Vacina antidengue traz riscos para quem nunca contraiu o vírus | Gazeta Digital

Quinta, 30 de novembro de 2017, 11h15

Vacina antidengue traz riscos para quem nunca contraiu o vírus


Estadao

A única vacina contra dengue disponível no Brasil, produzida pela Sanofi Pasteur, não é mais recomendada para as pessoas que nunca foram infectadas pela doença. O alerta foi emitido nesta quarta-feira, 29, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que recebeu nesta semana dados preliminares de estudo conduzido pela própria Sanofi. A pesquisa indicou aumento do risco de desenvolvimento da forma grave da doença entre aqueles que nunca contraíram o vírus.

No comunicado, a Anvisa esclareceu que a vacina em si não desencadeia a dengue nem a forma grave da doença. O risco de casos graves estaria restrito, segundo o trabalho, a quem nunca teve contato com o vírus.

A Anvisa destacou que os dados precisam de confirmação. Mesmo assim, por precaução, a bula da vacina deverá ser atualizada. Já o próprio laboratório admite que a vacina deixará de ser recomendada a quem nunca teve dengue. ‘Não é uma contraindicação porque os riscos são baixos, mas deixamos de recomendá-la para quem nunca teve contato com o vírus porque os estudos mostraram que não compensa para esse público‘, disse Sheila Homsani, diretora médica da Sanofi Pasteur.

Ainda é investigado o motivo da reação adversa. Para quem já tomou a vacina, a recomendação é de buscar logo o médico, caso haja sintomas da doença.

Aprovada no País em 2015, a vacina é indicada para a proteção contra os 4 tipos de vírus da dengue e aplicada em três doses. Na época do lançamento, a informação era a de que proporcionaria eficácia global de 65%. Isso significa que, mesmo após imunização, havia risco de 35% de uma pessoa contrair a doença se exposta ao vírus. O desempenho da vacina, porém, variava conforme o subtipo do vírus.

A vacina está disponível nas clínicas particulares. Ela não é adotada no Programa Nacional de Imunização. O governo do Paraná, porém, comprou por iniciativa própria cerca de 700 mil doses para áreas de maior risco. Dos 399 municípios do Estado, 30 receberam a vacina. Mesmo após o alerta da Anvisa, o Estado vai manter a estratégia - 300 mil foram imunizados entre 2016 e 2017.

Os estudos conduzidos pela Sanofi mostram que o aumento de risco se traduz em 5 casos de hospitalização em cada mil pessoas que nunca haviam tido contato com o vírus e foram vacinadas e 2 casos de dengue severa em cada mil vacinados sem contato prévio com o vírus.

A Anvisa diz que, para quem já teve contato com o vírus, ‘o benefício da vacina permanece favorável‘. Antes da obtenção do registro, o imunizante havia sido testado em cerca de 40 mil pessoas. Naquela etapa, não foi achado risco na população em geral.  

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quinta, 12 de abril de 2018

09:42 - Vacina contra dengue atrasa e fica para 2019; queda de casos prejudica pesquisa

Domingo, 17 de dezembro de 2017

08:12 - Terreno baldio é ocupado por entulhos e preocupa moradores

Terça, 28 de novembro de 2017

18:40 - 38% das cidades estão em risco ou alerta para dengue, zika e chikungunya

Domingo, 22 de outubro de 2017

09:22 - Governo Federal inicia semana nacional de combate ao mosquito Aedes aegypti

Terça, 11 de julho de 2017

12:05 - Mosquito transgênico contra dengue será levado para Juiz de Fora

Segunda, 15 de maio de 2017

16:49 - Mato Grosso registra média incidência de dengue

Sexta, 05 de maio de 2017

10:50 - Dengue faz 51 vítimas por dia em Mato Grosso

Quarta, 29 de março de 2017

09:04 - Vacina brasileira da dengue não deve chegar aos postos do SUS antes de 2020

Sexta, 03 de março de 2017

11:20 - Clube abandonado vira criadouro do Aedes aegypti - Veja vídeo

Segunda, 30 de janeiro de 2017

15:16 - 18 municípios são considerados de risco em MT


// leia também

Sexta, 22 de junho de 2018

08:20 - Prazo para matrícula e lista de espera no Sisu começa hoje

08:12 - Justiça não vê uso de criança no tráfico como trabalho infantil

Quinta, 21 de junho de 2018

15:53 - MPF vai investigar brasileiros que assediaram mulher na Rússia

14:45 - Surto de toxoplasmose no RS tem origem na água, diz ministro

12:29 - Desmatamento no Cerrado recua, mas em 7 anos é 60% maior que perda da Amazônia

10:39 - Ministério da Educação e FNDE fazem pesquisa sobre transporte escolar

10:16 - Forças Armadas bloqueiam vias e revistam pessoas em operação no RJ

Quarta, 20 de junho de 2018

18:30 - Operações levam pânico a moradores de favelas do Rio

18:00 - Doenças erradicadas podem voltar por falta de vacinação

16:00 - Empresa demite funcionário que constrangeu russas durante a Copa


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 22/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 22/06/2018
Af26a0a03727faf425edeb0c3956f831 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O que os eleitores vão depositar nas urnas em outubro?




Logo_classifacil









Loja Virtual