Putin tenta superar desconfianças antes das eleições russas | Gazeta Digital

Quarta, 07 de março de 2018, 10h02

Encruzilhada

Putin tenta superar desconfianças antes das eleições russas


R7

Poucos meses depois de afirmar que a missão russa na Síria foi um sucesso, o presidente Vladimir Putin se vê em uma encruzilhada. Ele tem se deparado com algumas adversidades que não estavam em seus planos, ainda mais às vésperas das eleições para presidente do país, que ocorrerão no próximo dia 18.

Considerado favorito para vencer o pleito, com cerca de 80% de aprovação popular, ele teve de lidar, nas últimas semanas, com o recrudescimento dos bombardeiros na guerra, que mataram mais de 800 pessoas desde o dia 18 de fevereiro e deixaram a região de Ghouta Oriental em condições precárias.

Mesmo com menor contingene, a Rússia continua apoiando as investidas do governo sírio, sendo considerada, pelos países ocidentais, no mínimo uma cúmplice das atrocidades cometidas a mando de Bashar al-Assad. Para não dizer, na opinião de muitos especialistas, participante.

Acuado pelas desconfianças internacionais e para não perder popularidade, Putin ordenou a implementação de uma trégua de cinco horas na região, para a formação de um "corredor humanitário" que permitisse que civis deixassem a área, fornecendo comida e medicamentos para os que permaneciam cercados dentro deste reduto rebelde perto de Damasco. Após relutância do governo sírio, comboios se dirigiram aos locais de bombardeio.

A queda do avião de transporte de tropas russo, nesta terça-feira (6), matando todas as 39 pessoas a bordo, na província de Latakia, também ameaça ser mais um revés para o discurso de exaltação da vitória feito pelo líder russo.

Em 28 de dezembro último, ele havia definido a missão na Síria como "brilhantemente realizada" e ordenou a retirada parcial das tropas russas que participavam ativamente da guerra desde setembro de 2015. Mas as baixas continuam.

Imagem em alta

Os imprevistos, porém, não têm sido suficientes para arranhar a imagem do presidente diante de sua população. Aos 65 anos, e desde o ano 2000 no poder, intercalando suas atribuições de presidente com um mandato de primeiro-ministro, Putin tem conseguido sensibilizar os russos com um tradicional discurso nacionalista.

A desaceleração econômica acaba não sendo um empecilho para o presidente, que tem conseguido superar desconfianças, justamente com seu discurso firme de que o nível de pobreza do país será reduzido e com a promessa de que qualidade de vida das pessoas irá melhorar.

A questão militar também é preponderante para sua popularidade. A afirmação dele, de que o país produziu um míssil hipersônico intercontinental 20 vezes mais rápido que a velocidade do som, com capacidade de atingir seu alvo "como uma bola de fogo", é muito bem-vinda para uma população alimentada por um discurso de ameaça externa.

Número de mortos por queda de avião russo na Síria chega a 39

Putin, portanto, tem tudo para ser eleito, o que o faria continuar no poder até 2024, quando tiver 72 anos. Neste contexto, o presidente conseguiu desconstruir inclusive seus opositores.

O principal, o ativista Alexei Navalny, foi impedido de disputar as eleições, após ser detido (e liberado no dia seguinte) pelas autoridades russas por organizar o que foram considerados protestos ilegais. Assim, o caminho do presidente ficou ainda mais fácil.

Entre os outros concorrentes, o comunista Pavel Grunidin é o que está mais perto nas pesquisas, com apenas 7,8% das intenções de voto, contra 70% de Putin.

Não há crise, nem queda de avião, nem mesmo participação em guerra sangrenta que tire de Putin o fascínio que ele exerce sobre a população russa. É certamente o líder mais popular da história do país. Um político da Rússia republicana, com ares de imperador. E isso não se muda da noite para o dia.

 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quinta, 21 de junho de 2018

15:53 - MPF vai investigar brasileiros que assediaram mulher na Rússia

Quarta, 20 de junho de 2018

16:00 - Empresa demite funcionário que constrangeu russas durante a Copa

13:49 - Brasileiros que assediaram mulher podem ser julgados na Rússia

Domingo, 17 de junho de 2018

13:30 - Taxista que atropelou oito pessoas em Moscou diz que dormiu ao volante

Quinta, 14 de junho de 2018

14:59 - Ativista gay é preso por manifestação contra Putin antes do jogo inicial da Copa

Sexta, 08 de junho de 2018

13:00 - Rússia deveria estar na reunião do G-7, diz Trump

Quinta, 24 de maio de 2018

14:06 - Míssil russo derrubou voo da Malaysia Airlines em 2014, afirmam investigadores

Quarta, 23 de maio de 2018

14:59 - Filha de ex-espião russo dá 1ª entrevista após envenenamento

Domingo, 29 de abril de 2018

09:09 - Lutador que teria conexões com Trump é interrogado pelo FBI

Terça, 17 de abril de 2018

15:25 - Russos afirmam ter encontrado armas químicas de rebeldes sírios


// leia também

Sábado, 23 de junho de 2018

16:30 - Campanha no Facebook tem U$ 19,5 milhões para reunir famílias nos EUA

15:00 - Autoridades da Espanha resgatam 569 migrantes que cruzavam Mediterrâneo de barco

10:15 - Explosão acontece em estádio no Zimbábue onde presidente discursava

09:58 - Filho de presidente da Colômbia sugere que pai legalize maconha

Sexta, 22 de junho de 2018

18:10 - Pelo menos 22 candidatos são assassinados antes das eleições no México

17:15 - PF prende brasileiro foragido em estádio de São Petersburgo na Rússia

12:30 - Não podemos deixar nosso país ser tomado por imigrantes ilegais, diz Trump

11:33 - Trump pede que republicanos não gastem tempo com imigração

10:37 - EUA têm 500 brasileiros presos por imigração ilegal e alvos de deportação

Quinta, 21 de junho de 2018

19:30 - Ministro diz que medida de Trump que separa pais e filhos imigrantes é cruel


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 24/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 24/06/2018
264aa11e3277d28a72d32c9ea77980c2 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Qual sua opinião sobre o comportamento dos brasileiros fora do Brasil?




Logo_classifacil









Loja Virtual