Regras | Gazeta Digital

Domingo, 28 de janeiro de 2018, 00h00

Regras


A regra para composições de CPIs na Assembleia Legislativa é diferente da Câmara de Cuiabá. No Legislativo da Capital, somente quem assinou o requerimento pela instalação da comissão de inquérito pode fazer parte dela, o que não é exigido no Estadual. Mas daí a ocupar três das cinco vagas da CPI com deputados que não queriam a investigação...

Empregos

De acordo com os dados, Rondonópolis gerou 1.660 vagas de emprego no ano passado, Sinop criou 1.519 postos de trabalho e Várzea Grande outros 1.403. Já o município de Cláudia está na outra ponta do levantamento, entre as 50 cidades brasileiras que mais fecharam vagas de emprego formal, ocupando a 43ª posição. Lá, 1.341 postos de trabalho deixaram de existir no ano passado.

Inimigo íntimo

O combate à sonegação, anunciado pelo secretário de Estado de Fazenda, Rogério Gallo, como uma das metas de sua atuação à frente da Pasta vai precisar de um capítulo voltado para os próprios servidores da Sefaz. Cada dia mais, investigações e ações judiciais vêm demonstrando o envolvimento de funcionários do Estado em esquemas de sonegação que beneficiam empresários.

Ranking

Três cidades mato-grossenses estão entre as que mais geraram empregos no país ao longo de 2017. Os dados são do Ministério do Trabalho e, de acordo com levantamento feito pelo portal de notícias G1, Rondonópolis, Sinop e Várzea Grande estão entre as 50 primeiras colocadas, ocupando, respectivamente, a 22ª, a 28ª e a 34ª posições no ranking.

Investigação

Cotado para ser o presidente ou o relator da investigação, o deputado estadual Leonardo Albuquerque (PSD) chegou a conceder inúmeras entrevistas em que afirmava acreditar que a CPI sequer era necessária. A defesa do pessedista era que fosse dado tempo para o governo do Estado apresentar uma justificativa às acusações de que desviou recursos de fundos estaduais.

Gestão feminina

Dos três municípios, dois são governados por mulheres: Sinop, que está sob o comando de Rosana Martinelli (PR), e Várzea Grande, sob a gestão de Lucimar Campos (DEM). A democrata, aliás, assumiu a prefeitura justamente com a missão de recuperar a economia da cidade e a autoestima da população depois de anos de instabilidade política.

Sem descanso

Depois de quatro anos sem mandato, dedicando boa parte de seu tempo a tratamentos de saúde, o ex-deputado federal Júlio Campos (DEM) deve novamente disputar uma eleição neste ano. Segundo ele próprio, a ideia é voltar para a Câmara dos Deputados. De novo, somente o mandato. Nesse período, Júlio não chegou a se “aposentar” realmente da política.

Atrasado

O deputado federal Fábio Garcia (sem partido) afirmou durante a solenidade de inauguração do Ganha Tempo do CPA que, assim como o governador Pedro Taques (PSDB), também tem o sonho de ser prefeito de Cuiabá. Um tanto tarde, se lembrarmos que o parlamentar poderia, muito bem, ter substituído Mauro Mendes na campanha de 2016, quando o ex-prefeito preferiu não tentar a reeleição.
 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Sábado, 24 de fevereiro de 2018

00:00 - Sem quórum

Sexta, 23 de fevereiro de 2018

00:00 - Versão oficial

Quinta, 22 de fevereiro de 2018

00:00 - Transferências

Quarta, 21 de fevereiro de 2018

00:00 - Incentivos

Terça, 20 de fevereiro de 2018

00:00 - Decisão

Segunda, 19 de fevereiro de 2018

00:00 - Fundos

Domingo, 18 de fevereiro de 2018

00:00 - Decisões

Sábado, 17 de fevereiro de 2018

00:00 - Vaquinha

Sexta, 16 de fevereiro de 2018

00:00 - Fim do prazo

Quinta, 15 de fevereiro de 2018

00:00 - Guerra à vista


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 24/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sábado, 24/02/2018
116961967de356eee6ddd02c7d0c8fb3 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Lei municipal permite que ruas sem saída em Cuiabá sejam fechadas por moradores




Logo_classifacil









Loja Virtual