Servidor de VG mata mulher com 4 tiros e se mata | Gazeta Digital

Domingo, 14 de janeiro de 2018, 15h45

FEMINICÍDIO

Servidor de VG mata mulher com 4 tiros e se mata

Keka Werneck, repórter do GD


Marcus Vaillant

Casa do casal em VG onde IML buscou os corpos

Servidor da Prefeitura de Várzea Grande, Vitorino José da Cruz, o "Teté", por não aceitar a separação, matou a esposa, Célia Cristina Ferreira, 41, com 4 tiros de um revolver calibre 38, na região do tórax, neste domingo (14), na hora do almoço, por volta do meio dia, em uma casa de classe média, onde moravam, no bairro Pirinéu, em Várzea Grande.

Ele desferiu os tiros contra a mulher no quarto e depois atirou na própria cabeça.

Na casa, estavam também uma filha da mulher, de 23 anos, e um adolescente, de 15, filho de ambos, que viram o crime. Nos fundos moram os pais de Célia, que, por serem idosos, eram cuidados por ela. Eles também estavam em casa.

Amigos da família informaram que Teté chegou a comprar um carro, Sandero vermelho, seminovo, para a mulher, e a reformar a cozinha da casa, para convencê-la a ficar. No entanto, ela vinha repetindo que queria mesmo se separar e que mudaria do local.

Marcus Vaillant

Delegada Ana Cristina Fedner confirmou que foram 4 tiros  

Há 1 mês a possibilidade da separação vinha gerando brigas entre o casal. Tanto é que no sábado (13), ou seja, 24h antes do crime, o filho de 15 anos pediu a um amigo que dormisse na casa deles, porque o clima estava tenso.

A mãe do rapaz diz que não deixou somente porque queria o filho em casa, ajudando na obra que estava sendo feita. "Não dá para acreditar que isso tenha ocorrido, aparentemente era uma família feliz", comenta a vizinha.

Perícia analisou a cena do crime e o Instituto Médico Legal (IML) levou os 2 corpos para exame de necrópsia, antes do sepultamento.

Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

Delegada Ana Cristina Fedner esteve no local do crime e assumiu o caso.

"Trata-se de um crime passional, foi um homicídio seguido de suicídio, um casal que já mantinha relacionamento há mais de 15 anos, e infelizemente ele não aceitava o término, a vítima gostaria de encerrar o casamento. Nessa manhã ele veio a desferir 4 disparos contra ela e na sequência se suicidou com um tiro na cabeça", detalha a delegada Fedner.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 20 de fevereiro de 2018

17:25 - Grávida foi agredida com golpes na cabeça e morreu por traumatismo

Segunda, 19 de fevereiro de 2018

17:24 - Delegada reconstitui últimos passos de grávida achada morta

Terça, 13 de fevereiro de 2018

11:37 - Família encontra jovem desaparecido morto a tiros em Cuiabá

09:04 - Homem mata esposa e filho de 4 anos e depois se enforca

Segunda, 12 de fevereiro de 2018

18:42 - Homem que matou ex-mulher e namorado é preso em Nova Mutum

Quinta, 08 de fevereiro de 2018

19:41 - Polícia prende acusados de matar homem com 11 tiros e descartar corpo

Terça, 06 de fevereiro de 2018

16:45 - Corpo de adolescente é encontrado em córrego e ex-namorado é suspeito

Segunda, 05 de fevereiro de 2018

16:59 - Polícia prende rapaz acusado de matar o irmão da namorada

Domingo, 04 de fevereiro de 2018

10:03 - Homem é chamado pelo nome, abre a porta e é executado a tiros

Terça, 30 de janeiro de 2018

11:11 - Jovem de 18 anos é morto e outro de 17 baleado no bairro Santa Terezinha


// leia também

Domingo, 25 de fevereiro de 2018

12:03 - Em blitz, polícia flagra 2 traficantes de armas e munições de vários calibres

11:57 - Após 2 ações sequenciais, 3 ladrões são presos por roubos a residências

10:50 - Ônibus com 15 passageiros pega fogo na estrada e dá perda total; ninguém se feriu

09:10 - Mulher leva 2 tiros no pescoço e é encaminhada em estado grave ao PS

08:30 - 4 ladrões invadem chácara e morador é baleado

Sábado, 24 de fevereiro de 2018

21:09 - Time do Poconé é furtado dentro da Arena Pantanal

16:34 - Dupla armada rouba joalheria no shopping Goiabeiras; um escapou

13:28 - Crimes de homicídios reduzem 27% em Mato Grosso no mês de janeiro

11:28 - Algemada, suspeita de morte de personal chega a Cuiabá

11:00 - Assaltante do banco Itaú estava foragido há 7 meses


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 25/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 25/02/2018
39b9c063e83a7a7ffb2f5dc9ad998ca8 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Segundo pesquisa, 67% apoiam intervenção na área de segurança pública em suas cidades




Logo_classifacil









Loja Virtual