Democracia | Gazeta Digital

Quinta, 25 de janeiro de 2018, 00h00

Democracia


A diretoria do Facebook emitiu um comunicado público no início da semana em que afirma que as redes sociais podem ser prejudiciais à democracia. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo, cuja reportagem sustenta ainda que a empresa deve alterar suas regras para publicações pagas com o objetivo de “corrigir” o impacto que alguns anúncios podem causar nas eleições.

Eleições

As mudanças promovidas pelo Facebook têm como pano de fundo as eleições norte-americanas, mas também podem (quem sabe?) melhorar o debate político no Brasil. Uma das principais metas da rede social é barrar as “fake news”, que também já são uma preocupação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em terras tupiniquins.

Polêmicas

No entanto, os laudos elaborados por Ricardo Molina - que também trabalhou junto com a defesa do goleiro Bruno e sobre o documento de compra do triplex do Guarujá pelo ex-presidente Lula, a pedido da revista Isto É -, vez ou outra, são alvos de polêmicas. No caso do presidente Michel Temer, por exemplo, ele afirmou que houve adulteração no áudio, afirmação contestada por peritos da Polícia Federal.

Rios de dinheiro

O deputado estadual em exercício Jajah Neves (PSDB) que, de acordo com um áudio vazado na internet e atribuído a ele, estaria gastando rios de dinheiro devido ao processo eleitoral contra a campanha de seu irmão, Ademar Jajah (PSDB), a vereador por Várzea Grande em 2016, está desembolsando mais dinheiro ainda, agora, por causa do próprio áudio em que ele reclama do irmão.

Especialista

Jajah Neves contratou o perito Ricardo Molina, que já atuou em casos de grande repercussão no país. O mais recente deles também diz respeito a uma gravação de áudio: a do presidente da República, Michel Temer (PMDB), feita pelo empresário da JBS, Joesley Batista, e que resultou em uma das denúncias que pesam contra o peemedebista na operação Lava Jato.

Sombra fresca

Além da baixa adesão - cerca de 80 pessoas compareceram ao ato - a manifestação em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em frente à sede da Justiça Federal, em Cuiabá, ainda foi castigada pelo sol. O forte calor fez os militantes passarem a maior parte do tempo “grudados” a um muro, onde havia um pouco de sombra, o que acabou inviabilizando o impacto visual que a aglomeração de pessoas poderia causar. Pelo menos, teve pão com mortadela para quem se dispôs a comparecer.

Edição

Diga-se de passagem, segundo reportagem do site O Livre, Ricardo Molina já concluiu o trabalho contratado por Jajah Neves e também apontou edição na gravação atribuída ao deputado em exercício, o que, na avaliação do perito, por si só, já anula o material como prova de qualquer ilícito - como a transferência da verba indenizatória para o titular da vaga, Wilson Santos (PSDB) -, ainda que se constate que aquela era mesmo a voz do parlamentar.

Nunca é tarde

Se tem uma coisa que a prisão parece despertar nas pessoas é a vontade de estudar. O ex-vereador João Emanuel afirmou ter lido mais de 170 livros. O ex-governador Silval Barbosa resolveu começar a cursar Teologia, na modalidade de ensino a distância. E o coronel da Polícia Militar Zaqueu Barbosa tentou autorização da Justiça para fazer uma graduação em Educação Física. O pedido acabou negado.
 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Sexta, 23 de fevereiro de 2018

00:00 - Versão oficial

Quinta, 22 de fevereiro de 2018

00:00 - Transferências

Quarta, 21 de fevereiro de 2018

00:00 - Incentivos

Terça, 20 de fevereiro de 2018

00:00 - Decisão

Segunda, 19 de fevereiro de 2018

00:00 - Fundos

Domingo, 18 de fevereiro de 2018

00:00 - Decisões

Sábado, 17 de fevereiro de 2018

00:00 - Vaquinha

Sexta, 16 de fevereiro de 2018

00:00 - Fim do prazo

Quinta, 15 de fevereiro de 2018

00:00 - Guerra à vista

Terça, 13 de fevereiro de 2018

00:00 - Nada de mágica


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 23/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 23/02/2018
A2e8b51001c64082e6766c7843812b80 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Boa parte de Cuiabá está infestada pelo mosquito aedes aegypti




Logo_classifacil









Loja Virtual