Bruno Borges, o menino do Acre, volta para casa após 5 meses 'sumido' | Gazeta Digital

Sexta, 11 de agosto de 2017, 14h55

Brasil

Bruno Borges, o menino do Acre, volta para casa após 5 meses 'sumido'


R7
Reprodução/Facebook

O estudante de psicologia Bruno Borges, que desapareceu no Acre em março de 2017, voltou para casa. A informação foi divulgada pela família do jovem de 25 anos. A irmã de Bruno, Denise Borges, não deu detalhes sobre o caso e se limitou a dizer que ele voltou para casa sozinho, mas eles não vão se pronunciar por enquanto. 

A família contou ainda que o jovem não vai ficar em casa pois o local tem atraído uma série de curiosos. Não se sabe ainda as condições de saúde do estudante.

A mãe de Bruno Borges, a empresária Denise Borges, viajou para o Santuário de Aparecida,no interior de São Paulo. "Ontem, eu fiquei o dia inteiro de joelho no chão pedindo pelo retorno dele e ele voltou", disse a mãe, visivelmente emocionada.

"Eu não tenho muitos detalhes só sei o que me disseram: que ele está muito magro e que estava em retiro", disse, tentando sufocar o choro. Denise disse que Bruno se nega a dizer onde estava localizado o "retiro". Denise tenta embarcar em um avião para retornar ao Acre, mas só deve conseguir isso no sábado (12).

Bruno Borges desapareceu em 27 de março. Ele morava com os pais e a irmã em Rio Branco. Após o sumiço, familiares do rapaz encontraram as paredes do quarto todas pintadas e com escrituras, além de 14 livros escritos à mão e criptografados e uma estátua em tamanho real do filósofo Giordano Bruno avaliada em R$ 7 mil.

"Eu vivo um dia de cada vez, na espera", diz mãe de Bruno Borges

O fato despertou grande curiosidade no País, além de ter provocado uma série de teorias sobre o sumiço nas redes sociais.

No quarto de Bruno também havia pistas para decifrar os códigos dos livros. Uma das inspirações era o Manual do Escoteiro Mirim, da Disney. Um dos textos chamava Caminho Difícil.

Cerca de dois meses depois do desaparecimento, a Polícia Civil do Acre disse ter encontrado "fortes indícios" de que o episódio era, na verdade, uma forma de divulgar os livros escritos por ele. Na ocasião, o delegado Alcino Júnior, chefe do Departamento de Inteligência, disse que "havia uma combinação para a publicação das obras". O amigo do estudante chegou a ser detido por falso testemunho. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sábado, 12 de agosto de 2017

18:01 - Está muito magro e desnutrido, diz mãe de 'menino do Acre'

Segunda, 07 de agosto de 2017

10:28 - Obra de estudante desaparecido entra na lista dos mais vendidos

Sexta, 26 de maio de 2017

10:00 - Sumiço do 'Menino do Acre', completa dois meses e mistério continua


// leia também

Quinta, 19 de outubro de 2017

17:38 - Parque da Chapada dos Veadeiros volta a fechar por causa de focos de incêndio

17:34 - Auditores protestam contra portaria que altera combate ao trabalho escravo

17:30 - Inep faz simulação de logística para recebimento de respostas do Enem

14:47 - Lideranças indígenas pedem ao MEC mais recursos para educação nas aldeias

14:36 - Candidatos podem consultar local onde farão o Enem a partir de amanhã

11:58 - Idoso de 76 anos que recusou vacina morre por febre amarela em Itatiba

11:55 - STF julga hoje proibição de cigarros com aroma e sabor

09:17 - Operação contra o tráfico e crime organizado mobiliza 320 policiais em São Paulo

09:11 - Falta de vontade política no Brasil impede controle de armas do tráfico

Quarta, 18 de outubro de 2017

21:10 - Ministro do STJ manda soltar filho de Fernandinho Beira-Mar


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 20/10/2017
 
Facebook Instagram
GDEnem

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 20/10/2017
2b95336a644f97d5c7b35708aef8fdfb anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Prefeito Emanuel Pinheiro tenta garantir, em Brasília, recursos para os 300 anos de Cuiabá.




Logo_classifacil









Loja Virtual