Cadastro de empresas para informatização do SUS estará disponível | Gazeta Digital

Sexta, 11 de agosto de 2017, 21h00

em 30 dias

Cadastro de empresas para informatização do SUS estará disponível


Agência Brasil

Uma lista de empresas cadastradas para atuar na informatização das unidades de saúde estará disponível para prefeitos de todo o país em cerca de 30 dias, informou nesta sexta-feira (11) o ministro da Saúde, Ricardo Barros. Ele disse que mais de 120 empresas compareceram à audiência pública sobre o tema e que um cadastro ficará permanentemente aberto para que novas empresas se candidatem a prestar o serviço.

Barros visitou unidades de saúde na Baixada Fluminense e disse que a União vai dividir os custos da informatização com os municípios. No caso daqueles que já adotam essas práticas, o governo federal vai dar uma contrapartida para auxiliar no compartilhamento das informações.

"Importa para o ministério a informação. Saber tudo o que acontece na saúde e garantir aos brasileiros o prontuário eletrônico, que vai economizar muito recurso, por não repetir exames, consultas e entregas de medicamentos", disse Barros. "Tudo vai estar no prontuário eletrônico do cidadão."

A União também vai ser responsável pelo cadastro das empresas que poderão ser contratadas, e os municípios deverão escolher a prestadora de serviço, instalar conectividade e equipamentos e treinar os servidores.

Além da instalação do prontuário eletrônico, a informatização busca o registro da biometria dos usuários e servidores públicos do Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo do ministério é monitorar o cumprimento da jornada de trabalho dos profissionais e facilitar o acesso deles às informações sobre pacientes.

Sobre os médicos do SUS, Barros estimou que, se os 67 mil profissionais cumprissem 24 horas semanais de consultas, com duração de 15 minutos, o número de consultas dobraria. "Não é esforço nenhum. é só cumprir o contrato de concurso público que foi feito com a comunidade, que é o patrão de todos nós, servidores públicos", disse ele, que reconheceu que será necessário "remunerar melhor" os profissionais.

Baixada Fluminense

O ministro participou hoje de uma solenidade no Hospital Municipal Juscelino Kubitschek, em Nilópolis, para marcar o repasse de R$ 15 milhões para ampliação da unidade. A prefeitura estima que as obras sejam contratadas ainda neste ano.

Com a obra, o hospital deve ganhar serviço especializado de obstetrícia, cirurgia eletiva e retaguarda clínica para urgências e emergências.

Barros visitou também as obras do Hospital do Olho, em Duque de Caxias, e o Hospital Municipal de Nova Iguaçu, mais conhecido como Hospital da Posse.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 12 de dezembro de 2017

14:20 - Polícia indicia 14 por morte de menina que esperou 15h por atendimento em SC

Domingo, 10 de dezembro de 2017

07:50 - Frutas natalinas fazem bem para saúde e não engordam

Quinta, 07 de dezembro de 2017

08:45 - Problemas se acumulam na UPA Morada do Ouro

Terça, 05 de dezembro de 2017

12:19 - Relatório preliminar aponta descumprimento de contrato em hospital de Sinop

11:06 - 10 perguntas e respostas sobre pós-operatório da cirurgia nas pálpebras

09:06 - Funcionários do Samu dizem 'perder pacientes' por falta de macas

Segunda, 04 de dezembro de 2017

09:34 - Se dinheiro da Conab chegar, governo paga

08:24 - Brasil tem 904 mil à espera de cirurgia eletiva no SUS; espera chega a 12 anos

Sexta, 01 de dezembro de 2017

20:18 - Após operação, Campinas decreta intervenção no Hospital Ouro Verde

09:14 - ANS suspende venda de 31 planos de saúde de 10 operadoras


// leia também

Terça, 12 de dezembro de 2017

19:00 - Rio pode rever pedido de transferência de Rogério 157 se houver delação premiada

17:45 - Carros do aplicativo 99 irão distribuir perfumes e cupons da Natura

14:12 - Inscrições no Sisu começam no dia 29 de janeiro

09:03 - Padre do interior de São Paulo usa tirolesa para iniciar missa

08:54 - Enem para presos e segunda aplicação começam hoje

Segunda, 11 de dezembro de 2017

19:20 - Marcola e outras 12 lideranças do PCC deixam prisão de rigor máximo

14:48 - Prorrogada por mais 90 dias permanência da Força Nacional no Amazonas

12:04 - Picciani admite ter vendido gado para empresa suspeita de caixa 2

12:03 - Airbus vai pagar R$ 30 milhões a familiares de vítimas do acidente da TAM em SP

10:23 - Servir o Exército, dar casa à mãe e cantar são os sonhos na Fundação Casa


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 13/12/2017
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 13/12/2017
4d4ff3f31814f4dd069405738f837313 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

MPE deu prazo para a Prefeitura de Cuiabá arborizar e dar acessibilidade a praças e avenidas




Logo_classifacil









Loja Virtual