Médico é condenado a até 175 anos de prisão após abusar de ginastas nos EUA | Gazeta Digital

Quarta, 24 de janeiro de 2018, 16h31

mundo

Médico é condenado a até 175 anos de prisão após abusar de ginastas nos EUA


Estadao

Depois de uma semana de julgamento e sentidos depoimentos de mais de 150 ginastas, o ex-médico da Federação de Ginástica dos Estados Unidos (USA Gymnastics) Larry Nassar conheceu nesta quarta-feira sua sentença. Ele foi condenado a até 175 anos de prisão por abusar sexualmente de atletas, a maior parte delas menor de idade.

Getty Images

Ele foi condenado a até 175 anos de prisão

O julgamento era referente a sete dos seus crimes cometidos em Michigan, todos de abuso, mas a juíza Rosemarie Aquilina permitiu que todas as ginastas abusadas por Nassar comparecessem para prestar depoimento. O resultado foi longas e comoventes audiências, que tomaram conta do noticiário dos Estados Unidos até esta quarta.

Desde o início, a juíza Aquilina se mostrou disposta a fazer Nassar pagar por seus crimes. E nesta quarta-feira, admitiu a satisfação com a condenação. ‘Você não fez nada para merecer sair da prisão novamente. Eu acabei de assinar sua pena de morte‘, declarou.

Nassar, de 54 anos, já havia se declarado culpado por abusar de sete pessoas na região de Lansing, mas foram liberados os depoimentos de todas aquelas que quisessem acusá-lo no julgamento desta semana. Inicialmente, cerca de 80 mulheres iriam falar em três dias, mas novas vítimas foram aparecendo. No total, foram 158 testemunhos em sete dias de audiência.

Após as acusações iniciais de Rachael Denhollander, primeira pessoa a tornar públicas as acusações contra Nassar, mais e mais ginastas ganharam voz contra o médico, incluindo campeãs olímpicas pelos Estados Unidos, como Simone Biles, Gabby Douglas, Aly Raisman, Jordyn Wieber e McKayla Maroney.

Estas mulheres narraram que o médico as tocava com as mãos, sem qualquer justificativa, quando estavam na maca de exames. Elas eram menor de idade quando os crimes aconteceram e explicaram que não se manifestavam na época por confiarem em Nassar, por se negarem a aceitar o que ocorrera ou por medo de fazer uma denúncia.

O próprio Nassar já havia sido condenado em dezembro do ano passado a 60 anos de prisão por posse de pornografia infantil. Diante de tantas evidências e do comportamento do médico nos últimos anos, a juíza Aquilina não mediu palavras ao criticá-lo nesta quarta.

‘É uma honra e um privilégio condená-lo. Você é um perigo, continua sendo um perigo‘, afirmou. ‘Estou considerando o impacto de todos os depoimentos, não apenas das sete mulheres relacionadas às acusações. Não era medicina o que você fazia, não era um tratamento. Você não é um médico. Não mandaria meus cachorros para você. Você sabia que tinha um problema desde jovem, antes de virar um médico. Isso está claro para mim. Você poderia ter se afastado da tentação, mas não o fez. Sua decisão de molestar foi precisa, calculada, desonesta, desprezível.‘

Ao longo da semana, Nassar criticou a abertura dada para que todas as ginastas falassem no julgamento e acusou Aquilina de transformar o processo em um ‘circo midiático‘, mas foi duramente repreendido pela juíza. ‘Você pode achar duro estar aqui escutando, mas nada é mais difícil do que aquilo que suas vítimas encararam por milhares de horas nas suas mãos.‘

Nesta quarta, Nassar mudou a postura e se disse arrependido de suas ações. ‘Suas palavras nos últimos sete dias tiveram um impacto significativo em mim, me abalaram muito, me estremeceram até a espinha. Não tenho palavras para dizer o quanto estou arrependido. Vou carregar suas palavras pelo resto dos meus dias‘, afirmou.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 20 de fevereiro de 2018

16:49 - Suprema Corte dos EUA rejeita dois recursos de defensores de armas

Sábado, 17 de fevereiro de 2018

13:00 - Lavrov chama indiciamento no caso das eleições dos EUA de 'conversa fiada'

09:35 - Ministro alemão critica slogan de Trump e pede cooperação entre UE e EUA

Quinta, 15 de fevereiro de 2018

15:27 - Trump pede a senadores criação de 'sistema de imigração baseado em méritos'

Terça, 13 de fevereiro de 2018

12:00 - EUA advertem UE contra protecionismo no mercado de defesa

11:06 - Senadores preveem embate duro sobre projeto de imigração nos EUA

Segunda, 12 de fevereiro de 2018

16:32 - Washington não vai mais ser empecilho, diz Trump sobre plano de infraestrutura

Sexta, 09 de fevereiro de 2018

16:08 - Trump defende secretário afastado por acusação de agredir ex-esposas

15:06 - Trump assina Orçamento e exalta verbas militares dos EUA

Quarta, 07 de fevereiro de 2018

16:19 - Líderes no Senado dos EUA anunciam acordo de 2 anos para orçamento


// leia também

Sábado, 24 de fevereiro de 2018

16:00 - Empresas cortam relações com associação de rifles dos EUA

10:30 - Ataques perto de Damasco, na Síria, deixam três mortos e mais de dez feridos

09:17 - Onda de ataques no Afeganistão deixa ao menos 25 mortos

Sexta, 23 de fevereiro de 2018

18:00 - Conama não estipula prazo para despoluição de ar no Brasil

16:37 - OEA condena convocação de eleições na Venezuela

16:29 - Cientistas alemães conseguem avanços na luta contra a malária

10:37 - Estudante com sonambulismo entra em escola de madrugada e chama a polícia

09:07 - Rússia ignora resolução que pedia cessar-fogo na Síria para ajuda humanitária

Quinta, 22 de fevereiro de 2018

22:15 - Conselho de Segurança da ONU estuda emendas russas para trégua na Síria

16:26 - Papa adverte sobre obsessão de jovens em receber 'curtidas' na internet


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 24/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sábado, 24/02/2018
116961967de356eee6ddd02c7d0c8fb3 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Lei municipal permite que ruas sem saída em Cuiabá sejam fechadas por moradores




Logo_classifacil









Loja Virtual