Junta médica analisa Doença de Macaco | Gazeta Digital

Sábado, 05 de julho de 2003, 03h00

MAL MISTERIOSO

Junta médica analisa Doença de Macaco

Keka Werneck  / Da Redação


O farmacêutico empírico José Carlos Limeira conseguiu reunir uma junta médica, ontem de manhã, para analisar imagens gravadas de duas crianças portadoras da Doença de Macaco.

Esta doença, também chamada de Mal de Simioto, segundo Limeira, tem sido negligenciada pela medicina convencional. Ele afirma que já tentou discutir o problema com profissionais da área, mas não é levado a sério. Por conta disso, Limeira resolveu viajar para Brasília, onde ficou entre os dias 26 de junho e 1 de julho, tentando dar visibilidade à grave doença, a qual segundo ele tem remédio, embora não seja reconhecido pela medicina convencional: nove banhos de ervas cheirosas com mel.

Ele cumpriu seu plano de levar ao Governo Lula informações sobre este mal que compromete drasticamente o sistema neurológico de crianças, principalmente entre zero e dois anos, que se encontram em profundo grau de desnutrição, debilitando suas principais funções motoras e até mesmo levando-as à morte.

Em Brasília, Limeira protocolou cópias da fita com as imagens, que são chocantes, no palácio do governo e na ouvidoria do Ministério da Saúde. Para gravá-las, contou com o apoio do vereador Sivaldo Dias Campos. Mediante as imagens, recebeu o apoio dos senadores Serys Slhessarenko (PT) e Jonas Pinheiro (PFL), através dos quais fez contatos em Cuiabá, com a Central de Regulação, da qual fazem parte os 11 médicos que se reuniram, para, por fim, identificar o que é este mal e descobrir por que saem da pele das vítimas milhares de vermes ou coisas parecidas, mediante o tal banho.

Segundo Limeira, os médicos ficaram chocados com as imagens e pediram tempo para analisar a questão, além de encontrar um laboratório que pudesse fazer os exames capazes de identificar a natureza do material.

Médicos de Cuiabá chegaram a afirmar para a reportagem, sem se identificar, que os tais vermes são gorduras, que saem de qualquer pessoa, se banhadas com ervas e mel. Na fita, há, no entanto, imagens de três crianças sadias, sendo submetidas aos banhos. Mas nada sai de suas peles.



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Terça, 30 de maio de 2017

06:30 - Presas denunciam perseguição, abusos e falhas em penitenciária de MT

Segunda, 29 de maio de 2017

17:40 - Prefeitura lança seletivo para contratar profissionais na área da saúde

17:29 - Servidores rejeitam proposta de RGA em 2018 e votam por greve de 24 horas

17:09 - Cuiabano cria aplicativo para portadores de HIV

15:33 - Novo hospital começa a ser desenvolvido em Cuiabá

15:11 - Editais do Bolsa Atleta 2017 são lançados

14:32 - Pedágios de índios em rodovia federal ameaçam fretes ao Vale do Araguaia

10:45 - Morador filma saque a casas populares em VG

10:40 - Cuiabano ganha fama no exterior como caçador de terremotos

10:21 - Menino de 11 anos de MT conhece pais adotivos do Paraná por WhatsApp


 veja mais
Cuiabá, Terça, 30/05/2017
 

GD Empregos

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Terça, 30/05/2017
Fe9ca0ce9e105fd40f8300de3ceeb433 anteriores




Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Na sua opinião, as novas gerações estão menos preocupadas com a ameaça da Aids?



Logo_classifacil









Loja Virtual