Terça, 10 de janeiro de 2017, 11h12

Governo Obama tenta assegurar acordo com Irã


Estadao

Autoridades dos Estados Unidos, Europa e Irã se encontram nesta terça-feira em Viena, no que é visto como a última oportunidade para o governo do presidente Barack Obama impulsionar as chances de sobrevivência do acordo nuclear iraniano com seus parceiros antes da chegada de Donald Trump à Casa Branca.

Nos últimos meses, a Comissão aprovou a isenção de alguns materiais do programa nuclear e buscou tomar medidas para impedir que regime de Teerã não viole os acordos em outros materiais, como o urânio e a água pesada.

Durante a campanha norte-americana, no ano passado, Trump atacou repetidas vezes o acordo, um dos principais legados de política externa de Obama. Após as eleições de 8 de novembro, autoridades do atual governo afirmam que eles buscavam maneiras de assegurar que ele não seja desfeito pelo próximo presidente.

Entre os assuntos a ser discutido na reunião desta terça-feira, estão reclamações sobre a decisão do Congresso norte-americano de estender sanções não relacionadas ao programa nuclear ao Irã.

O encontro também deve decidir sobre a importação de urânio não enriquecido ao Irã, que não pode ser utilizado, pelo menos nesta forma, para o programa nuclear. Autoridades norte-americanas afirmam que o Irã pode utilizar o material - importado da Rússia - para abastecer a usina de Bushehr. O país também precisa concordar com medidas de supervisão do material pelos próximos 25 anos. 



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 21 de fevereiro de 2017

17:15 - Programa Diálogo Brasil analisa primeiro mês de Trump na Casa Branca

09:25 - Trump escolhe estrategista militar para a Segurança Nacional

Segunda, 20 de fevereiro de 2017

16:36 - Novo decreto anti-imigração de Trump iria visar os mesmos países

Sexta, 17 de fevereiro de 2017

16:00 - Trump nega planejar busca por imigrantes ilegais com uso de tropas

15:27 - EUA espionaram eleições da França em 2012, diz Wikileaks

09:34 - Conexão com Rússia aumenta pressão sobre Trump, que radicaliza discurso

Quinta, 16 de fevereiro de 2017

17:10 - Embaixadora dos EUA na ONU apoia solução de dois Estados na Palestina

12:06 - Estado do Texas defende decreto de Trump contra imigrantes

09:18 - EUA voltam a permitir que doentes mentais comprem armas

Quarta, 15 de fevereiro de 2017

16:16 - Trump afirma que Israel e Palestina são quem devem negociar acordo de paz


// leia também

Terça, 21 de fevereiro de 2017

16:40 - Corpos de 74 imigrantes são encontrados em praias da Líbia

15:40 - Ex-agente da CIA detida em Portugal será extraditada para Itália

09:35 - Cerca de 1,4 milhão de crianças correm risco de morrer por desnutrição

Segunda, 20 de fevereiro de 2017

15:49 - Em quatro dias, 850 migrantes entraram na Espanha pelo norte da África

15:26 - Venda de armas aumentou no mundo, mostra relatório internacional

11:22 - Iraque inicia ofensiva para capturar periferia de Mosul do Estado Islâmico

11:19 - Theresa May pede que parlamentares não atrasem Brexit

08:42 - Eleitores de candidatos da oposição temem fraude em apuração de votos

08:34 - Parcial da apuração no Equador indica que haverá segundo turno

Domingo, 19 de fevereiro de 2017

12:59 - Equador tem eleições para escolher sucessor de Rafael Correa


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 22/02/2017
 

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Quarta, 22/02/2017
295ebffc570a5d07aa0347a18a3d8118 anteriores




Rádios ao vivo
  • cbn
  • cbn
Indicadores Financeiros
Dólar Comercial 3,0888 +0,03%
Ouro - BM&F (à vista) 122,40 -0,33%
+ veja mais
Mercado Agropecuário
Boi Gordo @ 126,00
Soja - saca 60 kg 64,50
+ veja mais
Mais Lidas Enquete

Como avalia a mobilização para anular todos os atos jurídicos originados da Operação Sodoma, que resultou na prisão do ex-governador Silval Barbosa e de ex-secretários de MT?



Logo_classifacil