Homem é preso por desacato a militares durante operação na zona oeste do Rio | Gazeta Digital

Sábado, 03 de março de 2018, 15h00

Homem é preso por desacato a militares durante operação na zona oeste do Rio


Estadao

Um homem de 26 anos foi preso por desacato durante a operação das Forças Armadas na Vila Kennedy, zona oeste do Rio, na manhã deste sábado, 3. Este foi o primeiro caso de prisão por desacato a militar, desde que começaram as operações relacionadas à intervenção federal no Rio, no dia 21.

De acordo com a assessoria do Comando Militar do Leste (CML), o homem, que ainda não teve a identidade revelada, foi preso porque ‘proferiu uma série de xingamentos, ofensas e palavras de baixo calão direcionadas aos militares em presença na atividade‘, quando as tropas desembarcaram na comunidade para o início da operação.

A ação deste sábado no local tem o objetivo de desobstruir vias e retirar obstáculos montados por criminosos para dificultar o acesso de autoridades nestas áreas. Ao todo, 1.400 militares participam da operação, com apoio de blindados e equipamentos pesados de engenharia.

O homem, que seria autônomo, recebeu voz de prisão e vai responder por auto de prisão em flagrante delito por desacato a militar em serviço na operação relacionadas à Garantia da Lei e da Ordem (GLO), segundo o CML.

Após a prisão, o homem foi conduzido à Delegacia de Polícia Judiciária Militar instalada na Vila Militar, por se tratar de crime militar, para a lavratura do Auto de Prisão em Flagrante Delito (APFD).

‘Em se tratando de um civil, como é o caso, após a lavratura do APFD ele será encaminhado à 33Ð Delegacia de Polícia (Realengo) para aguardar a decisão judicial, que será exarada em audiência de custódia‘, informou, por nota, o CML.

O comando justificou que a prisão foi baseada no artigo 299, do Código Penal Militar, que estabelece detenção de seis meses a dois anos para quem ‘desacatar militar no exercício de função de natureza militar ou em razão dela‘.

Militares ligados ao Comando Conjunto das Operações ouvidos pelo Estado disseram que o fato deste sábado mostra que é importante se discutir o desacato a militares porque ‘muita gente acha que pode sair xingando e tudo bem‘.

A maioria dos crimes praticados contra militares em operações de GLO no Rio (90%) foi ligada a desacato, conforme estatísticas nas operações na Maré e no Alemão. Desobediência e resistência à prisão configuram os demais casos. Na Maré, foram registrados 144 autos de Prisão em Flagrante Delito e, no Alemão, 130. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quinta, 21 de junho de 2018

10:16 - Forças Armadas bloqueiam vias e revistam pessoas em operação no RJ

Segunda, 18 de junho de 2018

12:00 - Bandidos roubam depósito no Rio, trocam tiros com policiais e fogem

Sábado, 16 de junho de 2018

09:09 - Jungmann sugere que intervenção continue por mais um ano no RJ

Domingo, 10 de junho de 2018

12:30 - Homem é baleado em confronto com a PM em Copacabana

Sexta, 08 de junho de 2018

12:30 - Operação das Forças Armadas na zona oeste do Rio entra no 2º dia

Quinta, 07 de junho de 2018

12:40 - Mãe morre após saber que filho PM foi morto a tiros na Baixada Fluminense

09:35 - Ação das Forças Armadas põe mais de 5.000 homens nas ruas do Rio

Sábado, 02 de junho de 2018

16:30 - Número de policiais mortos no estado do Rio chega a 54 neste ano

Quinta, 24 de maio de 2018

09:27 - Avião da FAB cai na rodovia Rio-Santos na altura de Itaguaí no Rio de Janeiro

Sábado, 19 de maio de 2018

11:17 - PF apreende 1 tonelada de maconha e mais 10kg de cocaína no Rio


// leia também

Sexta, 22 de junho de 2018

19:52 - Greenpeace assume ter deixado mala com alarme em comissão da Câmara

19:41 - ONU Mulheres condena assédio promovido por brasileiros na Rússia

18:41 - MEC quer adiar ampliação do tempo de formação de professor

08:20 - Prazo para matrícula e lista de espera no Sisu começa hoje

08:12 - Justiça não vê uso de criança no tráfico como trabalho infantil

Quinta, 21 de junho de 2018

15:53 - MPF vai investigar brasileiros que assediaram mulher na Rússia

14:45 - Surto de toxoplasmose no RS tem origem na água, diz ministro

12:29 - Desmatamento no Cerrado recua, mas em 7 anos é 60% maior que perda da Amazônia

10:39 - Ministério da Educação e FNDE fazem pesquisa sobre transporte escolar

Quarta, 20 de junho de 2018

18:30 - Operações levam pânico a moradores de favelas do Rio


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 23/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Sábado, 23/06/2018
00cd1afd8757c6b9bf1a877a182fcfcc anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O que os eleitores vão depositar nas urnas em outubro?




Logo_classifacil









Loja Virtual