Suspeito de feminicídio filmou namorada em delírios antes de morrer | Gazeta Digital

Quinta, 08 de fevereiro de 2018, 12h16

polícia

Suspeito de feminicídio filmou namorada em delírios antes de morrer

Rayane Alves, especial para o GD


Divulgação

Maycon da Silva Dantas (foragido) ao lado de Vanessa que foi morta asfixiada em 31 de janeiro

A delegada Alana Cardoso,  da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), que investiga a morte da jovem Vanessa Tito Poquiviqui Ramos, 21, no bairro Três Barras, em Cuiabá, afirmou na manhã desta quinta-feira (8), ao Gazeta Digital, que a polícia já tem conhecimento de um vídeo, que supostamente foi gravado pelo principal suspeito momentos antes da morte. Na gravação, ele chega a pedir que a vítima reze a oração do "Pai Nosso".

Conforme a polícia, o exame toxicológico, alcoolemia e resíduos de pele já foram solicitados para verificar se a jovem ingeriu alguma bebida ou veneno, porém, os exames ainda não foram concluídos. Já o vídeo é analisado pela Núcleo de Inteligência da Delegacia, para saber o momento e as circunstâncias em que foi gravado.

O principal suspeito do homicídio é o companheiro da vítima, Maycon Junior da Silva Dantas, 30, que está com prisão temporária (30 dias) decretada pela 2ª Vara de Violência Doméstica de Cuiabá. Ele é considerado foragido da Justiça.

Leia também - Suspeito de matar namorada asfixiada é procurado e tem histórico criminal

"Entre as diligências desenvolvidas no inquérito policial é aguardado o resultado de exames periciais de violência sexual, toxicológico, alcoolemia, necropsia e resíduos de pele nas unhas", diz trecho da nota.

Marcus Vaillant

Delegada Alana Cardoso é responsável pela investigação

Conforme a delegada o vídeo foi publicado minutos depois da morte pelo próprio namorado da vítima Maycon, mas foi retirado do ar logo após tomar conhecimento que a Polícia Civil estaria atrás dele.

Um dos momentos que teria chamado atenção das autoridades foi que em determinado momento, o suspeito pede que a vítima reze a oração do pai nosso e, mesmo demonstrando estar tensa ela acompanha o criminoso. Porém, outros detalhes da investigação e da gravação a delegada não quis adiantar para não atrapalhar as investigações.

"A Polícia Civil, em razão das investigações e também em respeito a família da vítima, considera prejudicial a divulgação ou compartilhamento do vídeo, que demonstra clara tentativa do investigado em desmontar a linha de homicídio qualificado como feminicídio, da investigação", finaliza outro trecho da nota.

Caso - O corpo de Vanessa foi encontrada na casa do namorado no bairro Três Barras. A primeira causa da morte apontada pela Polícia Civil seria asfixia.

A vítima saiu para morar com o namorado, na casa da família dele, onde foi morta. O corpo estava com pequenos cortes na região do queixo e dos olhos, além de hematomas no peito, o que leva a suspeita de morte por asfixia.

O suspeito ainda não foi encontrado pela polícia, porém a polícia já identificou que ele tem uma extensa ficha criminal. Entre os crimes praticados anteriormente foi registrado em 2009, por lesão corporal, com procedimento realizado pela Delegacia da Mulher de Cuiabá, tendo sido condenado nesse processo e, posteriormente, beneficiado com uso de tornozeleira.

Em 2011 respondeu procedimento na 2ª Delegacia de Polícia do Carumbé, por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, Lei 10826/03. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 20 de fevereiro de 2018

10:00 - Pedreiro que confessou ter degolado a ex-mulher é preso escondido em fazenda

Segunda, 19 de fevereiro de 2018

17:32 - Acusado de matar adolescente em MT é preso no Ceará e confessa crime

Quarta, 14 de fevereiro de 2018

12:45 - Acompanhado de advogado, ex-marido confessa que degolou mulher e fica solto

Quinta, 08 de fevereiro de 2018

18:41 - No Facebook, foragido critica a Polícia e nega ter matado namorada

10:25 - Ex-marido não aceita fim do relacionamento e mata mulher degolada

Quinta, 01 de fevereiro de 2018

09:53 - Necropsia confirma que jovem foi morta por esganadura na casa do namorado

Quarta, 31 de janeiro de 2018

15:54 - Suspeito de matar namorada asfixiada é procurado e tem histórico criminal

14:07 - Jovem é morta por asfixia na casa do namorado na Capital

Segunda, 08 de janeiro de 2018

17:01 - Homem é preso por agredir, ameaçar e perseguir 'ex-affair' em Cuiabá

Sexta, 01 de dezembro de 2017

16:50 - Idoso mata amante com tiro na cabeça, avisa filhos e está 'foragido'


// leia também

Sábado, 24 de fevereiro de 2018

16:34 - Dupla armada rouba joalheria no shopping Goiabeiras; um escapou

13:28 - Crimes de homicídios reduzem 27% em Mato Grosso no mês de janeiro

11:28 - Algemada, suspeita de morte de personal chega a Cuiabá

11:00 - Assaltante do banco Itaú estava foragido há 7 meses

10:32 - Polícia Civil desarticula quadrilha envolvida em roubos de chácaras e veículos

10:23 - Acusados de ameaçar adolescente de morte são detidos com arma de fogo e munições

09:54 - Rapaz morre após perder controle de motocicleta e bater em poste

08:01 - Três mulheres são atingidas por carro que disputava racha na Prainha

Sexta, 23 de fevereiro de 2018

19:06 - Polícia Militar prende 7 suspeitos de roubo a banco

16:25 - Ladrões invadem agência do Itaú e levam R$ 10 mil e arma de vigilante - veja fotos


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 24/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sábado, 24/02/2018
116961967de356eee6ddd02c7d0c8fb3 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Lei municipal permite que ruas sem saída em Cuiabá sejam fechadas por moradores




Logo_classifacil









Loja Virtual