Sexta, 31 de maio de 2013, 17h13

SAÚDE DO ÍNDIO

MT recebe 28 veículos para atender povos indígenas

Welington Sabino, repórter do GD


João Vieira
Os 28 veículos novos são picapes VW Amarok e todos equipados com rastreamento via satélite

O Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Cuiabá ganhou o reforço de 28 veículos novos, todos equipados com sistema de rastreamento via satélite e motoristas com disponibilidade de cobertura 24 horas. Os veículos novos somarão à frota já existente beneficiando 6.964 indígenas que vivem em 108 aldeias, pertencentes a 10 etnias, cujos serviços são prestados em 10 polos-base, 37 postos de saúde e 3 Casas de Saúde Indígena (Casai). Eles serão locados por um ano em contrato que pode ser renovado por mais 4 anos. O contrato inclui ainda a contratação de motoristas e os serviços de manutenção.

Os veículos, todas picapes VW Amarok, foram entregues pelo secretário Especial de Saúde Indígena, do Ministério da Saúde, Antônio Alves de Souza, nesta sexta-feira (31) e servem para realizar transporte de pacientes, medicamentos e equipes de Saúde Indígena. “A contratação desses veículos é importante para deixar a gestão da saúde indígena livre para cuidar da qualidade da atenção básica, deixando a administração frota com a empresa contratada”, disse o secretário durante a entrega. O DSEI Cuiabá abrange 16 municípios numa área que vai da Capital até a fronteira com a Bolívia.

Ele pontuou que são os primeiros veículos de muitos outros que vão reforçar nossa estrutura de transporte em todo o país. Para o secretário, o rastreamento por satélite dos carros vai permitir um rigoroso controle do uso desses veículos e mais transparência na gestão dos contratos. O monitoramento dos veículos permitirá a localização exata dos mesmos, a sua velocidade, o trajeto percorrido a cada deslocamento e para que finalidade o mesmo está sendo utilizado, tudo a partir de um site na internet que pode ser acompanhado pelos gestores da Sesai em Brasília.

Saúde Indígena

A Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), criada em 20 de outubro de 2010, é responsável pela implementação do Subsistema de Atenção à Saúde Indígena, em articulação com o Sistema Único de Saúde (SUS), cuja missão é executar ações de atenção básica de saúde para cerca de 700 mil indígenas que vivem em 5 mil aldeias em todo o país. (Com Agência Saúde)

Acompanhe o GD também pelo Twitter: @portalgazeta



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Sexta, 05 de fevereiro de 2016

17:34 - Criança morre engasgada com carne

16:31 - Idosa com problemas mentais morre após cair em fossa

11:54 - Exército vai às ruas combater o Aedes em MT

11:14 - MPF recomenda à Previdência que regularize benefícios

Quinta, 04 de fevereiro de 2016

14:26 - MT terá reforço de 2,5 mil militares contra o Aedes

10:26 - Confira o que abre e fecha em Cuiabá durante o Carnaval

09:09 - Canhotos do MT CAP são encontrados em terreno baldio

08:29 - Sisu convoca hoje os nomes da lista de espera

08:00 - Polícia fecha bairros críticos em Cuiabá e cumpre mandados

Quarta, 03 de fevereiro de 2016

17:17 - Aumentam casos de dengue no Estado


 ver todas as notícias
Cuiabá, Sábado, 06/02/2016
 

WhatsApp

Fogo Cruzado waze

  • twitter
  • facebook
  • google+
  • rss
ao vivo

Rádios ao vivo
  • cbn
  • cbn
Indicadores Financeiros
Dólar Comercial 3,8894 -0,68%
Ouro - BM&F (à vista) 144,000 + 1,4085%
+ veja mais
Mercado Agropecuário
Boi Gordo @ 130,00
Soja - saca 60 kg 65,00
+ veja mais
Loterias
Mega-Sena 01 05 13 25 26 29
Quina 07 22 49 52 76
+ veja mais
Mais Lidas Enquete

Com o decreto de situação de emergência em saúde pública a população vai se conscientizar que a única forma atual de evitar a disseminação do vírus Zika é a eliminação dos focos do mosquito Aedes Aegypti?


Logo_classifacil