Analistas avaliam possibilidade de protestos serem tema do Enem | Gazeta Digital

Sábado, 29 de junho de 2013, 10h20

Analistas avaliam possibilidade de protestos serem tema do Enem

Redação do R7


O tema da redação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) só será conhecido pelos candidatos no momento em que iniciarem a prova. Mas professores e especialistas na prova já avaliam as possibilidades de as manifestações realizadas durante este mês de junho serem ou não solicitadas aos candidatos.

O R7 entrevistou especialistas no assunto. Razões técnicas e logísticas podem fazer com que as chances de os protestos serem tema da redação ou cair em questões de múltipla escolha da prova sejam mínimas.

O professor universitário e sócio da instituição de ensino Primeira Escolha, Tadeu da Ponte, entende ser pouco provável que o tema seja solicitado no exame, embora não descarte uma chance mínima de que o assunto apareça, eventualmente como tema de redação.

— Quanto às questões do Enem, é bem pouco provável porque elas já estão processadas [...], então não dá tempo para a prova deste ano. Ela já foi elaborada. Para a redação, até seria possível.

O professor reflete sobre as chances de o tema cair na redação do Enem a partir do objetivo da prova.

— Qual o objetivo de uma redação de vestibular ou do Enem? É avaliar a capacidade escrita do candidato. A intenção da banca sempre é colocar um tema que tenha forte conexão com a realidade, como no caso de provas anteriores com temas como a liberdade sem fio da internet e o Brasil como foco de imigração. Mas estes não foram os assuntos mais falados dos respectivos anos [em que foram temas]. Quanto às manifestações, pode ser que caia, mas vão pedir uma visão bastante crítica para que o candidato não venha com a redação pronta.

Acompanhe o GD também pelo twitter: @portalgazeta 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Terça, 17 de outubro de 2017

13:18 - Justiça mantém preso comandante de UPP por porte de arma ilegal

13:05 - Polícia Civil deflagra operação para prender ladrões de carros no DF

10:35 - Sobe número de denúncias contra suspeito de estupro nos Jardins

09:57 - Igreja defende alimento granulado de Doria; entidade critica

09:34 - Planos rejeitam até 30% das indicações de cirurgia após reavaliação médica

Segunda, 16 de outubro de 2017

17:34 - Redação do Enem que desrespeitar direitos humanos pode receber nota zero

17:08 - Enfermeiros protestam no Rio contra decisão judicial que limita sua atuação

15:31 - Ministério da Saúde quer melhorar atendimento a pacientes indígenas

14:54 - MEC prorroga para novembro prazo de aditamento do Fies

10:12 - Quadrilha explode cofre de empresa, ataca quartel e mata policial


 veja mais
Cuiabá, Terça, 17/10/2017
 
Facebook Instagram
GDEnem

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 17/10/2017
D2bab0a64433d8a82c0d6ba1796fedd3 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Executivo não irá encaminhar um novo projeto de suplementação orçamentária à Câmara.




Logo_classifacil









Loja Virtual