Segunda, 24 de setembro de 2012, 11h35

ETA TIJUCAL

Mais de 11 bairros ficam sem água nesta segunda-feira em Cuiabá

Izabel Barrizon, repórter do GD


Mais de 11 bairros de Cuiabá tiveram o fornecimento de água interrompido nesta segunda-feira (24). Segundo a CAB Cuiabá, empresa responsável pelo serviço de fornecimento de água e esgoto na Capital, um rompimento na adutora de água na saída da Estação de Tratamento de Água (ETA) Tijucal, causou o problema.

Arquivo jornal A Gazeta

Equipe de manutenção já trabalha no reparo, mas a previsão é de que o trabalho dure 8h, tempo em que o fornecimento de água ficará suspenso. Os locais afetados pela manutenção são São José I, Comodoro (I e II) , Santa Terezinha, São Gonçalo III, Parque Residencial Coxipó, Getúlio Vargas, Itapajé, Residencial Coxipó, Jardim Presidente I e II, Ipê Amarelo e Vila Verde.

O sistema de abastecimento volta ao normal à noite. Mais informações podem ser obtidas pelo call center, no telefone 0800 646 6115, nas 24h do dia. (Com informações ascom CAB Ambiental)

Acompanhe o GD também pelo Twitter: @portalgazeta

 



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Quinta, 24 de abril de 2014

08:58 - Bope entra na mata e caça assaltantes de banco

07:30 - Dilma participa de 3 eventos hoje em Cuiabá

Quarta, 23 de abril de 2014

18:07 - Justiça interdita Mirante a pedido do Ministério Público

18:05 - Bancários protestam contra demissões

16:43 - Perri nega recurso ao Estado e mantém suspenso pedágio na MT-130

16:10 - TJ concede HC e réu terá prazo para recorrer de sentença de pronúncia

15:43 - Criminosos assaltam Banco do Brasil e fazem reféns

14:01 - Governo do Estado tem até o dia 05 de maio para entregar Arena completa

11:46 - Manifestantes liberam BR-364, mas não descartam novo bloqueio

11:33 - Homem é condenado por tentativa de estupro e roubo


 ver todas as notícias
Quinta, 24/04/2014
 

Fogo Cruzado
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • rss
Rádios ao Vivo
  • cbn
  • cbn
Destaques TV Record
ao vivo
Enquete

Você é a favor ou contra que, em caso de greve, os serviços de segurança pública sejam obrigados a manter em atividade, no mínimo, 80% do total de seus servidores?


Logo_classifacil