Robertinho de Lucas é preso no Rio | Gazeta Digital

Quarta, 18 de agosto de 2004, 03h00

TRAFICANTE

Robertinho de Lucas é preso no Rio

Roberta Pennafort  / Rio de Janeiro/AE


José Roberto da Silva Filho, o Robertinho de Lucas, acusado de ser o ex-chefe do tráfico de drogas na favela Parada de Lucas, na zona norte do Rio, foi preso na noite de segunda-feira. Solto desde 2002, quando sua condenação por tráfico foi anulada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), ele negou participação na venda de entorpecentes.

Robertinho, de 39 anos, é apontado como responsável por diversas ações ousadas: teria mandado derrubar com um caminhão uma parede da carceragem da Polinter em outubro de 2001, para libertar 14 comparsas. Em julho do ano passado teria comandado uma invasão à favela de Vigário Geral, vizinha e dominada por uma quadrilha rival. A ação acabou com oito mortos.

O criminoso foi preso no conjunto Campinho, no bairro de Campo Grande, zona oeste do Rio, depois de ser reconhecido por um policial militar. Estava com uma carteira de perito judicial e disse que a usava para exercer a função de corretor de imóveis. Os investigadores desconfiam que o criminoso estava lavando o dinheiro da venda de drogas na distribuidora de alimentos Kilo Certo, em Cordovil, empresa que está em seu nome.

Em dezembro de 2002 o Superior Tribunal de Justiça (STJ) anulou a condenação, a 16 anos de prisão, de Robertinho. Ele foi então libertado do presídio de Bangu 1 depois de ficar cinco anos preso. O bandido responde a outro processo por tráfico.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Domingo, 25 de fevereiro de 2018

14:00 - Menino de 10 anos morre baleado na cabeça no Rio

10:34 - Canelão da Rocinha, traficante procurado no Rio, é preso em SP

10:04 - Helicóptero é umas das 'armas' mais poderosas do crime organizado

Sábado, 24 de fevereiro de 2018

18:30 - FAB usa drones no Rio em análise de área estratégica

17:00 - Febre amarela; São Paulo registra 246 casos com 93 mortes desde 2017

15:00 - Não sei como não me acertaram, diz testemunha de ataque do PCC a hotel

14:30 - Rio de Janeiro volta ao estado de normalidade após chuvas

09:03 - Uso da água e desigualdade na oferta precisam ser discutidas, diz especialista

08:51 - Pessoa com deficiência pode pedir pela internet gratuidade em viagens

Sexta, 23 de fevereiro de 2018

21:00 - Secretário de segurança de SP diz que intervenção no Rio não deve afetar estado


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 25/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 25/02/2018
39b9c063e83a7a7ffb2f5dc9ad998ca8 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Segundo pesquisa, 67% apoiam intervenção na área de segurança pública em suas cidades




Logo_classifacil









Loja Virtual