Trump defende secretário afastado por acusação de agredir ex-esposas | Gazeta Digital

Sexta, 09 de fevereiro de 2018, 16h08

não sabia sobre acusações

Trump defende secretário afastado por acusação de agredir ex-esposas


R7

Em entrevista nesta sexta-feira (9), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que não sabia sobre as acusações contra o ex-secretário de gabinete da Casa Branca, Rob Porter.

Reprodução

Trump disse que não sabia sobre as acusações contra o ex-secretário de gabinete da Casa Branca, Rob Porter.

O assessor se desligou do governo na quarta-feira, após suas duas ex-esposas darem entrevistas à imprensa norte-americana relatando que Porter as agrediu durante os respectivos casamentos. O presidente, no entanto, pareceu acreditar mais nas palavras dele.

"Soube recentemente do que aconteceu e lamento muito, mas certamente desejo o melhor a ele, que está passando por um período difícil. Ele trabalhou muito bem quando estava na Casa Branca, e terá uma carreira maravilhosa pela frente. Foi muito triste saber disso tudo e ele está muito triste agora. Ele também diz que é inocente, acho que vocês precisam se lembrar disso. Ontem ele disse com muita veemência que é inocente", disse Trump, segundo a imprensa norte-americana.

O incidente está afetando intensamente não só a imagem da Casa Branca, mas a do chefe de gabinete de Trump, John Kelly. Nesta sexta, o Washington Post noticiou que Kelly tentou mudar mais uma vez a versão dos fatos sobre o caso Porter.

Em uma reunião de equipe na Casa Branca, John Kelly teria dito aos funcionários que mandou afastar Porter do governo apenas 40 minutos após descobrir as denúncias de suas ex-esposas. O que não é verdade.


Logo após a divulgação das denúncias na terça-feira, Kelly divulgou um comunicado em que afirma que Rob Porter "é um homem de honra e verdadeira integridade e não posso elogiá-lo o suficiente. Ele é um amigo, um confidente e um profissional em quem confio. Tenho orgulho em trabalhar a seu lado".

Na quarta, quando foi publicada uma foto de Colbie Holderness, primeira esposa de Porter, com o olho roxo após levar um soco do então marido, o então secretário de gabinete deixou o cargo. Sara Sanders, porta-voz da Casa Branca, chegou a dizer no dia que Rob Porter tinha tomado a decisão de se afastar, mesmo tendo apoio de seus superiores.

Segundo o Post, funcionários da Casa Branca estão incrédulos com as mudanças de narrativa de Kelly, e o chefe de gabinete começa a ser mais questionado.

Rob Porter foi o 37º funcionário de alto escalão a deixar a administração Trump em 13 meses de governo. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quarta, 23 de maio de 2018

16:57 - Espionagem eleitoral pode ser 'um dos maiores escândalos' dos EUA, diz Trump

Terça, 22 de maio de 2018

17:00 - Polícia é acionada para ajudar homem perseguido por porco nos EUA

13:15 - Vice-secretário norte-americano tem reuniões em Brasília

12:21 - Trump amplia exigências ao Irã, depois de romper acordo nuclear

Domingo, 20 de maio de 2018

12:30 - Guerra comercial com China está 'em suspenso', mas pode haver tarifas, dizem EUA

11:36 - Sobe para 13 o número de feridos em tiroteio em escola no Texas

10:38 - Não foi encontrado qualquer sinal de conluio com Rússia na campanha, diz Trump

Sexta, 18 de maio de 2018

18:00 - EUA aprovam primeiro medicamento desenvolvido para prevenir enxaquecas crônicas

16:15 - Diretor da OMS alerta que crise na Venezuela pode causar surtos no Brasil

12:55 - Ataque a tiros em escola do Texas deixa ao menos 8 mortos


// leia também

Quinta, 24 de maio de 2018

19:12 - Contestado, Maduro toma posse para novo mandato na Venezuela

16:54 - Três ativistas sauditas são libertadas após 10 dias presas

14:06 - Míssil russo derrubou voo da Malaysia Airlines em 2014, afirmam investigadores

09:50 - Coreia do Norte cumpre e detona local onde testes nucleares eram realizados

09:41 - EUA realizam novo ataque à Síria, diz agência síria

Quarta, 23 de maio de 2018

14:59 - Filha de ex-espião russo dá 1ª entrevista após envenenamento

14:53 - Macron cobra empresários para trabalharem juntos por mudanças

10:35 - Fim do programa nuclear da Coreia do Norte é prioridade de segurança, diz Pompeo

10:14 - Funcionários públicos relatam ameaças por não terem votado na Venezuela

Terça, 22 de maio de 2018

18:30 - Facebook esclarece poucas dúvidas e repete discurso na Europa


 veja mais
Cuiabá, Quinta, 24/05/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Quinta, 24/05/2018
277143c492047e9092189af323a8546f anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Dia da Liberdade de Impostos mobilizou comerciantes de todo o país nesta quinta-feira (24)




Logo_classifacil









Loja Virtual