CNH é oferecida em redes sociais; Detran aciona 370 | Gazeta Digital

Sábado, 10 de setembro de 2016, 08h39

FRAUDES na habilitação

CNH é oferecida em redes sociais; Detran aciona 370

Alcione dos Anjos, repórter de A Gazeta


Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran) abriu 370 processos administrativos para apurar irregularidades na obtenção de Carteira Nacional de Habilitação (CNH), de agosto do ano passado até agora.

Os processos resultaram em 101 CNHs cassadas e 59 que estão na fase de conclusão da investigação. “Constatamos o envolvimento de 21 autoescolas credenciadas e de 22 servidores do órgão envolvidos com as fraudes. Os casos agora serão investigados pela Polícia Civil”, revela o presidente do Detran, Arnon Osny Mendes Lucas.

Segundo o presidente, quem vende uma CNH irregular comete crime de adulteração de documento público ou documento falsificado e quem compra também é responsabilizado, por uso de documento falso. Tanto o golpista quanto o comprador da CNH fraudulenta podem ser punidos com detenção de dois a seis anos.

“Quem vende carteira falsa pode ainda ser investigado pelo crime de estelionato, quando ele ludibria a vítima e ela não sabe que está caindo em um golpe. O caso é mais complexo, mas é possível de acontecer”, comenta.

As investigações mostram que os criminosos usavam várias táticas para conseguir falsificar o documento. “Em alguns casos houve a facilitação por parte de servidores do Detran. Para estes casos já foram abertas sindicâncias. Já em outros casos houve a promessa por parte do golpista de facilidades para conseguir o documento, usando o nome do órgão”, destaca Osny.

Os criminosos estão, inclusive, divulgando a oferta do “serviço” pela internet e redes sociais. Em um dos sites, o “vendedor” se apresenta como despachante Guilherme. Afirma ter endereço fixo e escritório para melhor atender aos “clientes”, além de, é claro, realizar atendimento online pelo aplicativo de conversas, 24 horas por dia.

Os serviços fornecidos são CNH em 10 dias, em todos os estados, inclusão de categoria, renovação, retirada de pontos da carteira e também de multas. “CNH original sem precisar fazer nenhum tipo de exame”, promete o anúncio.

“Os valores são superiores aos praticados pelo Detran. E mesmo assim algumas pessoas pagam para não ter o trabalho de fazer os exames. Em alguns casos quem compra é vítima, mas há casos em que o golpista diz que enviará uma outra pessoa no lugar dela para fazer o exame de direção. Aí não tem justificativa”, avalia o presidente do Detran-MT.

De acordo com Osny, quem aceita comprar uma CNH irregular dificilmente faz denúncia ao órgão, pois será investigada também. Mas quem suspeitar de alguém que estiver ofertando essa “facilidade” pode ligar no disque-denúncia da Polícia Civil, 197, ou registrar a denúncia na corregedoria e ouvidoria do Detran-MT pelo site do órgão que é o www.detran.mt.gov.br.

“Só há duas maneiras de se conseguir uma CNH de forma regular, procurando o Detran para abrir o processo ou via Centros de Formação de Condutores, que são as autoescolas. Qualquer outra forma, desconfie e denuncie”, aconselha o presidente do órgão.
 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quinta, 07 de dezembro de 2017

08:27 - CNH deve virar cartão com chip até 2019

Quarta, 26 de julho de 2017

08:52 - Carteira de habilitação digital começará a valer em fevereiro de 2018

Sexta, 07 de julho de 2017

09:48 - Homem luta por foto sorrindo na CNH

Terça, 09 de maio de 2017

15:03 - CNH passa a ter código QR-Code para evitar falsificação

Quinta, 29 de dezembro de 2016

09:46 - CNH sofre modificações e ganha itens de segurança

Sexta, 21 de outubro de 2016

12:34 - Aluno e empresário são presos por fraude a CNH

Quinta, 22 de setembro de 2016

12:08 - Homem é flagrado vendendo CNH

Sexta, 26 de agosto de 2016

09:29 - 453 CNHs são suspensas este ano em Mato Grosso


// leia também

Terça, 12 de dezembro de 2017

16:48 - FAB localiza avião inteiro em mata no nortão de MT

13:40 - Fiscais realizam ação na Praça Ipiranga para facilitar as obras de reforma

10:40 - Equipe de resgate segue pistas no rio Juruena

07:42 - Negro tem 2,6 vezes mais chance de ser morto em MT

06:58 - Professora é internada após envenenamento

Segunda, 11 de dezembro de 2017

18:29 - Contribuintes já podem usufruir dos benefícios oferecidos pelo Mutirão Fiscal

16:51 - Oportunidade de contribuinte quitar débitos com o município vai até dia 20

15:15 - Prefeitura tem prazo de 60 dias para planejar arborização e acessibilidade

13:34 - Bombeiros tentam conter incêndio em terreno no Araés

10:14 - Complexo da Salgadeira será entregue à população até abril de 2018


 veja mais
Cuiabá, Terça, 12/12/2017
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 12/12/2017
E461fac5f9b69f1ca40095f0fae02a14 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

MPE deu prazo para a Prefeitura de Cuiabá arborizar e dar acessibilidade a praças e avenidas




Logo_classifacil









Loja Virtual