Polícia prende suspeito de matar dentista e espancar idoso após pichação | Gazeta Digital

Quarta, 06 de dezembro de 2017, 14h32

Brasil

Polícia prende suspeito de matar dentista e espancar idoso após pichação


Estadao

Policiais do Departamento de Investigações Criminais (Deic) prenderam na manhã desta quarta-feira, 6, um dos acusados de espancar e matar o dentista Wellington Silva, de 39 anos, no ano passado. Integrante da lista de foragidos mais procurados da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, o suspeito Lucas Rafael de Siqueira Nunes, de 19 anos, foi detido na região de Heliópolis, na zona sul da capital. Aos agentes, ele negou ter participado do crime.

Nunes também era procurado por tentativa de homicídio já que, na ocasião, os criminosos espancaram o pai do dentista, o aposentado Manoel Silva, de 77 anos. Segundo as investigações, o suspeito fazia parte de um grupo de oito a dez pessoas que estava pichando a casa das vítimas, de madrugada.

Ao perceber a movimentação estranha e o comportamento do seu cachorro, que não parava de latir, o aposentado apanhou um facão e foi tirar satisfação com o grupo. Segundo relatou na época, os homens começaram a agredi-lo com ‘paus, pedras e até tijolos‘. O filho viria em seguida para ajudá-lo, mas também foi agredido.

Na delegacia, Manoel disse que desmaiou após os golpes e, ao retomar os sentidos, viu o filho caído. O irmão do rapaz chamou a polícia. O dentista chegou a ser encaminhado a um pronto-socorro em Pirituba, mas não resistiu aos ferimentos. O médico que o atendeu registrou o caso como ‘politrauma grave por agressão física‘.

Reprodução

Polícia prende suspeito de matar dentista e espancar idoso após pichação

Prisão

Um ano e quatro meses após o crime, a Polícia Civil conseguiu identificar o paradeiro do foragido. Nunes foi capturado na Avenida São João Clímaco, em Heliópolis, por uma equipe do Grupo Armado de Repressão a Roubos (Garra).

‘Foram crimes hediondos. Mataram uma pessoa e debilitaram permanente um idoso porque reclamaram do vandalismo praticado no muro‘, afirmou, em nota, o delegado Mário Palumbo, supervisor do Garra.

Posto no porta-malas da viatura, com as mãos algemadas, o suspeito foi filmado pelos agentes. Aos policiais, ele confirmou que fazia parte do grupo de pichadores, mas negou ter assassinado o dentista. ‘Eu sei que não matei ninguém.‘

Veja transcrição do vídeo da prisão de Lucas Rafael de Siqueira Nunes:

Policial: Você sabia que estava procurado ou não?

Suspeito: Sabia.

P: Por que vocês fizeram isso com o cara lá, meu?

S: Eu não fiz nada... Nem sei o que eu fiz lá.

P: O que é que você fez lá?

S: Infelizmente eu tava lá, cara.

P: Tava pichando?

S: Tava.

P: E os outros (pichadores) tão... Que é que são seu os outros?

S: Nada.

P: Nada?!

S: Conhecia de vista.

P: Mas você viu o pessoal espancando o senhor?

S: Mano...

P: Viu ou não viu?

S: Para falar a verdade, eles (as vítimas) que foi pra cima, com facão, os carai (sic) tudo... É verdade.

P: Ah tá. E precisava ter matado o dentista?

S: Então, o que teve... Quando eu cheguei dentro do carro, eu estava desesperado quando aconteceu o negocio lá. Não tinha entendido nada. Aí, ficaram comentando. Teve um que falou: ’Taquei pedra na cabeça deles mesmo, pá’. Eu tava desesperado quando aconteceu. Infelizmente eu estava no meio, né?

P: Então vocês mataram na paulada, no soco e na...

S: (Interrompendo) Não.

P: Mataram como?

S: Eu sei que não matei ninguém.

P: Vocês estavam embriagado ou não? Tava louco?

S: A gente tava bebendo, mas ninguém tava loucão, não.

P: Porra, mas vocês fizeram isso aí sem tá louco, então?

S: ( Silêncio) 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sábado, 24 de fevereiro de 2018

10:54 - Após 2 anos de queda, consumo de energia em SP fecha 2017 em alta de 1,9%

Quarta, 21 de fevereiro de 2018

09:38 - Polícia Federal deflagra operação contra tráfico de drogas em SP

Terça, 20 de fevereiro de 2018

15:07 - Grávida de 9 meses está em presídio de SP por furto de comida

Segunda, 19 de fevereiro de 2018

14:28 - Justiça condena homens que tatuaram testa de jovem no ABC

Domingo, 18 de fevereiro de 2018

17:30 - Justiça condena secretário de Doria por improbidade em São Paulo

Sábado, 17 de fevereiro de 2018

13:30 - Alckmin inaugura neste sábado, em Francisco Morato, obra de nova estação da CPTM

Quinta, 15 de fevereiro de 2018

17:02 - Recém-nascido fica dois dias com mãe em cela de 2 m² no centro de SP

09:54 - Até drone foi usado para levar droga para presídios de SP no Carnaval

Quarta, 14 de fevereiro de 2018

10:26 - Por ciúmes da ex, homem mata duas filhas pequenas e se mata em Itatiba (SP)

Terça, 13 de fevereiro de 2018

15:00 - Duas crianças morrem em incêndio na zona sul de São Paulo


// leia também

Domingo, 25 de fevereiro de 2018

14:00 - Menino de 10 anos morre baleado na cabeça no Rio

10:34 - Canelão da Rocinha, traficante procurado no Rio, é preso em SP

10:04 - Helicóptero é umas das 'armas' mais poderosas do crime organizado

Sábado, 24 de fevereiro de 2018

18:30 - FAB usa drones no Rio em análise de área estratégica

17:00 - Febre amarela; São Paulo registra 246 casos com 93 mortes desde 2017

15:00 - Não sei como não me acertaram, diz testemunha de ataque do PCC a hotel

14:30 - Rio de Janeiro volta ao estado de normalidade após chuvas

09:03 - Uso da água e desigualdade na oferta precisam ser discutidas, diz especialista

08:51 - Pessoa com deficiência pode pedir pela internet gratuidade em viagens

Sexta, 23 de fevereiro de 2018

21:00 - Secretário de segurança de SP diz que intervenção no Rio não deve afetar estado


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 25/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 25/02/2018
39b9c063e83a7a7ffb2f5dc9ad998ca8 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Segundo pesquisa, 67% apoiam intervenção na área de segurança pública em suas cidades




Logo_classifacil









Loja Virtual