Bicampeã olímpica, Semenya vibra com indicação ao Laureus e vê Rio-2016 como auge | Gazeta Digital

Sexta, 09 de fevereiro de 2018, 17h00

Bicampeã olímpica, Semenya vibra com indicação ao Laureus e vê Rio-2016 como auge


Estadao

Bicampeã olímpica nos 800 metros, a sul-africana Caster Semenya, de 27 anos, concedeu entrevista para comentar a indicação ao Prêmio Laureus. Na conversa com os organizadores da premiação, ela fez um balanço da carreira e elegeu a medalha de ouro nos Jogos do Rio de 2016 como o auge da carreira. A cerimônia do Laureus de 2018 acontecerá em Mônaco, em 27 de fevereiro.

‘É um sonho que se tornou realidade. Como atleta, obviamente, temos metas, temos sonhos, e esse é um dos sonhos que sonhei. Desde criança, assisto aos principais atletas do mundo sendo indicados e aí você pensa: um dia, se estiver lá, me sentirei realizada‘, afirmou em entrevista ao Laureus.

Das indicadas ao prêmio, somente ela e a tenista espanhola Garbiñe Muguruza não nasceram nos Estados Unidos. As outras atletas que concorrem ao prêmio são todas da principal potência esportiva do mundo: a velocista Allyson Felix, a nadadora Ketie Ledecky, a campeã olímpica do esqui alpino slalom, Mikaela Shiffrin, e a tenista Serena Williams.

‘São todas excelentes atletas. Respeito o trabalho de todas. Me sinto abençoada, privilegiada por estar em uma lista com essas atletas. Só o fato de estar junta das melhores, me sinto como uma vencedora.‘

A conquista mais recente de Semenya aconteceu no ano passado, quando se sagrou tricampeã do mundo nos 800 metros. Na disputa que aconteceu em Londres, ela contou que os últimos 200 metros foram uma dos instantes mais importantes de sua vida.

‘Foi quando eu fui ao ataque. Assisti novamente inúmeras vezes, como executei os movimentos, especialmente nos últimos 60 metros. É importante rever porque mostra o duro trabalho que colocamos em prática.‘

Sobre o melhor momento da carreira, a sul-africana elegeu a conquista nos Jogos do Rio de 2016 e seu primeiro título mundial. ‘Com certeza colocaria o Rio. Mas quando se olha para o passado, também não posso deixar de mencionar a conquista do Mundial de 2009, quando apareci pela primeira vez para o mundo.

Para chegar ao topo do mundo, Semenya também precisou lutar contra o preconceito. Em 2009, com 18 anos, ele conquistou a medalha de ouro nos 800 metros no Mundial de Berlim estabelecendo a melhor marca do ano. O rendimento surpreendente colocou em discussão sua feminilidade e ela precisou se submeter a testes de gênero.

Os exames comprovaram que a atleta é portadora de uma deficiência em um cromossomo que lhe dá características masculinas e femininas e, com isso, produz testosterona acima da média de uma mulher. Sua primeira conquista mundial chegou a ser caçada durante esse imbróglio, mas depois foram devolvidas.

Agora, a atleta disse que já está em preparação para os Jogos Olímpicos do Japão de 2020. ‘Sou uma atleta que trabalha com objetivos mais de curto prazo. Mas sempre de olho em conquistas maiores. No Japão estarei com 29. Então provavelmente será minha última Olimpíada. Será minha terceira Olimpíada. Então já estou ansiosa por isso.‘ 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Domingo, 25 de fevereiro de 2018

13:00 - Isabel Barbosa fatura duas pratas na Copa do Mundo de Ginástica Artística

11:12 - Com ouro no esqui cross-country, Noruega fecha Olimpíada de Inverno na ponta

10:44 - Cerimônia encerra Olimpíada de Inverno com Coreias lado a lado

Quinta, 22 de fevereiro de 2018

17:30 - COB anuncia candidatos ao Prêmio Brasil Olímpico que elegerá os melhores de 2017

17:03 - Melo e Kubot suam, mas vencem jogo interrompido na estreia do Rio Open

Sábado, 17 de fevereiro de 2018

16:00 - Marquinhos Gabriel machuca joelho e deixa treino do Corinthians de maca

10:19 - Bêbados, jogadores de clube inglês furtam táxi em Barcelona

Quinta, 15 de fevereiro de 2018

14:25 - Marcelo Melo perde para ex-parceiro e é eliminado nas duplas em Roterdã

Terça, 13 de fevereiro de 2018

14:00 - Marcelo diz que Real 'não tem de provar nada' e alerta; 'O PSG não é só Neymar'

13:26 - Liderado por Curry, Warriors massacra Suns em vitória por 46 pontos de diferença


// leia também

Domingo, 25 de fevereiro de 2018

12:36 - Willian marca, mas Lukaku brilha e Manchester United bate o Chelsea de virada

Sábado, 24 de fevereiro de 2018

19:50 - Vitória do Fluminense em Cuiabá amplia estatística negativa do Flamengo

18:00 - MPF pede ao STJ que Carlos Nuzman, ex-COB, volte para prisão

16:30 - Checa faz história e fatura ouro em modalidades diferentes em Pyeongchang

16:15 - Sistema de som e telão da Arena Pantanal voltam a funcionar após 4 anos

09:58 - Bancado pela diretoria, Dorival estuda mudanças para continuar no São Paulo

09:47 - Em Cuiabá, Fluminense e Flamengo disputam o primeiro clássico da Taça Rio

Sexta, 23 de fevereiro de 2018

16:21 - Roger Machado revela preocupação com novo esquema do Corinthians para clássico

16:10 - Eric Takabatake fatura bronze no Grand Slam de Dusseldorf de Judô

11:46 - Corinthians anuncia a contratação do lateral Sidcley


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 25/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 25/02/2018
39b9c063e83a7a7ffb2f5dc9ad998ca8 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Segundo pesquisa, 67% apoiam intervenção na área de segurança pública em suas cidades




Logo_classifacil









Loja Virtual