Governo pretende contratar estudo sobre modelo de privatização da Eletrobras | Gazeta Digital

Quarta, 31 de janeiro de 2018, 14h14

ECONOMIA

Governo pretende contratar estudo sobre modelo de privatização da Eletrobras


Estadao

O governo federal pretende realizar a contratação de estudos sobre potenciais modelos de privatização em breve, independentemente do imbróglio jurídico em torno do artigo 3 da Medida Provisória 814, que revoga dispositivo da lei nº 10.438, que proíbe a privatização da Eletrobras, informou nesta quarta-feira, 31, o secretário de articulação do PPI, Marco Aurélio Silva. ‘Ainda que haja qualquer obstáculo jurídico quanto as discussões da Medida Provisória, de inserção no PND (Plano Nacional de Desestatização), o que não se pode é esperar que esse imbróglio seja resolvido para que aí se construam alternativas‘, disse.

Wilton Junior/Estadão

Segundo ele, a ideia é que as opções estejam já na mão quando a discussão judicial for resolvida. ‘Não quer dizer que teremos a privatização, ou teremos o modelo que vai ser aquele adotado pelo governo, mas ficar parado é completamente fora de hipótese‘, afirmou.

Após críticas de parlamentares de que a inclusão do artigo na MP que tratava da venda das distribuidoras feria acordo feito com o Congresso de realizar o encaminhamento do tema da privatização por meio de projeto de lei, representantes do governo indicaram que o artigo visava apenas permitir a construção dos estudos e o governo acelerou o encaminhamento do projeto de lei ao Congresso para diminuir a tensão. No entanto, grupos contrários à privatização foram à Justiça e obtiveram uma liminar suspendendo o artigo.

Segundo Silva, o dispositivo apenas ‘dava uma sinalização quanto à inserção da empresa no programa de privatizações e estabelecia legalmente um papel para o BNDES para que ele pudesse fazer o apoio da lei‘. ‘Mas não precisamos necessariamente do BNDES para realizar os estudos‘, disse.

De acordo com ele, PPI ou Eletrobras podem realizar os estudos diretamente. O secretário comentou que ainda não se determinou quem irá comandar os estudos. ‘Precisamos avançar nos passos para a privatização da Eletrobras. Não dá para aguardar, fazer as ações de maneira sequencial; o que der para antecipar, o que possa acontecer em paralelo e que não prejudique o processo de privatização como um todo, o governo tem a obrigação de avançar‘, comentou.

Questionado sobre a possibilidade de o artigo nº3 da MP não avançar, Silva comentou que existem outras alternativas, como um eventual novo projeto de lei. ‘Pode ser que haja um ambiente político para eventualmente um futuro governo, caso a não aprovação da MP venha a impactar o cronograma, o que nós não sabemos‘, disse.

Ele salientou que ‘para quem quer que tome a iniciativa de retomar as discussões como a renovar as discussões quanto a inclusão da Eletrobras no PND, já terá subsídios técnicos até para defender o ponto de vista em relação à privatização‘. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sábado, 17 de fevereiro de 2018

08:52 - Privatização da Eletrobras pode atrasar

Sexta, 09 de fevereiro de 2018

14:41 - BNDES marca audiências públicas para venda das distribuidoras da Eletrobras

Sexta, 02 de fevereiro de 2018

16:37 - STF derruba liminar que suspendia MP de privatização da Eletrobras

Quinta, 01 de fevereiro de 2018

15:21 - Governo quer fazer operação exemplar com privatização da Eletrobras

Domingo, 28 de janeiro de 2018

09:03 - 'Espólio' da Eletrobrás já causa disputa

Terça, 23 de janeiro de 2018

13:53 - Privatização da Eletrobras chega ao Congresso em meio à batalha judicial

Segunda, 22 de janeiro de 2018

09:51 - Governo formaliza envio do projeto de lei de privatização da Eletrobras

Sábado, 20 de janeiro de 2018

08:43 - Temer assina projeto de lei com regras para privatização da Eletrobras

Segunda, 15 de janeiro de 2018

15:35 - Governo recorre ao Supremo contra decisão sobre privatização da Eletrobras

Segunda, 04 de dezembro de 2017

20:14 - Venda de distribuidoras da Eletrobras deve ocorrer até abril de 2018


// leia também

Sábado, 24 de fevereiro de 2018

10:54 - Após 2 anos de queda, consumo de energia em SP fecha 2017 em alta de 1,9%

10:21 - Receita vai exigir mais dados sobre bens na declaração do IR

Sexta, 23 de fevereiro de 2018

18:30 - É possível que reforma da Previdência fique para 2019, admite Meirelles

17:35 - Cerca de 43% dos municípios ainda não prestaram contas de gastos com educação

15:38 - Contribuintes podem quitar IPVA sem juros e multas até dia 28

15:06 - Quatro bancos brasileiros acumularam lucro de R$ 57,6 bilhões em 2017

14:16 - Receita exigirá mais informações do contribuinte na declaração de 2019

11:43 - País tem 2,786 milhões de pessoas buscando trabalho há 2 anos ou mais, diz IBGE

09:35 - Demonstrativo de rendimentos já está disponível no site do INSS

09:14 - Pesquisa do IBGE mostra que 26,3 milhões de pessoas estão sem emprego


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 24/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sábado, 24/02/2018
116961967de356eee6ddd02c7d0c8fb3 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Lei municipal permite que ruas sem saída em Cuiabá sejam fechadas por moradores




Logo_classifacil









Loja Virtual