Sem renda, esposa de chefe do CV movimenta quase R$ 1 milhão e atrai polícia | Gazeta Digital

Quarta, 08 de agosto de 2018, 17h25

em apenas 4 meses

Sem renda, esposa de chefe do CV movimenta quase R$ 1 milhão e atrai polícia

Valquiria Castil, repórter do GD


Lenine Martins/Sesp-MT

A loja de fachada usada para lavar dinheiro do CV fica no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande

A movimentação de altos valores por pessoas que não tinham qualquer fonte de renda foi o pontapé inicial das investigações que resultaram na megaoperação Red Money, deflagrada pela Polícia Civil nesta quarta-feira (8) em 9 cidades mato-grossenses contra 94 membros da facção criminosa Comando Vermelho. Uma dessas pessoas é Jeniffer Lemes que movimentou R$ 800 mil em 4 meses.

Ela é proprietária da loja de fachada, J.J. Iformática, localizada no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande e esposa de Jonas Souza Gonçalves Junior, o Batman, um dos principais líderes da organização criminosa que era responsável pelo departamento financeiro e movimentou R$ 52 milhões em 1 ano e meio. Ele é condenado por assalto a agências bancárias.

O fato de Jeniffer não ter fonte de renda e movimentar milhares de reais, assim como outras pessoas que também movimentavam grandes quantias em dinheiro através da empresa chamou atenção da Polícia Civil. Ao todo, Jeniffer movimentou mais de R$ 1,1 milhão dentro do esquema. Ela e o marido estão entre as 83 pessoas que foram presas na operação nesta quarta-feira. De acordo com os delegados que coordenam as diligências, por volta das 15h ainda faltavam cumprir 11 mandados no interior do Estado. 

Leia também - Membros da facção CV movimentam R$ 52 milhões em 44 contas

As investigações foram iniciadas há 15 meses em torno da empresa de fachada usada para lavar dinheiro. Os investigadores logo descobriram que a empresa possuía um capital inicial de R$ 500 mil e pertencia ao Batman.

Marcus Vaillant

Delegado Luiz Henrique coordena núcleo de investigações na Polícia Civil

“No período de 1 ano e 6 meses, houve circulação de montantes entre R$ 5 milhões a R$ 800 mil, dependendo do CPF”, afirmou o delegado coordenador do núcleo de inteligência, Luiz Henrique de Oliveira durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira. 

Dos 260 CPFs investigados que realizaram transações financeiras junto à empresa, 180 foram identificados como pertencentes a criminosos ou parentes próximos. Conforme o delegado, nenhuma das movimentações e pessoas identificadas tinham ligação com o objeto social da empresa, ao contrário das pessoas que realizaram transações com o estabelecimento.

Ao lado da empresa, outras contas bancárias foram identificadas e definido um “núcleo de liderança”, no que se refere à movimentação financeira da facção criminosa.

A partir disso, a Polícia Civil chegou ao líder da facção, com papel de comando na parte financeira. Trata-se de Francisco Soares Lacerda, o Brasília, que utilizou-se, principalmente, da esposa para movimentação ilícita e aquisição patrimonial. A esposa de Brasília, que não teve o nome divulgado, foi quem mais movimentou dinheiro na conta, durante toda a investigação foram mais de R$ 5,3 milhões. 

Reprodução

 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Segunda, 13 de agosto de 2018

18:07 - Polícia sequestra fazenda de R$ 7 milhões da facção Comando Vermelho

Sexta, 10 de agosto de 2018

10:25 - Homem é preso por ameaçar juiz que mandou prender esposa integrante do CV

Quarta, 08 de agosto de 2018

12:32 - Membros da facção CV movimentam R$ 52 milhões em 44 contas

07:13 - Megaoperação prende 94, sequestra fazenda e bens do Comando Vermelho

Quarta, 01 de agosto de 2018

11:31 - Polícia indicia 56 criminosos integrantes da facção Comando Vermelho

Terça, 31 de julho de 2018

09:04 - Juiz condena dois envolvidos em 'salve' do Comando Vermelho

Segunda, 30 de julho de 2018

09:35 - Mato Grosso não renova efetivo nas penitenciárias há 8 anos

07:36 - Investigação sobre decapitações avançam na Delegacia de Homicídios

Quarta, 04 de julho de 2018

17:25 - Áudios mostram ordens de facção para matar agentes penitenciários - ouça

09:25 - Polícia Civil prende 121 integrantes de organização criminosa


// leia também

Quarta, 15 de agosto de 2018

15:13 - Polícia encontra 19 mudas de maconha e área de 50m² para cultivo em zona rural

14:30 - Polícia recupera pitbull e eletrônicos levados em roubo à chácara na Capital

13:26 - Homem invade apartamento, obriga jovem a praticar sexo oral e acaba preso

10:17 - Homem é preso por abusar da filha de 9 anos em MT e outras 3 vítimas no Paraná

09:46 - Atraído por emboscada, caminhoneiro é sequestrado e mantido refém em hotel

08:22 - Cadáver de mulher morta a facadas é encontrado em decomposição

Terça, 14 de agosto de 2018

14:41 - Irmãs denunciam padrasto e avô por estupro

13:54 - Ladrão atrapalhado atira na própria virilha antes de praticar roubo e morre

11:47 - Homem é esfaqueado nas costas por dívida

10:32 - Bandido morre após troca de tiros em Cuiabá


 veja mais
GDEnem

Cuiabá, Quarta, 15/08/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 15/08/2018
Dcb362fa6df370b7d120182d5bfb19db anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Qual sua opinião sobre os debates com candidatos na TV e rádio?




Logo_classifacil









Loja Virtual