Quarta, 18 de agosto de 2004, 03h00

TRAFICANTE

Robertinho de Lucas é preso no Rio

Roberta Pennafort  / Rio de Janeiro/AE


José Roberto da Silva Filho, o Robertinho de Lucas, acusado de ser o ex-chefe do tráfico de drogas na favela Parada de Lucas, na zona norte do Rio, foi preso na noite de segunda-feira. Solto desde 2002, quando sua condenação por tráfico foi anulada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), ele negou participação na venda de entorpecentes.

Robertinho, de 39 anos, é apontado como responsável por diversas ações ousadas: teria mandado derrubar com um caminhão uma parede da carceragem da Polinter em outubro de 2001, para libertar 14 comparsas. Em julho do ano passado teria comandado uma invasão à favela de Vigário Geral, vizinha e dominada por uma quadrilha rival. A ação acabou com oito mortos.

O criminoso foi preso no conjunto Campinho, no bairro de Campo Grande, zona oeste do Rio, depois de ser reconhecido por um policial militar. Estava com uma carteira de perito judicial e disse que a usava para exercer a função de corretor de imóveis. Os investigadores desconfiam que o criminoso estava lavando o dinheiro da venda de drogas na distribuidora de alimentos Kilo Certo, em Cordovil, empresa que está em seu nome.

Em dezembro de 2002 o Superior Tribunal de Justiça (STJ) anulou a condenação, a 16 anos de prisão, de Robertinho. Ele foi então libertado do presídio de Bangu 1 depois de ficar cinco anos preso. O bandido responde a outro processo por tráfico.



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Sábado, 29 de abril de 2017

17:00 - É grave estado de saúde do estudante agredido por policial goiano

15:00 - Policial militar é morto no Rio após ser atingido por tiro

14:30 - Morre radialista ferida em acidente com carro alegórico no carnaval do Rio

13:23 - Incêndio atinge Theatro Municipal do Rio

12:36 - Queda de avião bimotor deixa 2 mortos no interior paulista

11:25 - Comissão de Direitos Humanos vai pedir federalização de chacina em MT

11:11 - Centro do Rio amanhece no dia seguinte aos protestos com prédios depredados

09:04 - É preciso falar sobre bullying, depressão e suicídio, alertam especialistas

Sexta, 28 de abril de 2017

20:12 - 36 pessoas são detidas em atos contra reformas em São Paulo

20:09 - Protesto em frente à casa de Temer em SP tem confronto entre manifestantes e PM


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 29/04/2017
 

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Sábado, 29/04/2017
6637d166db2af4ee95c6d595829972c2 anteriores




Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Uma das críticas ao povo brasileiro é a passividade diante dos problemas do país. A greve geral mudou essa percepção?



Logo_classifacil









Loja Virtual