Jovem eletrocutado no pré-carnaval é enterrado em SP | Gazeta Digital

Terça, 06 de fevereiro de 2018, 17h30

Jovem eletrocutado no pré-carnaval é enterrado em SP


Estadao

O corpo de Lucas Antônio Lacerda da Silva, de 22 anos, foi enterrado nesta terça-feira, 6, no cemitério municipal de Cardoso, cidade que fica a 558km da capital paulista. O estudante morreu eletrocutado no domingo, 4, após encostar em um poste semafórico com câmeras para monitoramento de público instalado na esquina da Rua da Consolação com a Rua Matias Aires, no centro da cidade. A tragédia ocorreu durante a passagem do bloco de rua Acadêmicos do Baixo Augusta.

O velório aconteceu na noite de segunda-feira, 5. Familiares e amigos lamentaram a morte de Lucas.

O estudante Heitor Henrique Ciciliano, de 21 anos, relata que é difícil expor com palavras o que aconteceu com o amigo. Eles costumavam curtir juntos o carnaval. ‘Estávamos seguindo com o bloco e decidimos ir ao banheiro na Rua Matias Aires. Quando estávamos voltando para o bloco, passamos pelas grades que tinham na rua para o controle de fluxo, nisso o Lucas, que estava na minha frente, apoiou-se no poste para não tropeçar e levou a primeira descarga elétrica. Caiu imediatamente. Com o tombo, encostou o pescoço no poste e levou a segunda descarga elétrica‘, lamentou Ciciliano. Ele lembra ainda que o pescoço do amigo ficou queimado. Ao tentar puxar o Lucas pelo abadá, também sentiu a corrente elétrica nas mãos.

Ciciliano reforça que algumas pessoas tentaram ajudar, mas lamenta que a ambulância demorou 30 minutos para chegar ao local. ‘Deixei apenas um homem que fazia massagem cardíaca ajudá-lo e fui pedir socorro para os guardas municipais que estavam ao nosso lado junto a uma viatura, mas, nas palavras dos guardas, eles não podiam fazer nada, pois não eram treinados para primeiros socorros. Nesse momento, uma mulher que passava junto com o bloco se anunciou como médica e que faria os primeiros socorros. Diria também que um dos problemas do ocorrido foi que a ambulância demorou 30 minutos para chegar‘, desabafou o amigo.

Doria

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta terça-feira que vai aguardar o laudo final da Polícia Civil antes de se pronunciar sobre a morte do folião que foi eletrocutado ao encostar em um poste em que estava instalada uma câmera de segurança da Prefeitura.

‘Estamos aguardando laudo final da Polícia Civil para um posicionamento final da prefeitura de São Paulo‘, disse o tucano, repetindo a informação de que a instalação dessa câmera em específico não foi autorizada pela Prefeitura. ‘Ela foi instalada indevidamente e em condições técnicas inadequadas‘, disse o prefeito.

Responsável pela infraestrutura do carnaval de rua de São Paulo, a empresa Dream Factory lamentou o ocorrido com o estudante e reforçou que somente a perícia dos órgãos competentes poderá informar se a causa da morte está ou não associada à instalação das câmeras da GWA System. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sábado, 24 de fevereiro de 2018

10:54 - Após 2 anos de queda, consumo de energia em SP fecha 2017 em alta de 1,9%

Quarta, 21 de fevereiro de 2018

09:38 - Polícia Federal deflagra operação contra tráfico de drogas em SP

Terça, 20 de fevereiro de 2018

15:07 - Grávida de 9 meses está em presídio de SP por furto de comida

Segunda, 19 de fevereiro de 2018

14:28 - Justiça condena homens que tatuaram testa de jovem no ABC

Domingo, 18 de fevereiro de 2018

17:30 - Justiça condena secretário de Doria por improbidade em São Paulo

Sábado, 17 de fevereiro de 2018

13:30 - Alckmin inaugura neste sábado, em Francisco Morato, obra de nova estação da CPTM

Quinta, 15 de fevereiro de 2018

17:02 - Recém-nascido fica dois dias com mãe em cela de 2 m² no centro de SP

09:54 - Até drone foi usado para levar droga para presídios de SP no Carnaval

Quarta, 14 de fevereiro de 2018

10:26 - Por ciúmes da ex, homem mata duas filhas pequenas e se mata em Itatiba (SP)

Terça, 13 de fevereiro de 2018

15:00 - Duas crianças morrem em incêndio na zona sul de São Paulo


// leia também

Sábado, 24 de fevereiro de 2018

17:00 - Febre amarela; São Paulo registra 246 casos com 93 mortes desde 2017

15:00 - Não sei como não me acertaram, diz testemunha de ataque do PCC a hotel

14:30 - Rio de Janeiro volta ao estado de normalidade após chuvas

09:03 - Uso da água e desigualdade na oferta precisam ser discutidas, diz especialista

08:51 - Pessoa com deficiência pode pedir pela internet gratuidade em viagens

Sexta, 23 de fevereiro de 2018

21:00 - Secretário de segurança de SP diz que intervenção no Rio não deve afetar estado

20:00 - Gol não pode cobrar marcação de assento de pessoas com necessidade especial

19:00 - Dinheiro da corrupção, recuperado pela Lava Jato, no Rio, vai reformar escolas

17:30 - Volkswagen do Brasil vai exportar peças de carro para fábrica na Alemanha

17:23 - Brasil não precisa de candidatos 'voluntaristas', diz Meirelles


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 24/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sábado, 24/02/2018
116961967de356eee6ddd02c7d0c8fb3 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Lei municipal permite que ruas sem saída em Cuiabá sejam fechadas por moradores




Logo_classifacil









Loja Virtual