Polícia prende suspeito de matar dentista e espancar idoso após pichação | Gazeta Digital

Quarta, 06 de dezembro de 2017, 14h32

Brasil

Polícia prende suspeito de matar dentista e espancar idoso após pichação


Estadao

Policiais do Departamento de Investigações Criminais (Deic) prenderam na manhã desta quarta-feira, 6, um dos acusados de espancar e matar o dentista Wellington Silva, de 39 anos, no ano passado. Integrante da lista de foragidos mais procurados da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, o suspeito Lucas Rafael de Siqueira Nunes, de 19 anos, foi detido na região de Heliópolis, na zona sul da capital. Aos agentes, ele negou ter participado do crime.

Nunes também era procurado por tentativa de homicídio já que, na ocasião, os criminosos espancaram o pai do dentista, o aposentado Manoel Silva, de 77 anos. Segundo as investigações, o suspeito fazia parte de um grupo de oito a dez pessoas que estava pichando a casa das vítimas, de madrugada.

Ao perceber a movimentação estranha e o comportamento do seu cachorro, que não parava de latir, o aposentado apanhou um facão e foi tirar satisfação com o grupo. Segundo relatou na época, os homens começaram a agredi-lo com ‘paus, pedras e até tijolos‘. O filho viria em seguida para ajudá-lo, mas também foi agredido.

Na delegacia, Manoel disse que desmaiou após os golpes e, ao retomar os sentidos, viu o filho caído. O irmão do rapaz chamou a polícia. O dentista chegou a ser encaminhado a um pronto-socorro em Pirituba, mas não resistiu aos ferimentos. O médico que o atendeu registrou o caso como ‘politrauma grave por agressão física‘.

Reprodução

Polícia prende suspeito de matar dentista e espancar idoso após pichação

Prisão

Um ano e quatro meses após o crime, a Polícia Civil conseguiu identificar o paradeiro do foragido. Nunes foi capturado na Avenida São João Clímaco, em Heliópolis, por uma equipe do Grupo Armado de Repressão a Roubos (Garra).

‘Foram crimes hediondos. Mataram uma pessoa e debilitaram permanente um idoso porque reclamaram do vandalismo praticado no muro‘, afirmou, em nota, o delegado Mário Palumbo, supervisor do Garra.

Posto no porta-malas da viatura, com as mãos algemadas, o suspeito foi filmado pelos agentes. Aos policiais, ele confirmou que fazia parte do grupo de pichadores, mas negou ter assassinado o dentista. ‘Eu sei que não matei ninguém.‘

Veja transcrição do vídeo da prisão de Lucas Rafael de Siqueira Nunes:

Policial: Você sabia que estava procurado ou não?

Suspeito: Sabia.

P: Por que vocês fizeram isso com o cara lá, meu?

S: Eu não fiz nada... Nem sei o que eu fiz lá.

P: O que é que você fez lá?

S: Infelizmente eu tava lá, cara.

P: Tava pichando?

S: Tava.

P: E os outros (pichadores) tão... Que é que são seu os outros?

S: Nada.

P: Nada?!

S: Conhecia de vista.

P: Mas você viu o pessoal espancando o senhor?

S: Mano...

P: Viu ou não viu?

S: Para falar a verdade, eles (as vítimas) que foi pra cima, com facão, os carai (sic) tudo... É verdade.

P: Ah tá. E precisava ter matado o dentista?

S: Então, o que teve... Quando eu cheguei dentro do carro, eu estava desesperado quando aconteceu o negocio lá. Não tinha entendido nada. Aí, ficaram comentando. Teve um que falou: ’Taquei pedra na cabeça deles mesmo, pá’. Eu tava desesperado quando aconteceu. Infelizmente eu estava no meio, né?

P: Então vocês mataram na paulada, no soco e na...

S: (Interrompendo) Não.

P: Mataram como?

S: Eu sei que não matei ninguém.

P: Vocês estavam embriagado ou não? Tava louco?

S: A gente tava bebendo, mas ninguém tava loucão, não.

P: Porra, mas vocês fizeram isso aí sem tá louco, então?

S: ( Silêncio) 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quarta, 13 de dezembro de 2017

14:30 - Doces e balas acabam e Papai Noel é apedrejado por crianças em SP

Terça, 12 de dezembro de 2017

09:03 - Padre do interior de São Paulo usa tirolesa para iniciar missa

Domingo, 10 de dezembro de 2017

09:06 - A cada 2 dias, 7 policiais feridos são afastados do trabalho no Estado de SP

08:48 - Baleado em roubo, soldado perdeu um terço do cérebro

Sábado, 09 de dezembro de 2017

09:57 - Mulher e amante são suspeitos de matar sargento na zona leste de SP

Quinta, 07 de dezembro de 2017

19:00 - Em recuperação judicial, grupo usineiro demite 800 funcionários no interior de SP

14:51 - São Paulo chega a acordo e terá Raí como novo diretor de futebol

Terça, 05 de dezembro de 2017

16:26 - Financiador do PCC e ex-integrante da cúpula da facção é morto no interior de SP

Segunda, 04 de dezembro de 2017

16:00 - Homem mata ex-mulher e nora em Pilar do Sul

Sábado, 02 de dezembro de 2017

10:15 - Mairiporã detecta febre amarela em 22 macacos


// leia também

Quarta, 13 de dezembro de 2017

15:42 - Chuva de meteoros Gemínidas chegará ao ápice nesta madrugada

15:33 - Chacina deixa seis mortos e quatro feridos durante partida de futebol em Manaus

09:15 - Quase 65 pais são presos por dia por deixar de pagar pensão alimentícia

08:53 - Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país

Terça, 12 de dezembro de 2017

19:00 - Rio pode rever pedido de transferência de Rogério 157 se houver delação premiada

17:45 - Carros do aplicativo 99 irão distribuir perfumes e cupons da Natura

14:20 - Polícia indicia 14 por morte de menina que esperou 15h por atendimento em SC

14:12 - Inscrições no Sisu começam no dia 29 de janeiro

08:54 - Enem para presos e segunda aplicação começam hoje

Segunda, 11 de dezembro de 2017

19:20 - Marcola e outras 12 lideranças do PCC deixam prisão de rigor máximo


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 13/12/2017
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 13/12/2017
4d4ff3f31814f4dd069405738f837313 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Vereadores de Cuiabá criaram o 13º salário para si mesmos




Logo_classifacil









Loja Virtual