Pivô de tiroteio em UPA seria membro do PCC e diz que matou membro do CV | Gazeta Digital

Quarta, 14 de fevereiro de 2018, 16h50

longa ficha criminal

Pivô de tiroteio em UPA seria membro do PCC e diz que matou membro do CV

Valquiria Castil, repórter do GD


Reprodução

O presidiário José Edmilson Bezerra Filho, 31, negou que a ação criminosa registrada dentro da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Morada do Ouro, em Cuiabá, que vitimou 5 pessoas, incluindo um bebê de 6 meses, fosse para resgatá-lo. Por sua vez, o delegado Marcelo Jardim, responsável pelas investigações no âmbito da Polícia Civil, afirmou ao Gazeta Digital que trabalha com todas as hipóteses, o que inclui tanto as possibilidades de tentativa de resgate como de execução. 

Com uma extensa ficha criminal e 4 condenações que totalizam 23 anos de prisão, o criminoso relatou, depois do tiroteiro na unidade de saúde, que teria matado um membro da facção criminosa Comando Vermelho (CV) por isso acredita que a ação seria para executá-lo. A informação é do presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (Sindspen-MT), João Batista Pereira de Souza.

“Ele (José) alegou desconhecer o resgate e disse que a ação pode ser em virtude de um homicídio cometido contra uma pessoa do Comando Vermelho, que teria mandado os suspeitos para executar ele”, disse João Batista ao confirmar que o preso seria integrante da fação rival – o Primeiro Comando da Capital (PCC).

Preso no Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), na tarde desta terça, Edmilson reclamou de fortes dores nas costelas e, conforme a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), não há plantão médico nas unidades prisionais nos feriados e fins de semana, os agentes penitenciários tiveram que levá-lo a UPA Morada do Ouro, posto de atendimento mais próximo dos presídios.

Batista afirma com naturalidade que a saída do preso foi monitorada, independente das hipóteses do ataque na UPA. “Celular dentro do sistema penitenciário é a coisa mais corriqueira que existe. Se, por ventura foi uma tentativa de resgate, havia uma comunicação entre o pessoal lá de dentro (do presídio) com os de fora e se foi uma tentativa de homicídio alguém o estava monitorando”, aponta.

José Edmilson responde por crimes de homicídio, tentativa de homicídio, tráfico de drogas, receptação e porte ilegal de arma cometidos em várias cidades, entre elas Rondonópolis, Jaciara, Cáceres, Várzea Grande e Cuiabá.

Uma investigação interna é realizada pela Sejudh para apurar o vazamento da informação de que o preso sairia da unidade prisional, os dados serão repassados à Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), responsável pelo caso.

O delegado Marcelo Jardim é cauteloso e não revela detalhes das investigações. 

No tiroteio na UPA Morada do Ouro ocorrido por volta das 17h30 desta terça-feira (13), feriado de Carnaval, pelo menos 3 criminosos entraram na unidade de saúde atirando e balearam 5 pessoas incluindo um bebê de 6 meses que encontra-se internado num leito de UTI do Hospital e Pronto-Socorro de Cuiabá. O estado de saúde dele é considerado grave. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quinta, 22 de fevereiro de 2018

19:26 - Juiz decreta preventiva de 2 investigados por tiroteio em UPA e libera mulher

12:23 - Polícia investiga 8 suspeitos de envolvimento no tiroteio da UPA

Quarta, 21 de fevereiro de 2018

18:59 - Estado e Prefeitura terão que garantir segurança privada em unidades de saúde

Domingo, 18 de fevereiro de 2018

11:31 - Após tiroteio com 5 feridos, UPA Morada do Ouro não atende mais presidiários

Sábado, 17 de fevereiro de 2018

18:22 - Bebê baleado em tiroteio dentro de UPA sai da UTI, mas projétil continua alojado

Sexta, 16 de fevereiro de 2018

07:53 - Enfermeira baleada teme perder a perna e ainda escuta tiros na cabeça

Quinta, 15 de fevereiro de 2018

08:53 - Ainda traumatizada, testemunha conta detalhes de como foi o tiroteio na UPA

Quarta, 14 de fevereiro de 2018

17:31 - Prefeito diz que invasão na UPA foi 'tragédia anunciada' e culpa Estado

13:29 - Câmera registra fuga de criminosos após tiroteio na UPA Morada do Ouro - veja vídeo

08:55 - É grave estado de saúde do bebê baleado na UPA Morada do Ouro


// leia também

Sábado, 24 de fevereiro de 2018

21:09 - Time do Poconé é furtado dentro da Arena Pantanal

16:34 - Dupla armada rouba joalheria no shopping Goiabeiras; um escapou

13:28 - Crimes de homicídios reduzem 27% em Mato Grosso no mês de janeiro

11:28 - Algemada, suspeita de morte de personal chega a Cuiabá

11:00 - Assaltante do banco Itaú estava foragido há 7 meses

10:32 - Polícia Civil desarticula quadrilha envolvida em roubos de chácaras e veículos

10:23 - Acusados de ameaçar adolescente de morte são detidos com arma de fogo e munições

09:54 - Rapaz morre após perder controle de motocicleta e bater em poste

08:01 - Três mulheres são atingidas por carro que disputava racha na Prainha

Sexta, 23 de fevereiro de 2018

19:06 - Polícia Militar prende 7 suspeitos de roubo a banco


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 25/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 25/02/2018
39b9c063e83a7a7ffb2f5dc9ad998ca8 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Lei municipal permite que ruas sem saída em Cuiabá sejam fechadas por moradores




Logo_classifacil









Loja Virtual