Número de presos em megaoperação contra pedofilia passa de 100 | Gazeta Digital

Sexta, 20 de outubro de 2017, 17h13

BRASIL

Número de presos em megaoperação contra pedofilia passa de 100


Agência Brasil
Divulgação/Ministério da Justiça

Número final de presos e mandados cumpridos será divulgado ainda nesta sexta

O número de presos na megaoperação Luz na Infância chegou a 108 na tarde desta sexta-feira (20), informou o Ministério da Justiça e Segurança Pública. Policiais civis de 25 estados cumprem 178 mandados de busca e apreensão relacionados à prática de pedofilia. Ao deparar com material pornográfico de crianças e adolescentes na casa dos suspeitos, os agentes efetuam as prisões, em flagrante.

Segundo o ministério, os detidos são suspeitos de disseminar pornografia infantil e pedofilia na internet e, em alguns casos, eles eram também os responsáveis pela produção do material.

A operação é considerada uma das maiores do mundo no combate à pedofilia e envolve 1,1 mil policiais. O trabalho de investigação durou seis meses, e o número final de presos e mandados cumpridos será divulgado pelo Ministério da Justiça até o fim do dia. As investigações agora vão apontar se os detidos fazem parte de quadrilhas nacionais e internacionais ou agiam sozinhos. Também não foram divulgadas informações consolidadas sobre o perfil das pessoas que foram presas.

Na operação, a Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) contou com o apoio de parceiros nos Estados Unidos e na União Europeia, que colaboraram com a troca de informações e softwares necessários para monitorar os criminosos. Mais de 150 mil arquivos com conteúdo pornográfico de menores de idade foram encontrados pelas investigações.

As informações sobre os suspeitos foram reunidas e encaminhadas pela Senasp às polícias civis dos estados, que têm jurisdição sobre o crime e deram continuidade às investigações. No Amapá e no Piauí, o trabalho não foi concluído a tempo da deflagração da operação, que envolveu os demais estados e o Distrito Federal. O ministro da Justiça, Torquato Jardim, disse que o trabalho continua e mais mandados podem ser emitidos nos próximos dias.

Torquato Jardim concedeu entrevista coletiva na sede da Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro e destacou a importância da cooperação internacional em tecnologia para a segurança pública no Brasil, explicando que os principais crimes que precisam ser combatidos no país são praticados por quadrilhas que têm ligações transnacionais, como os crimes cibernéticos e os de tráfico de drogas, armas e pessoas.

"Nada se passa no espaço exclusivo do território nacional. A integração federativa é fundamental, e a integração internacional não é menos fundamental em tecnologia. Essa é uma tecla [em] que o Ministério da Justiça bate muito", afirmou o ministro.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quinta, 17 de maio de 2018

16:30 - Operação contra 'pedofilia' prende professor de inglês e mais 2 em MT

12:01 - Luz na infância 2 é maior operação integrada com policiais civis, diz Jungmann

09:59 - Megaoperação contra pedofilia cumpre quase 600 mandados

07:59 - Megaoperação contra pedofilia envolve MT e professor de inglês é preso

Sexta, 04 de maio de 2018

11:57 - Professor é preso na Grande São Paulo por suspeita de pedofilia

Sexta, 20 de abril de 2018

15:23 - Foragido por estupro de vulnerável é preso pela Polícia Civil no interior

Terça, 17 de abril de 2018

13:36 - Idoso acusado de estuprar netas de companheira é preso

Sexta, 06 de abril de 2018

14:33 - Padrasto é preso em flagrante por estupro de enteadas de 9 e 10 anos

Quinta, 15 de março de 2018

07:40 - Jovem é preso por estupro de vulnerável, em Cuiabá

Sexta, 09 de fevereiro de 2018

14:36 - Homem é preso com vídeo de crianças fazendo sexo com animal


// leia também

Sábado, 26 de maio de 2018

18:00 - Prêmio principal da Mega-Sena pode pagar hoje R$ 10 milhões

11:19 - Postos de combustíveis têm estoque zerado no Rio de Janeiro

11:10 - Aeroporto de Brasília ainda não recebeu combustível e 40 voos foram cancelados

10:48 - Rodovias ainda têm 387 pontos com bloqueios; 132 locais foram liberados

10:19 - Mandante do assassinato de Dorothy Stang deixa prisão no Pará

09:41 - Paralisação dos caminhoneiros segue pelo 6º dia consecutivo

Sexta, 25 de maio de 2018

18:30 - Após pronunciamento de Temer, Abcam pede que caminhoneiros retirem interdições

17:00 - Marco Aurélio manda soltar fazendeiro condenado pelo assassinato de Dorothy Stang

16:52 - Ao menos 11 universidades públicas suspendem atividades por causa da greve

16:52 - Nove adolescentes morrem em incêndio em centro de internação em Goiás


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 26/05/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Sábado, 26/05/2018
Ea13e1b35911b70cafc047d78e906f1b anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Projeto de Lei reconhece o funk como manifestação cultural popular




Logo_classifacil









Loja Virtual