Sem visita e escolta, mulheres de presos protestam e agentes mantêm 'greve' | Gazeta Digital

Segunda, 23 de outubro de 2017, 08h17

'operação tartaruga'

Sem visita e escolta, mulheres de presos protestam e agentes mantêm 'greve'

Keka Werneck, repórter do GD


Cáceres Notícias

Elas exigem visitas que estão suspensas

Apesar do Judiciário ter declarado a insconstitucionalidade da greve e do forte protesto das mulheres de presidiários, em Cáceres, agentes penitenciários, que iniciaram uma "operação tartaruga" no sábado (21), decidiram não encerrar o movimento e iniciam a semana com prestação de serviços reduzidos.

Não tem assembleia marcada e a categoria diz que só vai se reunir novamente quando o Governo do Estado apresentar proposta.

Servidores do sistema penitenciário iniciam greve em todas as unidades de MT

No sábado, o desembargador plantonista do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), João Ferreira Filho, deferiu pedido de liminar de ação declaratória de ilegalidade de greve impetrada pela Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejud), responsável pelo sistema prisional.

Desembargador declara greve de agentes penitenciários ilegal

Otmar de Oliveira

Um dos impactos da "operação tartaruga" é a suspensão das visitas.

Insatisfeitas com isso, na tarde deste domingo (22), mulheres e familiares de presidiários da Cadeia Pública local fecharam um trecho da BR-070 e atearam fogo em pneus sobre a rodovia.

Marcus Vaillant

Escolas também estão suspensas

Há informações também de manifestação em Rondonópolis (212 km ao Sul Cuiabá), também de mulheres de presos, que queimaram pneus, só que a favor dos grevistas.

Outro impacto é sobre o movimentação de presos para ir ao fórum ou ao médico. "Vamos suspender a escolta", informou o presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (Sindspen-MT), João Batista Pereira de Souza.

Segundo ele, ainda não foram notificados da decisão judicial que só passa a valer a partir de então.

A categoria alega que está há 4 anos sem receber aumento salarial e que o último foi em 2013, de 7,5%. Reclama ainda que, quanto à remuneração, é segunda carreira do Estado que recebe piores salários, mesmo se tratando de atividade de risco.

Ao todo, para cuidar do sistema prisional, Mato Grosso tem 2.460 agentes penitenciários, boa parte com curso superior, 200 advogados e outros profissionais de nível superior, além de 220 da área administrativa.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quarta, 30 de maio de 2018

17:00 - 25 plataformas aderiram à greve dos petroleiros, diz Sindipetro-NF

Sábado, 05 de maio de 2018

11:05 - Juiz determina reintegração de posse da UFMT

Sexta, 16 de março de 2018

11:28 - Papiloscopistas param dia 26 e ameaçam por aumento do efetivo

Segunda, 12 de março de 2018

09:20 - Setor operacional dos Correios entra em greve nesta 2ª

Quarta, 22 de novembro de 2017

12:10 - Vigilantes da Arena Pantanal estão há 4 meses sem salário

Terça, 14 de novembro de 2017

10:32 - Professores da Unemat entram em greve em 14 cidades

Quarta, 25 de outubro de 2017

12:55 - Após reunião com governo, agentes penitenciários suspendem greve

Sábado, 21 de outubro de 2017

22:50 - Desembargador declara greve de agentes penitenciários ilegal

11:21 - Servidores do sistema penitenciário iniciam greve em todas as unidades de MT

Sexta, 20 de outubro de 2017

12:28 - Agentes prisionais voltam a ameaçar com greve


// leia também

Sexta, 22 de junho de 2018

13:35 - Chegada do inverno traz baixa umidade do ar e dias quentes aos mato-grossenses

12:39 - Motocicleta bate na traseira de caminhão e 2 homens morrem

10:50 - Motorista desvia de saco de lixo e capota carro

08:59 - Cuiabanos se aglomeram em praças e restaurantes para torcer pelo Brasil - vídeos e fotos

08:48 - Loja de rodas sofre incêndio após curto-circuito em Várzea Grande

Quinta, 21 de junho de 2018

17:52 - Corpo de homem que morreu afogado em córrego é encontrado

17:41 - Polícia prende homem que planejava atear fogo na casa da ex em Sinop

15:50 - Colisão entre carreta e Fiesta mata criança e deixa motorista ferido

15:25 - Jogo do Brasil e ponto facultativo alteram alguns serviços - confira expedientes

14:15 - Carretas batem de frente em rodovia e motorista morre preso às ferragens


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 23/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Sábado, 23/06/2018
00cd1afd8757c6b9bf1a877a182fcfcc anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O que os eleitores vão depositar nas urnas em outubro?




Logo_classifacil









Loja Virtual