Terça, 10 de janeiro de 2017, 09h13

'Crise socioeconômica'

Parlamento declara abandono de cargo por Nicolás Maduro

Ansa


R7

A Assembleia Nacional da Venezuela, que é dominada pela oposição, aprovou por 106 votos nesta segunda-feira (9) a declaração de "abandono de cargo" por parte do presidente Nicolás Maduro.

Segundo os parlamentares, o mandatário é o responsável pela "completa crise socioeconômica" que atinge a nação e pela "ruptura da ordem constitucional e democrática".

"Aprovado o acordo de declaração de abandono de cargo do presidente da República por parte de Nicolás Maduro com a qual se exige uma saída eleitoral para a crise", disse o chefe do Parlamento, Julio Borges.

A decisão foi rechaçada pelos apoiadores do presidente, que argumentaram que as medidas aprovadas pela Assembleia são "ilegais" porque não acatam decisões do Tribunal Supremo de Justiça.

 



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 25 de abril de 2017

09:33 - Número de mortos nos protestos na Venezuela sobem para 26, diz agência

Sexta, 21 de abril de 2017

11:55 - Venezuela registra nova morte durante protestos, diz prefeito

Quinta, 20 de abril de 2017

14:48 - Oposição venezuelana volta às ruas após protestos que terminaram com 3 mortes

10:36 - Europa pede investigações sobre mortes na Venezuela

09:14 - Oposição venezuelana convoca novas manifestações para esta quinta-feira

Quarta, 19 de abril de 2017

17:20 - Polícia dispersa manifestação em Caracas

Terça, 18 de abril de 2017

16:20 - Entrada de venezuelanos impacta sistema de saúde de Roraima, aponta levantamento

08:31 - Entidade da ONU alerta para risco de conflito armado na Venezuela

Segunda, 17 de abril de 2017

09:18 - Deputados venezuelanos denunciam tortura contra opositores presos

Quinta, 13 de abril de 2017

08:39 - Mais dois manifestantes morrem durante protesto contra Maduro


// leia também

Sexta, 28 de abril de 2017

17:39 - Polícia do Paraguai detém e entrega ao Brasil três supostos membros do PCC

16:15 - Acidentes de trabalho matam 2,3 milhões de pessoas por ano no mundo, diz OIT

15:33 - Secretário de Estado dos EUA critica ONU por não impor sanções à Coreia do Norte

09:02 - Liberdade de imprensa no mundo está em seu pior nível em 13 anos

08:58 - Trump alerta para possibilidade de grande conflito com Coreia do Norte

Quinta, 27 de abril de 2017

17:00 - Israel e Estados Unidos discutem visita potencial de Trump a Jerusalém

15:30 - Explosão em lanchonete causa pânico na França

15:20 - Papa diz que vai ao Egito como 'peregrino da paz'

15:15 - China vê 'mudança de tom' dos Estados Unidos para com a Coreia do Norte

10:11 - Navio militar russo naufraga após choque na costa da Turquia


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 29/04/2017
 

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Sábado, 29/04/2017
6637d166db2af4ee95c6d595829972c2 anteriores




Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O desemprego subiu no Brasil este ano e já atinge 14,2 milhões de pessoas. Na sua opinião, a crise vai demorar a passar?



Logo_classifacil









Loja Virtual