribuidoras da Eletrobras

07:45 - Justiça Federal do Rio suspende leilão das 6 distribuidoras da Eletrobras

Quinta, 12 de julho de 2018

17:00 - Empregados da Eletrobras preparam greve para dia 17

Terça, 12 de junho de 2018

13:00 - Empregados da Eletrobras decidem interromper greve após decisão do TRT

Segunda, 11 de junho de 2018

12:04 - Funcionários da Eletrobras fazem greve contra privatização

07:00 - TST manda funcionários da Eletrobras manterem 75% do efetivo durante greve

Sábado, 19 de maio de 2018

14:30 - Eleição no Conselho pode pôr em risco privatização da Eletrobras

Quinta, 17 de maio de 2018

19:00 - BNDES publica edital para modelagem de privatização da Eletrobras

Quarta, 16 de maio de 2018

15:38 - Lucro da Eletrobras é de R$ 56 milhões no primeiro trimestre

Sábado, 05 de maio de 2018

16:30 - Na Eletrobrás, presidente tenta subir seu salário


// leia também

Quinta, 16 de agosto de 2018

14:58 - Fontes renováveis responderam por quase 88% da energia gerada em junho

14:37 - Petrobras anuncia que gasolina nas refinarias terá alta de 0,5% amanhã

14:30 - Central de Emprego

10:07 - Nascidos em agosto já podem sacar abono salarial do PIS/Pasep

09:43 - Faltou trabalho para 27,636 milhões de pessoas no País no 2º trimestre, diz IBGE

Quarta, 15 de agosto de 2018

19:15 - Moreira Franco defende preço justo para contas de luz, com menos subsídios

18:00 - Juros desaceleram alta e fecham perto da estabilidade

16:15 - Censo 2020 terá informações específicas sobre quilombolas

16:02 - Supermercados desperdiçam R$ 3,9 bi em alimentos por ano, diz Abras

10:04 - Prévia da economia brasileira sobe 3,29% em junho ante maio


 veja mais
GDEnem

Cuiabá, Sexta, 17/08/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 17/08/2018
3530ffce5712a5fc35d6534a46b49165 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Cuiabá é uma cidade acolhedora para ciclistas?




Logo_classifacil









Loja Virtual