Trump rebate alegações comprometedoras | Gazeta Digital

Quarta, 11 de janeiro de 2017, 11h05

Trump rebate alegações comprometedoras


Estadao

O presidente eleito dos EUA, Donald Trump, voltou a rebater as alegações de um dossiê russo com material comprometedor sobre ele, questionando ‘se estamos vivendo na Alemanha nazista‘.

Em seu Twitter, Trump comentou o fato de a Rússia ter negado que possua tal dossiê. ‘A Rússia nunca tentou usar sua influência sobre mim. Eu não tenho nada feito com a Rússia - nenhum negócio, nenhum empréstimo, nada!‘

Trump disse ainda que ganhou a eleição com facilidade, ‘um grande movimento comprovado, e os oponentes e os oponentes desonestos tentam minimizar nossa vitória com notícias falsas. Um estado lamentável!‘.

Segundo ele, as agências de inteligência ‘nunca deveriam ter permitido que esta falsa notícia ’escapasse’ para o público. Um último tiro em mim. Estamos vivendo na Alemanha nazista?‘, acrescentou.

Nesta quarta-feira, a Rússia negou nesta quarta-feira que tenha material comprometedor sobre o presidente eleito nos EUA, Donald Trump, chamando um dossiê de alegações não comprovadas de ‘absoluta fabricação‘ e uma tentativa de danificar as relações entre os EUA e a Rússia.

Ontem, a rede CNN divulgou que chefes das agências de inteligência dos EUA informaram na semana passada ao presidente eleito Donald Trump que espiões russos acreditam ter dados pessoais e financeiros comprometedores contra ele. O alerta foi repassado também ao presidente dos EUA, Barack Obama. No entanto, a veracidade das alegações não foi comprovada.

Ainda na terça-feira, Trump disse no Twitter que as notícias são falsas e ‘uma caça às bruxas total‘. Os dados foram apresentadas em uma sinopse de duas páginas anexada ao relatório sobre a interferência russa na eleição de 2016. Os chefes de inteligência decidiram incluir a sinopse para demonstrar que a Rússia compilou informações potencialmente prejudiciais aos dois partidos, mas só divulgou informações contra Hillary Clinton e os democratas. 



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quinta, 22 de junho de 2017

15:33 - Trump diz que não tem gravações de suas conversas com ex-diretor do FBI

Quarta, 21 de junho de 2017

14:04 - Aeroporto dos EUA é evacuado após agente ser esfaqueado

Terça, 20 de junho de 2017

13:51 - Vazam na web dados pessoais de 60% da população dos EUA

Quarta, 14 de junho de 2017

14:51 - Funcionário abre fogo contra empresa e mata pelo menos 2

Terça, 13 de junho de 2017

11:30 - Nos EUA, epidemia das drogas levou a 900 mil detenções

09:38 - O resgate de uma mulher encontrada 'presa como um cachorro' em contêiner

Segunda, 12 de junho de 2017

15:11 - Tribunal de apelações dos EUA mantém veto a decreto anti-imigração de Trump

09:37 - Trump será processado por receber verbas do exterior em suas empresas

Sexta, 09 de junho de 2017

16:02 - Trump pode processar ex-diretor do FBI por 'mentir' em audiência

15:45 - Trump pede ao Catar para interromper financiamento ao terrorismo


// leia também

Quinta, 22 de junho de 2017

16:09 - França aprova polêmico projeto de lei antiterrorista

16:01 - Cerca de 5% da população mundial consumiu drogas em 2015, diz ONU

11:03 - Maduro troca ministros na Venezuela, de olho na Assembleia Constituinte

10:52 - Carro-bomba mata pelo menos 29 no sul do Afeganistão

10:49 - Portugal contém segundo incêndio, após o primeiro deles matar 64 pessoas

09:50 - Primeira-ministra britânica abandona promessas iniciais e desiste de ruptura

09:21 - Em meio a polêmica, China inaugura festival de carne de cachorro

Quarta, 21 de junho de 2017

16:30 - Bombeiro contesta versão do governo e diz que incêndio foi criminoso

16:01 - ONU diz que população mundial chegará a 8,6 bilhões de pessoas em 2030

15:03 - Diplomata russo liderará novo escritório antiterrorismo das Nações Unidas


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 23/06/2017
 

GD Empregos

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 23/06/2017
0e26a7004db19d837857c0eed1551706 anteriores




Indicadores Econômicos

Indicadores Agropecuário

Mais Lidas Enquete

Segundo a ONU a população mundial chegará a 8,6 bilhões até 2030, um aumento de 1 bilhão de pessoas em 13 anos.




waze

Logo_classifacil









Loja Virtual