Do contra | Gazeta Digital

Terça, 17 de abril de 2018, 00h00

Do contra


Único vereador do PP na Câmara de Cuiabá que adota uma postura de oposição ao prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), Diego Guimarães está prestes a assumir a vaga de presidente do Intermat, na gestão Pedro Taques (PSDB), quando seu partido, enfim, define que vai ficar do lado da oposição ao tucano nas eleições de outubro. A postura do parlamentar até faz pensar que Diego perdeu o time da janela partidária. Deveria ter aproveitado a oportunidade para trocar de partido, já que não concorda com quase nada que é definido por sua legenda.

Articulação


Por outro lado, tem quem diga que a possível ida de Diego Guimarães para o Intermat é, na verdade, uma articulação de Emanuel Pinheiro com o governador Pedro Taques, que passaram de adversários políticos a aliados, quando o emedebista assumiu a Prefeitura de Cuiabá.
A tal articulação ainda teria contado com o aval do Progressistas e o objetivo seria, justamente, tirar Diego Guimarães de dentro da Câmara de Cuiabá. O motivo? A CPI do Paletó, da qual ele não é membro, mas é um dos mais atuantes.
 

Retorno marcado

Diego Guimarães - que vale ressaltar, ainda não aceitou o convite de Pedro Taques -, no entanto, teria um plano B pronto para executá-lo. Autor do pedido judicial para que a CPI do Paletó tenha sua composição reformulada, o vereador estaria disposto a abrir mão do cargo no governo do Estado, se a Justiça acatar sua solicitação.
Ele voltaria para a Câmara de Cuiabá no mesmo dia para poder estar entre os novos membros da CPI que vão dar continuidade à investigação contra Emanuel Pinheiro.

Delação


Quando se fala em investigação, em delação, em desvio de dinheiro, os escândalos revelados pelo ex-governador Silval Barbosa são, sem dúvida, os mais vívidos na memória dos mato-grossenses. E, dentro dos próximos dias, essa lembrança deve ser revivida. Há quem diga que os citados na delação do ex-governador podem ter surpresas desagradáveis ao longo da semana.
E a julgar pela quantidade de pessoas que foram citadas na delação, a tendência é que esse período de más notícias - pelo menos para os acusados de alguma coisa - dure um bom tempo. Ou, ao contrário, seja curto, mas turbulento, como quando os depoimentos de Silval vieram à tona trazendo, de uma só vez, uma enxurrada de denúncias.
 

Novos aliados

Enquanto ganha novos aliados, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), estaria deixando de lado alguns dos antigos. Nos bastidores, a informação que circula é que o presidente da Câmara, Justino Malheiros (PV), rompeu com o emedebista porque não recebeu de volta o apoio que esperava para a disputa pelo comando da Mesa Diretora, cuja eleição acontece no semestre que vem.

Colhendo frutos


Entre os motivos para a ruptura entre Justino Malheiros e Emanuel Pinheiro, estaria o fato de o presidente da Câmara estar incomodado por ter segurado a barra ao longo do último ano de todo o desgaste da gestão do emedebista - desde que veio à tona a delação do ex-governador Silval Barbosa - e, supostamente, não estar recebendo apoio do prefeito quando mais precisa, ou seja, quando tiveram início as articulações para a eleição da Mesa Diretora.
Na lista de “barras” que Justino segurou para Emanuel pode-se citar a própria CPI do Paletó, que tem sido motivo de notícias quase sempre desfavoráveis para o Legislativo municipal, e a frustração da suplementação à Câmara que resultou na demissão de todos os servidores faltando pouco para terminar o ano passado.
 

Antes tarde...

Dono do título ‘o resolvedor de problemas‘, adquirido quando o escândalo da Operação Ararath veio à tona em Mato Grosso, o ex-secretário de Estado Eder Moraes - condenado a mais de 80 anos de prisão em processo penais oriundos desta investigação - agora quer apresentar ao governo Pedro Taques (PSDB) uma sugestão para tirar Mato Grosso da crise.
 A explanação formal do projeto vai ser na Assembleia Legislativa, na tarde desta terça-feira (17).

... do que nunca


A ideia vem amadurecendo na mente de Eder Moraes desde meados do ano passado, quando ele falou dela à reportagem do Gazeta Digital. Se for mesmo boa, pelo menos, dessa vez, o ex-secretário - que teria sido a mente que arquitetou todo o esquema de desvio e lavagem de dinheiro, alvo da Operação Ararath - agora estará usando o conhecimento que tem (e ninguém duvida que é muito) para o bem de Mato Grosso.
 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Quarta, 25 de abril de 2018

00:00 - Novela

Terça, 24 de abril de 2018

00:00 - Na rua

Segunda, 23 de abril de 2018

00:00 - Desventuras em série

Sábado, 21 de abril de 2018

00:00 - Virou lenda

Sexta, 20 de abril de 2018

00:00 - Gestão relâmpago

Quinta, 19 de abril de 2018

00:00 - Atrasado

Quarta, 18 de abril de 2018

00:00 - Revolta

Segunda, 16 de abril de 2018

00:00 - Pelo início

Domingo, 15 de abril de 2018

00:00 - Rei morto...

Sábado, 14 de abril de 2018

00:00 - Incertezas


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 25/04/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 25/04/2018
72a9403112aff7a049263a318f98e418 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Você confia nos resultados de pesquisas eleitorais?




Logo_classifacil









Loja Virtual