Domingo, 21 de novembro de 2004, 03h00

VIOLÊNCIA

Bairros perigosos saem da lista de serviços de entrega

Janã Pinheiro  / Da Redação


- "Alô, quero pedir uma pizza".

- "Qual bairro, senhor?"

- "Pedregal".

"Aí não entregamos".

Casos como este estão sendo cada vez mais frequentes em Cuiabá. Bairros da periferia estão sendo riscados da lista de entrega de restaurantes, pizzarias, lanchonetes e farmácias que atendem no período noturno. Gerentes e proprietários destes estabelecimentos alegam que os pedidos não são aceitos para não expor entregadores à insegurança. Os clientes afirmam que estão sendo discriminados.

"Eu fiquei surpreso quando me deparei com essa realidade. Liguei numa famosa pizzaria de Cuiabá, às 21h, para fazer um pedido. A atendente perguntou onde eu morava. Disse que era no Pedregal e ela então me falou que neste bairro eles não entregavam. Achei um absurdo, argumentei, mas não teve jeito, não consegui encomendar a pizza. Sei que moro num bairro periférico, mas não sou bandido. Me senti discriminado", reclama o funcionário público Marcos Alves.

A lista dos bairros indesejados existe na maioria dos estabelecimentos que trabalha com entrega, porém de forma velada. "Já tivemos muitos casos de assaltos", afirma o gerente de uma pizzaria, que pediu para não ter seu nome revelado. Segundo ele, é comum os clientes reclamarem de discriminação. A empresa já chegou a ser denunciada no Procon. "Quando alguém questiona porque não fazemos a entrega, falamos que não cobrimos aquela área. Não posso dizer que não vou mandar meus entregadores em determinado bairro porque lá é violento, as pessoas não gostam", reconhece o gerente.

Os bairros mais citados pelos gerentes de farmácias, pizzarias e restaurantes como perigosos são: Alvorada, Santa Izabel, Renascer, Planalto, Florianópolis, Pedregal, Pedra 90, Jardim Vitória, Jardim União, Altos do Boa Vista, Dr. Fábio, Altos da Serra e a comunidade do Sucuri. Locais escuros, com endereço precário e muito distantes do Centro também são rejeitados.



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Sexta, 24 de fevereiro de 2017

17:27 - Cuidados que o folião deve ter com cartão de crédito

16:41 - Vinde e Vede vai reunir mais de 120 mil pessoas

15:48 - Confira relação do que abre e fecha no 'feriadão' de Carnaval

15:17 - Fila de caminhões em atoleiro na 163 passa de 50 km - Veja fotos

08:00 - PRF inicia operação de Carnaval nas rodovias de MT

08:00 - Mato Grosso homologa situação de emergência - Veja vídeo

Quinta, 23 de fevereiro de 2017

18:09 - Politec divulga aprovados em processo seletivo - Confira lista

17:35 - Matrículas para escolas em período integral podem ser feitas pela internet

17:09 - Grupo Gazeta agradece parceiros do Natal da Solidariedade

16:44 - Justiça libera pesca nos rios de Rondonópolis


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 24/02/2017
 

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Sexta, 24/02/2017
A62e5578094d90cd223922c882d8cb18 anteriores




Rádios ao vivo
  • cbn
  • cbn
Indicadores Financeiros
Dólar Comercial 3,0656 -0,12%
Ouro - BM&F (à vista) 122,40 +0,66%
+ veja mais
Mercado Agropecuário
Boi Gordo @ 126,00
Soja - saca 60 kg 64,50
+ veja mais
Mais Lidas Enquete

Reforma trabalhista prevê que patrões e empregados poderão negociar a jornada de trabalho, desde que não exceda 220h/mês. Qual sua opinião?



Logo_classifacil