EI está se enfraquecendo, mas segue sendo ameaça global, aponta a ONU | Gazeta Digital

Quinta, 08 de fevereiro de 2018, 16h04

debilitado

EI está se enfraquecendo, mas segue sendo ameaça global, aponta a ONU


Agência Brasil

As derrotas militares no Iraque e na Síria debilitaram fortemente o Estado Islâmico (EI), mas o grupo jihadista está se adaptando e segue sendo uma ameaça em escala global, alertou nesta quinta-feira (8) a Organização das Nações Unidas. A informação é da Agência EFE.

Portal Conservador

"A luta contra o EI está entrando em uma nova fase", explicou o responsável da luta antiterrorista da ONU, Vladimir Voronkov, em audiência perante o Conselho de Segurança das Nações Unidas, onde apresentou o último relatório elaborado pela organização sobre o grupo terrorista e sobre as medidas que foram colocadas em andamento para combatê-lo.

Segundo a ONU, apesar dos "significativos revezes militares" que o EI sofreu no ano passado no Iraque, na Síria e nas Filipinas, "o grupo e as suas filiais seguem sendo uma ameaça importante e mutável ao redor do mundo".

A organização jihadista, explicou Voronkov, já não está centrada em conquistar ou controlar territórios, mas em operações de menor escala em mãos de um grupo de pessoas muito motivadas e capazes de inspirar, facilitar e fazer ataques. "Agora (o EI) está organizado como uma rede global, com menos controle operativo sobre suas filiais", apontou o especialista.

Segundo a ONU, é difícil calcular o número de combatentes estrangeiros do grupo terrorista que ainda restam no Iraque e na Síria, mas o fluxo de chegada dos mesmos diminuiu. Um dos desafios, lembrou, é agora o dos membros do EI que retornam aos seus países de origem ou que se transferem a outra região.

Menos recursos

Segundo Voronkov, a capacidade do grupo para gerar dinheiro também foi debilitada, sobretudo ao perder o controle de reservas de gás e petróleo na Síria. O cálculo da ONU é que os investimentos do EI tenham caído mais de 90% desde 2015. No entanto, os jihadistas seguem obtendo fundos graças à extorsão e continuam financiando seus simpatizantes em diferentes lugares do mundo.

As filiais do grupo no Egito, Líbia, Mali e Somália, entre outros locais, continuam sendo ameaças importantes. Na Ásia, apesar ser alvo de operações militares, o EI segue tendo capacidade para organizar grandes ataques no Afeganistão, disse o responsável da ONU. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sábado, 06 de janeiro de 2018

15:00 - ONU condena atentado em Cabul; total de mortos sobe para 15

Terça, 02 de janeiro de 2018

16:00 - Em mensagem para 2018, secretário-geral da ONU pede união dos povos

Quarta, 20 de dezembro de 2017

16:25 - Armas nucleares estão no topo de preocupações com paz e segurança, diz ONU

Terça, 19 de dezembro de 2017

15:22 - União Europeia tem urgência na implementação da Agenda 2030 na ONU

Quinta, 07 de dezembro de 2017

15:15 - Tiroteio em escola do Novo México deixa ao menos 3 mortos

Segunda, 04 de dezembro de 2017

10:21 - ONU quer recorde de US$ 22,5 bilhões para ajuda humanitária em 2018

Quarta, 29 de novembro de 2017

20:11 - Fórum denuncia genocídio de negros brasileiros a conselho da ONU

Sábado, 18 de novembro de 2017

09:48 - Conferência do clima deixa muito para 2018

Segunda, 13 de novembro de 2017

16:05 - ONU insiste para que setor financeiro contribua no combate à mudança climática

Domingo, 12 de novembro de 2017

11:22 - Diretor de órgão ligado à ONU defende aumento da licença maternidade


// leia também

Quinta, 22 de fevereiro de 2018

22:15 - Conselho de Segurança da ONU estuda emendas russas para trégua na Síria

16:26 - Papa adverte sobre obsessão de jovens em receber 'curtidas' na internet

16:19 - Chanceler da Itália pede solução para caso Battisti

11:22 - Trump sinaliza disposição para rever legislação sobre posse de armas

Quarta, 21 de fevereiro de 2018

15:51 - Venezuela começa a vender sua criptomoeda, a 'Petro'

15:40 - Entenda os escândalos envolvendo o primeiro-ministro de Israel

12:54 - Casos de sarampo na Europa aumentam 400% em um ano, diz OMS

10:21 - Após divórcio, homem incendeia casa um dia antes de entregá-la à ex-mulher

10:05 - Trump fala em mudanças de regras sobre armas nos Estados Unidos

Terça, 20 de fevereiro de 2018

16:49 - Suprema Corte dos EUA rejeita dois recursos de defensores de armas


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 23/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 23/02/2018
A2e8b51001c64082e6766c7843812b80 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Boa parte de Cuiabá está infestada pelo mosquito aedes aegypti




Logo_classifacil









Loja Virtual