Ministra Cármen Lúcia inaugura presídio no interior de Goiás | Gazeta Digital

Sexta, 09 de fevereiro de 2018, 08h52

Em Formosa

Ministra Cármen Lúcia inaugura presídio no interior de Goiás


Estadao

Em Formosa, no interior de Goiás, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Cármen Lúcia, visitou na manhã desta sexta-feira, 9, as instalações do novo Presídio Estadual da cidade, que fica a 280 km de Goiânia.

No local, que tem capacidade para 300 vagas, Cármen encontrou o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB). Pela manhã acontece a solenidade de inauguração. Este é o primeiro de cinco presídios que serão abertos no Estado, que devem acrescentar 1.588 vagas ao sistema prisional de Goiás, segundo a Diretoria Geral de Administração Penitenciária do Estado.

Durante a visita, acompanhada por representantes e autoridades da cidade, do Estado, do CNJ e do STF, Cármen ouviu a certificação de Perillo de que a capacidade do novo local será respeitada. ‘Temos o compromisso. Trezentas vagas são trezentas vagas‘, disse o governador.

A viagem também marca um mês da ida de Cármen à Goiânia, quando se reuniu com Perillo e autoridades do judiciário sete dias após um confronto entre detentos do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia que deixou nove mortos. O complexo ainda foi palco de outros dois motins no início do ano.

Depois da inauguração do presídio em Formosa, ela viaja novamente à capital de Goiás. Lá, participa de um ato de destruição de armas apreendidas na sede do Exército, junto do governador. Depois Cármen e Perillo seguem para o Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) para a segunda reunião da força-tarefa criada para discutir a crise do sistema prisional goiano.

Segundo o governo do Estado, o novo presídio custou cerca de R$ 19 milhões aos cofres públicos. A construção visa melhorar a situação do sistema prisional goiano e atender as resoluções estabelecidas pelo Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária.

O presídio tem 6 mil metros quadrados, com sala de aula, pátio para tomar sol, área para atendimento psicológico e espiritual, além de galpões e guaritas de segurança, segundo o governo.

São dois pavilhões de celas, que comportam de um a oito presos cada uma, separados de acordo com o nível de periculosidade. Além das vagas coletivas, o local tem quatro celas para isolamento.

Transferência

Segundo o vice-governador do Estado, José Eliton, 110 presos da cidade serão transferidos para o novo presídio. O processo estratégico de transferência das vagas de outras cidades, como de Goiânia, ainda será definido, e não deve demorar, segundo o vice.

Ele ainda contou que o local do regime semiaberto no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia será demolido e substituído por uma nova construção, em outro local. Foi lá que aconteceu a primeira rebelião de 2018 no Estado, que resultou na morte de nove presos.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quarta, 21 de fevereiro de 2018

11:34 - Soltura de mães presas divide opiniões em MT

Segunda, 19 de fevereiro de 2018

09:20 - Rebelião termina em presídio de Japeri com liberação de reféns

Quarta, 14 de fevereiro de 2018

18:11 - Bloqueador de sinal de R$ 2,5 milhões não funciona e CGE investiga

Sábado, 27 de janeiro de 2018

12:31 - Princípio de motim é controlado em cadeia de Sorriso

Sexta, 26 de janeiro de 2018

09:39 - Sistema prisional de MT registra 2º preso enforcado em 48h

07:00 - TJ mantém bloqueio de R$ 15 milhões para reforma de centro socioeducativo

Quarta, 24 de janeiro de 2018

11:46 - Preso é encontrado enforcado na cela; motivo da morte ainda será apurado

Segunda, 22 de janeiro de 2018

13:51 - Presidiário com HIV morre internado em hospital do interior

Domingo, 21 de janeiro de 2018

08:30 - Varredura no Presídio Ferrugem apreende celulares, droga, chuços e serras

Segunda, 08 de janeiro de 2018

08:15 - Fábrica emprega reeducandos e produz 300 mil peças de concreto


// leia também

Sábado, 24 de fevereiro de 2018

18:30 - FAB usa drones no Rio em análise de área estratégica

17:00 - Febre amarela; São Paulo registra 246 casos com 93 mortes desde 2017

15:00 - Não sei como não me acertaram, diz testemunha de ataque do PCC a hotel

14:30 - Rio de Janeiro volta ao estado de normalidade após chuvas

09:03 - Uso da água e desigualdade na oferta precisam ser discutidas, diz especialista

08:51 - Pessoa com deficiência pode pedir pela internet gratuidade em viagens

Sexta, 23 de fevereiro de 2018

21:00 - Secretário de segurança de SP diz que intervenção no Rio não deve afetar estado

20:00 - Gol não pode cobrar marcação de assento de pessoas com necessidade especial

19:00 - Dinheiro da corrupção, recuperado pela Lava Jato, no Rio, vai reformar escolas

17:30 - Volkswagen do Brasil vai exportar peças de carro para fábrica na Alemanha


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 25/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 25/02/2018
39b9c063e83a7a7ffb2f5dc9ad998ca8 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Lei municipal permite que ruas sem saída em Cuiabá sejam fechadas por moradores




Logo_classifacil









Loja Virtual