Financiador do PCC e ex-integrante da cúpula da facção é morto no interior de SP | Gazeta Digital

Terça, 05 de dezembro de 2017, 16h26

Financiador do PCC e ex-integrante da cúpula da facção é morto no interior de SP


Estadao

O traficante de drogas Edilson Borges Nogueira, o Biroska, de 44 anos, foi assassinado a facadas nesta terça-feira, 5, durante o banho de sol na Penitenciária 2 (P2) de Presidente Venceslau, no interior de São Paulo, onde estão detidos a maioria dos chefes do Primeiro Comando da Capital (PCC). Um dos maiores líderes e financiadores dessa facção criminosa, Biroska era responsável pelo tráfico de drogas em Diadema, no ABC Paulista, e pertencera à cúpula do crime organizado.

Seu assassinato acontece em meio à revelação feita pelo procurador de Justiça Márcio Sérgio Christino de que o líder máximo do PCC, Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, teria sido informante da polícia, entregando antigos líderes da facção para assumir o poder.

Dois homens participaram do ataque a Biroska. Seriam os presos Danilo Antonio Cirino Felix, de 29, e Gilberto Souza Barbosa Silva, o Caveira, de 46. De acordo com os agentes penitenciários, Felix segurou a vítima pelo pescoço enquanto Caveira o golpeava com um estilete. Quando eles intervieram, já era tarde.

Para investigadores que acompanham o caso, Biroska jamais seria assassinado na P2 de Presidente Venceslau sem ordem de cima, da cúpula da facção. O bandido estava preso havia 12 anos. Depois de dominar o tráfico de drogas na região de Diadema e expandir seus negócios para a zona sul de São Paulo, Biroska passou a atuar no transporte de drogas para São Paulo. Acabou preso.

Na prisão, ele se uniu ao PCC, participando durante dez anos da chamada Sintonia Final Geral, a cúpula da organização criminosa. Por isso, foi denunciado pelo Ministério Público Estadual em 2013 por organização criminosa. Durante as investigações, 47 fuzis, 64 veículos, 4,7 toneladas de drogas e mais de R$ 1,1 milhão foram apreendidos.

‘Esse colegiado de líderes que integram a cúpula da facção dita a ’palavra final’ do PCC, ou seja, todos os setores da empresa criminosa são subordinados a eles, nada acontece na rua ou no sistema penitenciário, sem que os referidos líderes tenham avalizado‘, afirma a denúncia do promotoria.

Foi Biroska um dos traficantes que participaram em outubro de 2010 dos contatos entre a cúpula do PCC com a Amigos dos Amigos (ADA), a facção criminosa fluminense chefiada por Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, então líder do tráfico de drogas na Favela da Rocinha, na zona sul do Rio de Janeiro.

Durante esses anos, o negócio das drogas na região dominada por Biroska era um negócio pessoal do traficante, que ao lado de Marco Paulo Nunes da Silva, o Vietnã, tornou-se um dos grandes financiadores da facção.

As coisas começaram a mudar para Biroska dentro da facção depois de uma briga entre mulheres. De acordo com investigadores, Biroska foi afastado da cúpula porque sua mulher teria se desentendido com outra mulher de um detento do grupo - seu caso seria decidido por Marcola assim que ele deixasse o Regime Disciplinar Diferenciado (RDD), no próximo dia 8, onde foi internado no ano passado. Recentemente, a cúpula da facção soltou um comunicado em apoio a Marcola contra as revelações feitas pelo livro do procurador.

Em liberdade, Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, outro integrante da cúpula, assumiu o comando da facção nas ruas. Gegê primeiro teria assumido o controle do tráfico na fronteira com o Paraguai e, agora, estaria refugiado na Bolívia, de onde comandaria os negócios.

 

 

 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Domingo, 21 de janeiro de 2018

08:22 - PM é suspeito de estuprar jovem de 18 anos na zona leste. Veja vídeo

Sexta, 19 de janeiro de 2018

18:42 - Alckmin veta ?Segunda sem Carne? e setor produtivo apoia medida

Quinta, 18 de janeiro de 2018

18:33 - Temporal desabriga famílias e causa estragos em São Luiz do Paraitinga

09:40 - Mensagem sobre suposto toque de recolher gera apreensão na periferia

Quarta, 17 de janeiro de 2018

16:46 - SP estuda antecipar ainda mais fracionamento de vacina da febre amarela

Terça, 16 de janeiro de 2018

10:03 - Ele só atravessava na faixa, diz irmão de idoso atropelado em São Paulo

Segunda, 15 de janeiro de 2018

16:16 - PF indicia ex-prefeito Fernando Haddad por irregularidades em campanha

Sábado, 13 de janeiro de 2018

09:41 - Cenário nas bacias do Sistema Cantareira é preocupante, diz consórcio

Sexta, 12 de janeiro de 2018

12:32 - Chuvas causam morte e deixam cidades em emergência no interior de SP

12:01 - Boneco de Silvio Santos é furtado no interior de SP


// leia também

Domingo, 21 de janeiro de 2018

10:30 - Há 111 anos, Brasil vencia os mosquito

09:18 - Família de bebê morto em calçadão de Copacabana vai processar atropelador

Sábado, 20 de janeiro de 2018

15:00 - Câmeras mostram regalias dos presos da Lava Jato na cadeia de Benfica

14:00 - Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 15 milhões neste sábado

13:30 - Vítimas de atropelamento em Copacabana passarão por cirurgia na segunda-feira

13:00 - Minas Gerais decreta emergência em 94 municípios por febre amarela

09:53 - Maior lixão da América Latina encerrará atividades neste sábado

09:28 - São Paulo registra 36 mortes por febre amarela

Sexta, 19 de janeiro de 2018

20:00 - Dois jornalistas são assassinados em Rondônia e Goiás

18:27 - Motorista que feriu 16 e matou um bebê em acidente deixa a delegacia


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 21/01/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 21/01/2018
82cfd4bb38272f34788fa39cd9df2cd4 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Algum novato, de fora da política, pode surpreender nas eleições para presidente da República?




Logo_classifacil









Loja Virtual