Começa adesão de professores ao Pacto pelo Fortalecimento do Ensino Médio | Gazeta Digital

Segunda, 20 de janeiro de 2014, 13h10

Começa adesão de professores ao Pacto pelo Fortalecimento do Ensino Médio

Agência Brasil


A partir desta segunda-feira (20) professores de escolas públicas de todas as disciplinas do ensino médio podem aderir ao Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio. O pacto oferece este ano, formação continuada que será presencial e desenvolvida na própria escola. Os educadores vão receber bolsa mensal de R$ 200 para fazer a formação.

Pode aderir o docente que atue em sala de aula e esteja registrado no Censo Escolar de 2013. O professor que aderir à formação será cadastrado pelo diretor da escola. Para os professores participarem é preciso que as secretarias estaduais de educação e do Distrito Federal tenha feito a adesão ao pacto. O último balanço do Ministério da Educação (MEC) contabilizou 22 unidades da federação inscritas até o dia 14. A meta é que até o final do mês todas estejam participando.

O MEC espera que os 495,6 mil docentes do ensino médio que trabalham em 20 mil escolas públicas do país participem das aulas.

Este ano os professores cursarão dois módulos do pacto. O primeiro trata da formação comum a todos e, no segundo, serão abordados conteúdos das áreas do conhecimento, como ciências humanas, ciências da natureza, linguagens e matemática. Os docentes vão destinar seis horas semanais à formação continuada. Serão três horas de aulas coletivas e três de estudos individuais.

Os conteúdos desenvolvidos pelas universidades públicas, serão inseridos nos tablets enviados no ano passado pelo MEC às secretarias de educação dos estados e do Distrito Federal. Cada secretaria assumiu a responsabilidade de distribuir os equipamentos aos professores da rede. Os professores orientadores, supervisores e coordenadores também recebem bolsas que variam entre R$ 765 e R$ 2 mil.

Acompanhe o GD também pelo Twitter: @portalgazeta



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Sexta, 23 de junho de 2017

16:14 - Governo sanciona lei que libera inibidores de apetite

15:01 - Aprovado fim de multa para quem esquecer documentos

14:37 - Noruega ameaça suspender completamente ajuda ambiental ao Brasil

14:30 - Responsáveis por carreta do acidente no ES podem responder por homicídio culposo

09:11 - Dois PMs envolvidos no caso Amarildo são condenados por corromper testemunhas

09:05 - Brasileira é presa após matar companheiro a facadas na Itália

Quinta, 22 de junho de 2017

15:11 - Risco de microcefalia no Brasil não acabou, alerta autor de estudo

13:22 - 21 mortos e 13 feridos na tragédia envolvendo ônibus na BR 101 em Guarapari

11:02 - Redução de áreas de florestas na Amazônia voltará para análise do Congresso

10:50 - Operação Domiciano combate corrupção de policiais em rodovias


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 23/06/2017
 

GD Empregos

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 23/06/2017
0e26a7004db19d837857c0eed1551706 anteriores




Indicadores Econômicos

Indicadores Agropecuário

Mais Lidas Enquete

Segundo a ONU a população mundial chegará a 8,6 bilhões até 2030, um aumento de 1 bilhão de pessoas em 13 anos.




waze

Logo_classifacil









Loja Virtual