Parlamento declara abandono de cargo por Nicolás Maduro | Gazeta Digital

Terça, 10 de janeiro de 2017, 09h13

'Crise socioeconômica'

Parlamento declara abandono de cargo por Nicolás Maduro

Ansa


R7

A Assembleia Nacional da Venezuela, que é dominada pela oposição, aprovou por 106 votos nesta segunda-feira (9) a declaração de "abandono de cargo" por parte do presidente Nicolás Maduro.

Segundo os parlamentares, o mandatário é o responsável pela "completa crise socioeconômica" que atinge a nação e pela "ruptura da ordem constitucional e democrática".

"Aprovado o acordo de declaração de abandono de cargo do presidente da República por parte de Nicolás Maduro com a qual se exige uma saída eleitoral para a crise", disse o chefe do Parlamento, Julio Borges.

A decisão foi rechaçada pelos apoiadores do presidente, que argumentaram que as medidas aprovadas pela Assembleia são "ilegais" porque não acatam decisões do Tribunal Supremo de Justiça.

 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Domingo, 20 de agosto de 2017

11:12 - Suspensão do Mercosul deve piorar economia da Venezuela

Sexta, 18 de agosto de 2017

20:55 - Países fundadores do Mercosul não reconhecem Constituinte venezuelana

17:51 - Assembleia Constituinte decide assumir poderes do Parlamento da Venezuela

Quinta, 17 de agosto de 2017

23:00 - Procurador-geral da Venezuela acusa antecessora por mortes

09:31 - Polícia acredita que ladrões roubaram animais de zoológico para comê-los

Quarta, 16 de agosto de 2017

20:57 - Comissão da Verdade da Venezuela decidirá quem poderá se candidatar

Segunda, 14 de agosto de 2017

17:23 - Apoiadores de Maduro fazem manifestação contra discurso de Trump na Venezuela

Sexta, 11 de agosto de 2017

09:48 - Maduro propõe 25 anos de prisão para quem sair às ruas para expressar ódio

Quinta, 10 de agosto de 2017

21:30 - Ataques 'terroristas' deixam 7 milhões de venezuelanos sem telefonia móvel

Terça, 08 de agosto de 2017

09:56 - Governo Maduro e suas milícias foram responsáveis por ao menos 73 mortes


// leia também

Segunda, 21 de agosto de 2017

12:58 - Eclipse total do sol se torna um negócio lucrativo nos EUA

12:25 - Polícia confirma nome de motorista da van de atentado em Barcelona

10:28 - Embaixada dos EUA na Rússia suspende emissão de vistos de não-imigrantes

09:55 - Navio da marinha americana colide perto de Cingapura e deixa 10 desparecidos

09:49 - Motorista avança contra pontos de ônibus e deixa um morto em Marselha

Domingo, 20 de agosto de 2017

17:00 - Polícia espanhola continua busca por terrorista foragido após atentados

16:00 - EI usou empresas em Gales para enviar material militar à Espanha

10:42 - Iraque lança ofensiva para retomar cidade de Tal Afar do Estado Islâmico

09:30 - Descarrilamento de trem deixa pelo menos 23 mortos na Índia

09:21 - Governo brasileiro e ONU repudiam atentado na Finlândia


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 21/08/2017
 

Sebrae

Facebook Instagram
GDEnem

Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 21/08/2017
354ec85b26a24fd8fd58dbc3c8bfd0ec anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O Estatuto da Criança e Adolescente completa 27 anos.




Logo_classifacil









Loja Virtual