PF prende ex-diretor de universidade do Paraná dono de 58 quitinetes | Gazeta Digital

Terça, 13 de março de 2018, 14h48

enriquecimento ilícito

PF prende ex-diretor de universidade do Paraná dono de 58 quitinetes


Estadao

A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira, 13, o ex-diretor-geral do Câmpus Cornélio Procópio da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) Devanil Antônio Francisco, sob suspeita de enriquecimento ilícito. Ele é um dos principais alvos da Operação 14 Bis, que investiga desvios milionários dos cofres da Universidade por meio de fraudes em licitações e contratos de prestação de serviços.

Chico Ferreira

Devanil Francisco é acusado de ter amealhado um patrimônio extraordinário durante o período em que exerceu as funções no Câmpus. Os investigadores informaram que ele montou uma empresa, a 14 Bis, que deu nome à operação, exclusivamente para administrar tantos bens, entre os quais dois edifícios em Cornélio Procópio (PR), um com 32 quitinetes e outro com 26, que eram alugados para os próprios alunos da Universidade.

Além dos bens imóveis, Devanil Francisco, segundo a PF, é sócio na construção de um terceiro prédio de luxo, em parceria com um empresário envolvido nas fraudes, na mesma cidade situada a 400 quilômetros da capital, Curitiba.

A Operação 14 Bis, deflagrada pela PF em parceria com a Procuradoria, a Controladoria-Geral da União e a Receita, prendeu ao todo 20 investigados, em regime temporário por cinco dias, e realizou buscas em 26 endereços - além de joias, carros de alto padrão e três lanchas, os federais apreenderam 27 mil dólares.

Outro ex-servidor da Universidade foi preso: Sandro Rogério de Almeida, que ocupou o cargo de diretor de Planejamento e Administração do Câmpus Cornélio Procópio.

As fraudes foram investigadas também por meio de auditoria interna da Universidade, que demitiu Devanil Francisco e Sandro em 2016. A PF informou que a Reitoria da Universidade colaborou decisivamente com as investigações.

Levantamento preliminar põe sob suspeita contratos que somaram gastos de R$ 5,7 milhões.

Segundo a PF, os desvios foram constatados em todos os contratos firmados por Devanil Francisco e Sandro no período em que ocuparam cargos estratégicos no Câmpus, pelo menos por dois anos e meio.

A investigação descobriu a atuação de dois núcleos de empresários, um deles fazia uso de pessoas jurídicas de fachada com vários ‘laranjas‘, inclusive seus próprios familiares, que emprestavam seus nomes. As empresas contratadas eram praticamente do mesmo ramo - prestação de serviços gerais, conservação predial e limpeza.

‘A fraude era generalizada‘, afirmou o delegado-chefe da PF de Londrina, Nilson Antunes da Silva.

A PF, a Procuradoria, a CGU e a Receita constataram que os ex-dirigentes do Câmpus direcionavam as licitações para contratação das empresas. ‘Supervalorizavam os contratos de limpeza, de mão de obra, de prestação de serviços e de manutenção e também no fornecimento de peças e combustíveis.‘

A PF informou que ‘abriu o leque‘ das investigações no âmbito da Operação 14 Bis e descobriu que o mesmo grupo de empresários que se infiltrou no Câmpus estaria ligado a contratos milionários com outros órgãos públicos federais.
 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 13 de abril de 2018

08:52 - STJ envia processo contra Beto Richa à Justiça Federal no Paraná

Terça, 03 de abril de 2018

09:47 - Com Operação Dictum, PF mira em tráfico de drogas no Paraná

Sexta, 29 de dezembro de 2017

10:36 - Velório no Paraná tem chope, música e 'uniforme' vermelho

Sexta, 24 de novembro de 2017

12:04 - Operação da PF desarticula esquema de tráfico de drogas no Paraná

Sexta, 17 de novembro de 2017

09:23 - Operação Enigma procura 30 do tráfico internacional

Terça, 14 de novembro de 2017

18:05 - PRF encontra 2,8 toneladas de maconha em fundo falso de caminhão no Paraná

Sexta, 03 de novembro de 2017

15:56 - Caminhoneiro é preso com cerca de R$ 12 milhões no Paraná

Terça, 17 de outubro de 2017

16:08 - Em Curitiba, polícia prende suspeitos de desviar R$ 10,5 milhões do BB

Segunda, 18 de setembro de 2017

13:30 - Pesquisadores confirmam abalo sísmico de magnitude 3,5 no Paraná

Quinta, 29 de junho de 2017

14:40 - Corpo de bebê é encontrado carbonizado dentro de mala em Rolândia


// leia também

Sábado, 23 de junho de 2018

12:05 - Secretaria faz alerta sobre sarampo na Copa da Rússia

09:21 - Risco de novo surto de zika ameaça 80 cidades de Pernambuco

Sexta, 22 de junho de 2018

19:52 - Greenpeace assume ter deixado mala com alarme em comissão da Câmara

19:41 - ONU Mulheres condena assédio promovido por brasileiros na Rússia

18:41 - MEC quer adiar ampliação do tempo de formação de professor

08:20 - Prazo para matrícula e lista de espera no Sisu começa hoje

08:12 - Justiça não vê uso de criança no tráfico como trabalho infantil

Quinta, 21 de junho de 2018

15:53 - MPF vai investigar brasileiros que assediaram mulher na Rússia

14:45 - Surto de toxoplasmose no RS tem origem na água, diz ministro

12:29 - Desmatamento no Cerrado recua, mas em 7 anos é 60% maior que perda da Amazônia


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 23/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Sábado, 23/06/2018
00cd1afd8757c6b9bf1a877a182fcfcc anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Qual sua opinião sobre o comportamento dos brasileiros fora do Brasil?




Logo_classifacil









Loja Virtual