Segunda, 22 de outubro de 2012, 10h00

VIOLÊNCIA EXTREMA

Dez são mortos em final de semana violento na grande Cuiabá

Izabel Barrizon, repórter do GD


Final de semana violento na grande Cuiabá. Polícia registrou 10 homicídios e uma tentativa de sexta-feira (19) a domingo (21) na Capital, Várzea Grande e região.

Divulgação

Policial militar, Devanilson Gonçalves da Cruz, 21, foi baleado e morreu na avenida Júlio Campos, no bairro Mapim, em Várzea Grande, na noite de sexta-feira (19). Polícia trabalha com a suspeita de latrocínio (roubo seguido de morte), já que o PM pilotava uma motocicleta.

No bairro São Simão, também em Várzea Grande, Cristiano Alvino de Almeida, 44, foi vítima de tentativa de assalto. Ele estava em um carro, com uma mulher e duas crianças, quando um bandido anunciou o assalto. Ele foi baleado com um tiro no rosto, socorrido, mas não resistiu e morreu no Pronto-Socorro da cidade.

O pedreiro Adriano da Silva Sampaio, 30, morreu após 3 dias internado no PS de Cuiabá. Ele foi baleado com 8 tiros em uma obra no bairro Santa Cruz 2.

Na manhã de sábado (20), o comerciante Abdul Freitas Morais, 50, foi morto dentro do comércio, no bairro Novo Paraíso 2. Suspeitos fugiram de moto.

Flávio Alves da Silva, 28, foi baleado no bairro São João Del Rei, em Cuiabá. Segundo a Polícia, a vítima era usuária de drogas. Ele tinha uma tatuagem nas costas com o número 121, artigo no Código Penal que identifica o crime de homicídio.

O segurança Antônio Rodrigues da Silva, 50, foi morto na guarita de acesso à Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), na tarde de domingo (21), após discussão com 2 suspeitos.

Um homem ainda não identificado foi morto à pedradas no bairro Jardim Florianópolis, em Cuiabá, na noite de domingo (21). Motivação é investigada. Segundo a Polícia, ele teve um ferimento profundo na cabeça.

O adolescente Vanderson Júnior dos Santos, 17, morreu após ser baleado em uma festa no distrito de Souza Lima, em Várzea Grande, durante a madrugada de domingo (21).

Dois corpos sem identificação também foram localizados pela Polícia no domingo (21). Ambos foram queimados. No bairro 13 de Setembro, em Várzea Grande, o corpo de um homem carbonizado e esquartejado foi encontrado por populares. Segundo a Polícia, a vítima foi executada, queimada em uma pilha de pneus, cortada, colocada em um barril com pedras e jogada em uma lagoa.

Outro corpo foi localizado no Parque Del Rey, em Várzea Grande, próximo a ponte sobre o rio Icaraí, na madrugada desta segunda-feira (22). Vítima foi queimada e colocada dentro de um tambor de metal.

Josian Tiago Lima está internado em estado grave no Pronto-Socorro, após ser baleado com 2 tiros no pescoço, no bairro Parque do Lago, em Várzea Grande. Tentativa de homicídio encerra fim de semana violento na Capital e região metropolitana. Crimes estão sob investigação da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Acompanhe o GD também pelo Twitter: @portalgazeta

 



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Domingo, 23 de abril de 2017

15:17 - Cinco são presos e 400 kg de cocaína apreendidos em aeronave em Tangará

13:27 - Usuário de drogas é preso em telhado após ameaçar prima e danificar carro

13:00 - Grávida de 7 meses é agredida a socos pelo ex-companheiro

12:17 - Dois são flagrados embriagados na Capital

10:28 - Polícia aguarda decreto de prisão para continuar 'caça' a estudante zoófilo

09:18 - Meia tonelada de cocaína que seguia para Brasília é apreendida

08:50 - Colisão entre Corsa e caminhão causa três mortes na BR-070

08:50 - Seis torturados em chacina em Colniza são identificados

Sábado, 22 de abril de 2017

13:53 - Politec começa identificar as 9 vítimas de chacina em Colniza

11:15 - Polícia Civil prende traficante após monitorar o whatsapp


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 24/04/2017
 

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Segunda, 24/04/2017
Db4e8954cee27c12dc52c9b9fae13148 anteriores




Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

A cada dia que passa, novos casos de jovens envolvidos com o jogo da ‘Baleia Azul’ vêm à tona. Na sua opinião, por que isso vem ocorrendo?



Logo_classifacil









Loja Virtual