Trump reconhecerá Jerusalém como capital de Israel e levará embaixada para lá | Gazeta Digital

Quarta, 06 de dezembro de 2017, 11h00

Mundo

Trump reconhecerá Jerusalém como capital de Israel e levará embaixada para lá


Agência Brasil

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, anunciará nesta quarta-feira (6) o reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel e determinará a transferência da embaixada, que agora está em Tel Aviv. A informação é de altos funcionários do governo, que pediram anonimato.

Reprodução Internet

Trump reconhece, no entanto, "que as fronteiras específicas da soberania israelense em Jerusalém estarão sujeitas a negociações de status final" com os palestinos, e diz que seguirá apoiando o "status quo no Monte do Templo", situado na parte palestina da cidade, disse um dos funcionários.

Em discurso programado para as 13h (horário local, 16h de Brasília) de hoje, Trump determinará ao Departamento de Estado que "comece o processo" de transferência da embaixada americana em Israel para Jerusalém, lembrando que esse processo levará "anos", explicou a fonte.

"Há cerca de mil pessoas trabalhando na embaixada em Tel Aviv, e não temos instalações que possam acomodá-las em Jerusalém. Levará tempo para encontrar um lugar, se certificar de que é seguro, projetar uma nova embaixada e construí-la", completou.

"Hoje em dia, nenhuma embaixada americana pode ser construída em qualquer lugar do mundo em menos de três ou quatro anos. Esse será o caso também" em Jerusalém, disse outro alto funcionário.

Os Estados Unidos se tornarão, assim, o único país do mundo que reconhece Jerusalém como capital de Israel, onde nenhuma nação tem sua embaixada. Na anexação israelense da parte oriental da cidade em 1980, a ONU chamou a comunidade internacional para retirar suas legações da Cidade Santa.

Embora Israel considere Jerusalém como a capital, a soberania do país sobre a parte oriental da cidade (Jerusalém Oriental) não é reconhecida por grande parte da comunidade internacional, e os palestinos querem estabelecer a sede do futuro estado.

A Casa Branca considera essa decisão "o reconhecimento de uma realidade histórica - Jerusalém foi a capital do Estado judeu desde a antiguidade - porque foi a sede do governo israelense desde a fundação moderna desse Estado em 1948", afirmou um funcionário.

"O presidente acredita que este é o momento adequado e o passo certo a tomar, especialmente no que diz respeito à sua esperança de conseguir um acordo de paz", afirmou outra fonte.

A Casa Branca não acredita que o anúncio possa prejudicar as perspectivas de um processo de paz na região, mesmo que os palestinos tenham alertado sobre as "graves repercussões" que essa medida teria no futuro das suas "estancadas" negociações com Israel.

"A localização física da embaixada dos Esrados Unidos não é um impedimento para a paz", assegurou o funcionário. "Esta é uma mudança para uma política de ambiguidade (sobre onde a embaixada dos EUA em Israel deveria ser) que não funcionou durante os últimos 22 anos", desde que o Congresso aprovou, em 1995, lei para iniciar a transferência para Jerusalém, acrescentou.

Devido ao tempo que levará para transferir a embaixada para Jerusalém, Trump assinará, nesta quarta, uma ordem que lhe permita adiar por mais seis meses a aplicação dessa lei de 1995, que até agora nenhum presidente americano implementou. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 17 de julho de 2018

11:38 - Após fim de acordo nuclear, Irã está 'caindo aos pedaços', diz Trump

Segunda, 16 de julho de 2018

09:02 - Trump culpa 'estupidez americana' por péssima relação com a Rússia

Sábado, 14 de julho de 2018

10:16 - EUA prometem divulgar lista de imigrantes ilegais separados dos filhos

Quinta, 12 de julho de 2018

11:55 - 46 crianças menores de 5 anos seguem separadas das famílias

Terça, 10 de julho de 2018

12:30 - Solução para imigração é que ninguém venha ao meu país ilegalmente, diz Trump

Quarta, 04 de julho de 2018

11:14 - Idosa é acusada de ter matado filho que queria levá-la para asilo nos EUA

Sábado, 30 de junho de 2018

09:09 - Aumenta o número de crianças brasileiras detidas nos EUA

Quarta, 27 de junho de 2018

10:18 - Juiz dá prazo de 30 dias para governo reunir famílias e crianças nos EUA

10:03 - Justiça dá a Trump aval definitivo para barrar viajantes de 5 países islâmicos

Terça, 26 de junho de 2018

12:00 - Vice de Trump discutirá no Brasil uso de base militar, Venezuela e imigração


// leia também

Terça, 17 de julho de 2018

16:07 - Suposto serial killer é preso em Houston após surto de violência

16:01 - Aceito a conclusão a respeito da interferência da Rússia na eleição, diz Trump

12:30 - Política vai definir como será realizada a Copa do Mundo do Catar em 2022

Segunda, 16 de julho de 2018

17:15 - Russa é presa em Washington acusada de tentar influenciar políticos

12:50 - EUA vai à OMC contra UE, China, Canadá, México e Turquia por retaliação

10:59 - Acidentes durante festejos da Copa do Mundo deixam dois mortos na França

Domingo, 15 de julho de 2018

18:00 - Universidades de Portugal disputam estudantes brasileiros

17:00 - Contra França, PSDB barra até projeto de Alckmin na Assembleia

16:00 - Sobre Brexit, Trump me aconselhou a processar a União Europeia, diz May

15:10 - Alemanha vai receber 50 dos 450 imigrantes resgatados de pesqueiro pela Itália


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 18/07/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 18/07/2018
93ae6ae9690a2b7358a5399642de1263 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

A apreensão de material do jogo do bicho e a liberdade de Arcanjo têm alguma ligação?




Logo_classifacil









Loja Virtual